"1- Mais uma vez virou moda dizer que a poesia agoniza, ou que a poesia morreu. E de fato ela sempre esteve morta para os não-poetas. E morreu também com Homero, com Dante, com Camões, com Baudelaire, com Drummond e com tantos outros, porque cada poeta é uma via, um beco sem saída. E a poesia é sempre plural: é o lugar dos paradoxos (viva Shakespeare!), do não-senso (viva Lewis Carroll!), mas também é o lugar da verdade. Quanto mais verdadeiro, mais poético, como dizia Novalis. Mesmo quando um poeta faz as suas conficções, acaba em verdades metafóricas. E, nestes desmandamentos, afirmamos que a poesia, quanto mais remorre, mais renasce."

(ítem primeiro do Manifesto Os Desmandamentos por Geraldo Carneiro e Salgado Maranhão para o Prosa & Verso- O Globo)


http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/

Exibições: 353

Responder esta

Respostas a este tópico

Êpa Nina...Dessa vez eu vim questionar. Essa frase:"a poesia sempre esteve morta para os não poetas". Meio esquisito isso, não acha? Isso quer dizer que os não poetas tornam-se poetas a ler e gostar de poesias, ou que quem não faz poesia jamais a entenderá, sendo portanto descartável no processo conficional-poético? Um abração,Sérgio.
Não creio que este tenha sido o sentido, Sergio...mas vou deixar o link, para que possamos entender melhor o que os poetas disseram, tá?
http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/
O pensamento do poeta disse tudo ali, né não, Fernando?
Belas lembranças deste grandioso Poeta! Que boa contribuição! Valeu!!
Nina voce falou bem, MODA.
A moda nasce e morre
Tudo que é moda, vai embora.
Olá Biagio amigo, eu transcrevi este texto apenas, viu? Porque achei bem interessante, inclusive solto o link para quem quiser acompanhar na íntegra. A frase é do do poeta Geraldo Carneiro que junto ao poeta Salgado Maranhão fizeram o manifesto Os Desmandamentos, você que gosta e convive com a poesia e a arte, vai se interessar também, tenho certeza...Obrigada pela leitura!!
beijos poéticos,
Ok Nina
Abraço
Olá Nina, a poesia está cada vez mais viva. Quanto mais violento e triste estiver o mundo, mais as pessoas procurarão ler poesia e tentar escrever também. É um alento, um aconchego, até mesmo uma fuga da indiferença costumeira.

abraço
uma maneira de expressar seus sonhos também, né Sonia ?...Que legal a sua opinião!! Valeu muito!!
beijos poéticos,
Nina,
Não assinaria embaixo. A poesia é imorredoura. É atemporal. Não pode nem deve ser encarada como modismo ou coisa passageira. Beijo.
é exatamente isso, Aninha...
beijos poéticos .
Claro que a Poesia não morreu. Apenas os homens de sensibilidade, numa sociedade materialista, cruel e injusta, se tornam cada vez mais raros. Mas os poetas não desistem de suas utopias e persistem na esperança. Viva a Poesia Eterna!
Maria Luiza

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço