Carta de uma mãe

Queridos Filhos,

Em primeiro lugar, Mamãe gostaria de agradecer a presença de todos nesta Primeira Convenção Familiar. Mamãe sabe como foi difícil abrir um espaço nas agendas de cada um de vocês: Papai tinha uma lavagem de carro praticamente inadiável, Júnior já tinha marcado de se trancar no quarto e Carol estava para receber pelo menos três telefonemas importantíssimos de uma hora e meia cada um.
Mamãe está comovida. Muito obrigada.
Bem, conforme Mamãe já tinha mais ou menos antecipado, esta convenção é para comunicar ao público interno - Papai, Júnior e Carol - todas as modificações nos produtos e serviços da linha Mamãe.
Como vocês sabem, a última vez que Mamãe passou por reformulações foi há 20 anos, com o nascimento do Júnior. De lá para cá, os hábitos e costumes, o panorama cultural, a economia e o mercado passaram por transformações radicais.
Mamãe precisa acompanhar a evolução dos tempos, sob pena de ver sua marca desvalorizada.
Para começar, Mamãe vai mudar a embalagem. Mamãe sabe que esta é uma decisão polêmica, mas, acreditem, é o que deve ser feito.
Mamãe sai desta convenção direto para um spa, e de lá para uma clínica de cirurgia plástica. Nada assim tão radical. Haverá pouquíssimas alterações de rótulo, vocês vão ver.
Mamãe vai continuar com praticamente o mesmo formato, só que com linhas mais retas em alguns lugares e linhas mais curvas em outros. Calma, Papai! Mamãe já captou recursos no mercado.
Mamãe vai ser patrocinada por uma nova marca de comida congelada. Lei Rouanet, porque Mamãe também é cultura. Junto com o lançamento da nova embalagem de Mamãe, no entanto, acontecerá o movimento mais arriscado deste plano de reposicionamento.
Sinto informar, mas Mamãe vai tirar do mercado o produto Supermãe.
Não, não, não adianta reclamar. Supermãe já deu o que tinha de dar. Trata-se de um produto anacrônico e superado, antieconômico e difícil de fabricar.
Mamãe sabe que o fim da Supermãe vai aumentar a demanda pela linha Vovó, que disputa o mesmo segmento. Paciência. Você não pode atender todos os públicos o tempo todo.
No lugar da Supermãe, Mamãe vai lançar (queriam que eu dissesse 'vai estar lançando', mas eu me recuso) novas linhas de produtos mais adequados à realidade de mercado.
Vocês vão poder consumir Mamãe nas versões Active (executiva e profissional), Light (com baixos teores de pegação de pé), Classic (rígida e orientadora), e Do-It Yourself (virem-se, fui passear no shopping).
Mas uma de cada vez, sem misturar.
Ah, sim, Mamãe detesta esses nomes em inglês, mas me disseram que, se não for assim, não vende. Mamãe gostaria de aproveitar a oportunidade para lançar seus novos canais de comunicação.
De hoje em diante, em vez de sair gritando pela casa, vocês vão poder ligar para o SAC-Mamãe, um 0300 que dá direto no meu celular (apenas 27 centavos por minuto, mais impostos).
Mamãe também aceita sugestões e críticas no endereço mamae@mamae.net
Mais uma vez Mamãe agradece a presença e a atenção de todos.

(Autoria Desconhecida)

Exibições: 840

Responder esta

Respostas a este tópico

RAFLA para Rogério acima ou abaixo: o mesmo sentido da sua expressão... São expressoes variantes. No fundo significa uma obviedade: que se conhece bem o que se conhece bem... Aquilo com que se está habituado a lidar.

Não, não, não.

Vocês não entendem nada da poesia do Coelho Neto. Eu fiz um curso em Oxford sobre este tipo de poesia. Tem que entender o contexto.

Coelho Neto, que era filho do Coelho Filho, um parnasianista tucano, gostava de comprimir algumas palavras, que era para caber na rima. Então, o texto completo era "ser mãe é para descer no paraiso", considerando que as casas daquela época do poeta eram verdadeiros pedaços do céu por aqui.

Ficou claro agora?

Um video...

vou postar tb..lá no topico do Papa  & Cia( rsrs)

A realidade apresentada com humor, torna claro o quanto ainda existem de preconceito nas questões que envolve a mulher, como a do aborto.

RAFLA, respondendo a Marise

Parabéns pelo seu casamento duradouro! Também concordo quando você afirma que não se escondeu dessa guerra e participa na linha de frente e ainda mantém o coração batendo.

 

 

           Webster deixo aqui um belo poema cantado sobre o tema "Mãe".

          

          Espero que goste. - http://www.youtube.com/watch?v=DrU-3FCB5Sk

 

          Fique bem.

Adorei Vanda o poema cantado pelo Zeca Afonso.

Grato

Vanda.. amei..

adoro zé afonso..

e a fessorinha aqui vai te dizer como postar um video..

1-vai no youtube.

2- clica no video que  quer postar

4-tem compartilhar( clicar)

5 incorporar(clicar

6 abaixo sai um link.( fica azul..)clica

e COPIA

E traz pra cá e COLA

fiz assim.. e olha que beleza

 

E gora Vanda.. busca outra coisa boa pra gente.. e mostra pra gente.. pra todo mundo que a fessorinha é boa..

p.s. voce que tá em Portuga.. deve ter muitas coisas gostosas..

manda uns pasteis de belém pra gente...



 

     Stella, obrigadão!!!!!

     Consegui com a sua ajuda. Faltava-me um passo.

 

     Em forma de agredecimento e como gosta ... aqui vai, mais uma, que me faz lembrar um final de praia, quando o sol vai querendo dar lugar a lua, e as gaivotas começam a chegar ao areal...

E hoje esta mãezona faz uns quantos  aninhos...

esta sim, deve saber de muitas coisas....

são 104 anos!!

ufa!!

aqui numa foto de hoje..

O Olhar dela para Caetano no final do vídeo foi fatal!!

RSS

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço