Li há pouco, um post no "fora de pauta", do comentarista alencarliberal, sobre um conceito que eu não conhecia: a anomia. Achei interessante, por isso coloco aqui o link, para quem se interessar, e a resposta que me veio à mente. Ia colocar essa discussão na categoria "política", mas acabei pensando que não deixa de ser, talvez, um problema cultural forte no nosso país. O tema é interessante.

O link: http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/fora-de-pauta-277#comment-...

 

(procurar o comentário intitulado "Brasil, um país anômico)

 

Minha resposta, no que discordo do alencarliberal:

 

A Impunidade não seria nosso maior câncer social?

Alicanliberal, você nos traz um conceito interessante e aparentemente, extremamente lógico e legítimo, dificilmente alguém discordaria da existência e das consequencias maléficas da tal anomia na sociedade. No Brasil então, sociólogos poderiam se desdobrar em pesquisas e estudos, nossa estrutura social e política certamente concede fatos e exemplos aos milhares para quem se dispuser a observar o fenômeno.

Mas... mas... sinceramente, creio que você se perde, ao querer colar ao conceito, sua provável antipatia em relação ao PT e ao governo Lula. Se não, vejamos:

1 - O Brasil tem cinco séculos de história, NENHUM GOVERNO, por mais maquiavélico e manipulador que fosse conseguiria marcar e transformar uma sociedade ética, numa predominantemente carregada de ausência de valores e ética, em apenas oito anos.


2 - Temos que reconhecer que enquanto sociedade, TODOS, claro que em graus absolutamente diferenciados, e uns mais por omissões e covardias do que por ações, participamos da formação DESSA sociedade que aí está, nosso país, o Brasil, e somos im, um país repleto não só de "anomias diversas", mas contradições e valorizações estranhas, quanto à estética das pessoas, o sucesso (o que é isso no Brasil? Nós admiramos ou invejamos ou todos desejamos o tal sucesso, a fama, o poder...?), etc. etc.  Nossa decepção maior com o PT (falo de um extrato médio da população) tem a ver com o pragmatismo quase total na política, por exemplo. Sintetizado, talvez sem querer, numa frase tão memorável quanto verdadeira, deprimente e chocante, do Ciro Gomes, ao responder à atriz letícia Sabatella: "Para se fazer política no Brasil, temos que meter as mãos na merda!". Será...? Talvez... Ao menos, se pensarmos em política enquanto luta para se chegar e se manter no poder, e não apenas "participar através de discursos e debates". Essa é uma questão séria, e cheia de questões e contradições. Culpar o PT por finalmente ter agido COMO TODOS OS PARTIDOS QUE ANTES DESFRUTARAM DO PODER, PARECE NO MÍNIMO, OU HIPOCRISIA, OU UMA INGENUIDADE QUASE CELESTIAL.

3 - Muito mais importante (falo aqui, de VALOR) do que um aumento maior ou menor para o salário mínimo, em detrimento do bolsa família (analise por valores absolutos, governos não podem fazer milagre...), é o reinado da impunidade no Brasil. A famosa "lei de Gérson", o querermos levar vantagem em tudo. ISSO SIM, NOS DESCARACTERIZA ENQUANTO PAÍS SÉRIO E DIGNO, E ROUBA DE NÓS A MAIS ELEMENTAR CIDADANIA. Porque? Ora, porque num país onde se rouba o que quer, desde que com alguns elementares cuidados, e se sai impune, atraímos para o serviço público (em geral, polícias, congresso, assembléias, autarquias, câmaras, judiciário etc. etc.) não apenas os brasileiros comuns, atrás de segurança, ou aposentadoria plena, mas também toda a sorte de CANALHAS, MALANDROS, que justamente PELA CERTEZA DA AUSÊNCIA DE JUSTIÇA NO PAÍS, aproximam-se do poder, pela POSSIBILIDADE ESCANCARADA de enriquecimento ilícito que lhes é ofertada.

Minha tese, ao aprender com você hoje, esse conceito tão interessante, é que ANOMIA no Brasil, está completamente ligada à IMPUNIDADE! Diria até que em qualquer sociedade, pode-se acreditar numa equação matemática, científica mesmo: + impunidade = + anomia e + justiça verdadeira = - anomia.

Um abraço.

Exibições: 295

Responder esta

Respostas a este tópico

Acho que nao dá para pedir a pessoas sem quase nenhuma oportunidade de vida digna se cumprirem as leis que coloquem a legalidade acima de suas condiçoes de vida, sobretudo no caso de jovens. Quando há boas condiçoes de trabalho e vida para todos, a criminalidade fica restrita a alguns indivíduos associais, perde a relevância.

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço