Portal Luis Nassif

Cineasta e Ativista e Iara Lee já havia sido presa em Israel em 2002, por estar com uma lista de contatos, com membros suspeitos ao governo.

De acordo com o enteado da cineasta e ativista Iara Lee, Ele afirmou que Iara já havia sido presa em Israel em 2002, por estar com uma lista de contatos, com membros suspeitos ao governo.
.
Essa bandida isso tudo e tramóia contra Israel, Israel esta certo mesmo, tem q abaixa o cacete mesmo.
.
. Esse comboio foi claramente ‘criado’ para gerar controvérsia..violência…
“Humanitários” … ONG´s … a maioria são cavalos de tróia… sobre um manto altruísta… vejo o texto acima como uma realidade ‘moldada’ por uma mídia tendenciosa… que visa induzir a opinião de outros com suas próprias ‘versões’ de uma verdade tendenciosa…
.
http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI4462287-EI308,00-M...

Exibições: 179

Anexos

Responder esta

Respostas a este tópico

Então, falando em bandidos, é do seu conhecimento que a representação israelense foi expulsa da inglaterra e da austrália por ter falsificado passaportes desses paises usados para assassinar um membro do hamas em dubai?

Vamos falar em bandidos?

Quais, os assassinos ou os falsificadores?
um membro do hamas em dubai, e conhecimento
esclarecedor... muito esclarecedor...
Ela é uma ativista, e luta pelo povo palestino. Quer dizer que os que foram agora presos nos navios, só sendo liberados ao assinarem um papel se confessando terroristas, passam a ser terroristas? A verdade de Israel é a que conta, o quem for contra é bandido e terrorista... Isso é tomada de posição ideológica meu amigo. Ou no sinal trocado da ideologia voce afirmaria que todos os que foram mandados ao Gulag durante o regime soviético eram bandidos tambem? Quanto primarismo meu caro, me diga exatamente de que crime voce acusa Iara para chama-la de bandida.
A propósito Dilma participou da guerrilha contra a ditadura, vejo muitos nos blogs e mídia da direita a chamando de terrorista. Para mim o que ela fez foi guerrilha, mal avaliada no sentido de perspectivas de vitória, mas ainda assim guerrilha. Sou contra tudo que é imposto em matéria de política, e o adjetivo que uso para os generais que mandaram nessa época, é o de ditadores e traidores da democracia.

PS: Está no link que voce mesmo mandou.Olha o que diz o enteado:"Perguntado sobre como a família pensa a respeito do trabalho de Iara após o ocorrido, Gunt respondeu que o apoio é à paz buscada pela ativista. "A família toda sabe que é o caminho que a Iara escolheu, a gente sabe que ela é pacifista e que não apoia nenhuma luta armada, por isso a gente apoia", disse ele.
Viu só cara, vou repetir em negrito: a gente sabe que ela é pacifista e que não apoia nenhuma luta armada.
Se precisar a gente desenha para voce.
Quem são os "Ativistas Pacifistas"?
O IHH (Insani Yardim Vakfi, ou humanitarian relief fund) é uma organização radical islâmica, criada em 1992, na Turquia.
Em 1996, foi identificada pela CIA (Agência de Inteligência dos EUA) como International Humanitarian Hilfsorganization, uma das 15 organizações a facilitar atividades terroristas de grupos na Bosnia.
A CIA ainda informa que a IHH possui conexões com grupos extremistas no Irã e na Argélia.
Em 2008, Israel identificou a conexão entre a IHH e o grupo fundamentalista islâmico Hamas.
Anexos
O que realmente aconteceu?
Diante da rejeição dos "ativistas paifistas" a marinha israelense enviou soldados à embarcação para que estes tomassem o controle da mesma, impedindo-a de chegar à Faixa de Gaza sem que fosse feita uma inspeção da carga.
Tamanha era a intenção de pacifismo de Israel, que os soldados receberam ordens para não utilizar armas de fogo, tendo utilizado, apenas armas de paintball.
As armas de fogo poderiam ser utilizadas apenas se os soldados sofressem algum tipo de ameaça às suas vidas.
CIA, aquela que acha armas químicas no Iraque, exército de Israel o pacífico invasor de territórios alheios, balas de mentira para invadir a propriedade alheia, e no final 9 cadáveres. Foram balas de menta ou hortelã? Seria risível não fosse trágico!E afinal, quem estava invadindo Israel mesmo? Gaza já pertence a Israel?

Depois que inventaram o GPS dá para saber com precisão quando se está a 100km de distância do mar territorial.
A operação era considerada tranquila, no entanto, os soldados não esperavam que os "ativistas pacifistas" eram, na verdade, fundamentalistas preparados para atacá-los, alguns deles tinham, inclusive, máscaras de gás.
Os tripulantes atacaram os soldados com barras de metal, pé-de-cabra, tacos de baseball, facas e armas de fogo.
Os soldados foram vítimasde uma emboscada muito bem planejada.
Ao atacarem os soldados, os tripulantes tomaram suas armas de fogo e as usaram contra eles. Foi então que os soldados receberam autorização para reagir com as armas de fogo, que ainda não haviam sido disparadas.
Os soldados israelenses abriram fogo, visando atingir as pernas dos atacantes, tomando, assim, controle da situação e da embarcação.
Após controlada a situação, os feridos foram rapidamente transferidos para hospitais israelenses para tratamento.
Concordo inteitamente contigo. Os pacifistas levaram tiros só nas pernas conforme Israel noticia e morreram porque pensaram que bala na perna mata. Que burrinhos,não? Imagina só morrer porque levaram balas na perna ou no pé. E os coitadinhos dos soldados de israel foram mortos com paus, facas, e bolinhas de gude. Tens razão.Foi uma injustiça com os coitadinhos dos soldadinhos. Eles são tão pacíficos e foram lá só para dar uma olhadinha para ver se todos estavam bem de saude e os pacifistas,estes monstros os atacaram.Só por isso levaram umas balinhas de brinquedo nas pernas e morreram de bobos.
Gosto da tua inteligência. Parabéns.
Dos 6 navios, apenas o "Mavi Marmara" não aceitou os termos de negociaçãode Israel.
Por que? O que tinha este navio de diferente dos outros?

eles queriam isso Ibope
HO! Eles estavam com máscaras contra gás, realmente são uns provocadores, deviam respirar o gás e resistir a tudo.

Pobre coitadinhos dos comandos Israelenses, afinal das contas os pobre coitadinhos, somente armados com fusis como podiam resistir a uma chave de fenda. Estes pacifistas são muito cruéis, não atiraram ao mar as facas de cozinha e as chaves de apertar parafusos antes dos comandos chegarem.

Imagine que cena horrível, um comando militar israelense sendo agredido por um "extremista mussulmano" armado de uma corrente e ele só tendo um fusíl para se defender, realmente não se faz mais pacifistas como antigamente, e nem comandos.

RSS

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço