Cada vez mais fico assustado. Sou mesmo muito ingênuo para ficar me assutando a toda hora: ainda não entendi que o mundo mudou; que neste novo mundo não há mais lugar para a antiga divisão entre  direita x esquerda; que eventuais discordâncias se resolvem em um ambiente confortável, com ampla discussão entre pares civilizados, igualmente imbuídos no propósito de savar a natureza ... e por vai.

Não sei, e quero me penitenciar, como pensei coisas horríveis de pessoas como a Senadora Kátia Abreu até bem pouco tempo atrás. Além de promover a paz no campo, de distribuir terras conseguidas com sacrifício, de batalhar contra o trabalho escravo, a Senadora está também muito empenhada em salvar o "meio-ambiente", diria até que o "ambiente inteiro". Não bastasse toda essa demonstração de amor ao próximo e à natureza, e ainda bem que o faz com total desinteresse, atesta, com total fervor e senso de justiça, a qualificação moral, ética, ideológica, política etc.  do Deputado Aldo Rebelo. Penso que agora o país pode dormir em paz. Que os "esquerdistas" tomem consciência de sua importância para o desenvolvimento da nação; que dêem os braços aos nossos tão injustiçados parceiros de "direita",  e sobretudo aprendam com seu sentimento de solidariedade, desprendimento e humildade.

 

Um abraço fraternal a todos.

Francisco

 

Em tempo: para maiores esclarecimentos leia "A coragem moral de Aldo Rebelo" por Katia Abreu, página A3 da Folha de São Paulo de 24/06/10, e "Musa do trabalho escravo, senadora Kátia Abreu comanda....", por Leandro Fortes, Carta Capital, em 27/11/09.

Exibições: 485

Responder esta

Respostas a este tópico

Caro Moisés

Acho que não entendeste bem as pessoas que escrevem neste fórum. Temos pessoas de vários matizes ideológicos, desde os comunistas aos liberais (todos de carteirinha). Entretanto aqui não há espaço para intolerantes, manifestações públicas que mostram um viés de exclusão de grupos políticos de direita ou de esquerda (exceto os grupos extremistas proibidos por lei, como racistas) não têm lugar neste espaço.

Nacionalistas, poderemos dizer, que praticamente todos nós somos, entretanto somos adeptos de um nacionalismo não excludente, um nacionalismo solidário com outros países irmãos que estão na mesma luta que a do povo brasileiro. Não utilizamos os nossos símbolos nacionais para a exclusão, para a opressão e para a política partidária.

O Estado pertence a todos, assim como todas as instituições civis e militares que a compõe, logo a manifestação nacionalista não é privilégio de instituições ou grupos.

Relembrando a nossa história vemos que grupos que se diziam nacionalistas em 1964 foram os primeiros a abrirem nossas fronteiras para a intervenção estrangeira. Hoje já é sabido que tantos civis e militares que desfraldavam a bandeira nacionalista tramaram na direção de uma das cláusulas pétreas de qualquer uma das constituições brasileiras, ou seja, a indivisibilidade do território nacional.

Em nome de uma bandeira nacionalista e anticomunista, tramaram com países estrangeiros na direção da criação de dois Brasis. Isto que digo não é fruto de nenhuma teoria conspiratória, isto pode ser escutado em declarações de um ex-governador de Minas que apoiou o golpe de 1964 bem como documentos norte americanos que vieram a público.

Este mesmo discurso pseudo nacionalista que lanças associando-o ao anticomunismo, já escutei há muito tempo atrás falado por pessoas mais interessadas em manter privilégios do que manter o país. Falácias sobre o famoso ouro de Moscou eram utilizadas, e o que se descobriu posteriormente é que quem realmente conspirou contra a Nação brasileira e recebeu dinheiro de outras potências foram exatamente quem se posicionava no extremo oposto.

Não me fale em nacionalismo associado a anticomunismo, pois quem assim falou no passado eram verdadeiros traidores da Pátria.
bah tchê, gol....
parabéns Rogério, mas este moisés parece que não regula bem.
carece de vc cuidar dos filhotes stelitta, neo comunista deve di se mais de pió que comunista...
Cabocla, eu fico perplexa, quando vejo atitudes assim em pleno século que vivemos. Outro dia deu se um caso de homofobia aqui bem pertinho da gente, fiquei de queixo caído...
Que infelizes são estas pessoas( NEOS e todas suas matizes)
então vai cantar em outra freguesia, mermão. se manca!
Sintomas de Alzheimer
Na maioria das pessoas os sintomas da doença de Alzheimer iniciam depois dos 60 anos de idade. Cerca de 3% das pessoas com idade entre 65 e 74 anos tem a doença mas quase a metade das que tem 85 ou mais são acometidas. Normalmente o diagnóstico é feito pelo menos um ano depois.

A doença de Alzheimer é uma enfermidade progressiva e os sintomas agravam-se à medida que o tempo passa. Alzheimer é também uma doença cujos sintomas, sua gravidade e velocidade variam de pessoa para pessoa.

Na doença de Alzheimer os sintomas mais comuns são :

- perda de memória, confusão e desorientação.
- ansiedade, agitação, ilusão, desconfiança.
- alteração da personalidade e do senso crítico.
- dificuldades com as atividades da vida diária como alimentar-se e banhar-se.
- dificuldade em reconhecer familiares e amigos.
- dificuldade em tomar decisões.
- perder-se em ambientes conhecidos.
- alucinações, inapetência, perda de peso, incontinência urinária e fecal.
- dificuldades com a fala e a comunicação.
- movimentos e fala repetitiva.
- distúrbios do sono.
- problemas com ações rotineiras.
- dependência progressiva.
- vagância.

http://www.alzheimermed.com.br/otimizadas/sintomas_de_alzheimer.html

Estimo suas melhoras.
Não estamos brincando, quem?

Pois eu posso tirar da impessoalidade e dizer, eu não estou brincando.
a última Carta Capital traz o caderno Carta Verde que reune uma série de matérias sobre os desafios ambientais, inclusive uma matéria super didática sobre o novo código florestal e a posição de rebelo como relator do projeto.

conclusão? não vai ser fácil encontrar uma medida que concilie os interesses do desenvolvimento nacional e a ganância de setores do agronegócio, incluindo aí transgênicos e a poderosa indústria dos herbicidas.
Luzete
Me perdoe insistir na mesma tecla, mas lendo esses comentarios não consigo ficar sem manifestação, essa ideia de que setores do agronegocio é ganancioso, que transgenicos faz mal para o ser humano, que a poderosa industria dos herbicidas são nocivas á saude humana, são conceitos que estão nos colocando "guela" abaixo, pois sem esses setores seguramente estariamos nas mãos dos maiores produtores de cereais do planeta, EUA.

Obviamente, herbicidas utilizados sem os cuidados exigidos, podem trazer consequencias à quem manuseia o produto, até mesmo aos consumidores de produtos agricolas com intenso e mau uso desses insumos, porem sem a utilização desses, sem a presença do "ganasioso" agronegocio ou até mesmo o cultivo do trangenico não seriamos hoje exportadores de cereais, e ainda deveriamos separar alguns bons dolares da nossa penosa reserva se proventura as tivessem, para o pagamento de importações de cereais.

Apesar de muitos não gostarem, criticarem até mesmo odiarem, estamos num mundo capitalista, e para participar desse mundo devemos produzir em quantidade e com eficiencia, caso contrario estaremos fora do jogo.

Abraços
Que mundinho simples, este, não é Sebastião?
Falou-se em dano ecológico, pronto: é a conspiração ''deles''.
uai, a monsanto é brasileira?
sabia não, achei que era americana...

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço