Leia abaixo a nota do PSDB assinada pelo presidente do partido, deputado federal Sérgio Guerra, sobre a situação política do Paraguai. “O PSDB assiste, com preocupação, à reação do governo brasileiro aos fatos ocorridos recentemente no Paraguai – a saída de Fernando Lugo da Presidência da República e sua substituição por Federico Franco. Entendemos que, a despeito da velocidade do processo, não houve rompimento das leis do país, tampouco ataque à ordem vigente na nação vizinha. Tanto que o próprio Lugo reconheceu e aceitou a decisão do Legislativo, que também foi referendada pela Corte Suprema de Justiça do Paraguai. Diante deste quadro, acreditamos que o governo brasileiro age de maneira precipitada quando defende – ou mesmo implementa – sanções ao Paraguai na Unasul e em outras instâncias internacionais. A autodeterminação dos povos, princípio que rege as relações internacionais do Brasil desde que nos tornamos uma Nação independente, deve também prevalecer neste caso. Chama-nos a atenção, além disso, a discrepância entre o tratamento concedido pelo governo brasileiro ao Paraguai e o destinado a nações como Cuba, Venezuela e Irã. Parece que, aos olhos do PT, a autodeterminação de uma população vale em alguns casos, e não em outros. O mesmo partido que chama de golpe a substituição de Lugo aplaudiu Lula quando seu líder ironizou as fraudes eleitorais no Irã, tratando as manifestações pela democracia no país asiático como “briga de flamenguistas e vascaínos”. O PSDB respeita a decisão do Legislativo paraguaio e ressalta que defende a democracia em todas as nações” 

Extraído do Blog do Rovai - http://www.revistaforum.com.br/blog/2012/06/28/entenda-o-psdb-em-ap... 

Exibições: 83

Responder esta

Respostas a este tópico

Tudo que esse político fala, soa falso!

 

Nesse caso, até acho que nao, Webster. Isso é a cara deles, é sincero. Eles realmente acham "democrático" golpes desse gênero, aliás de todos os gêneros... Sao lacerdistas, favoráveis aos golpes contra a Democracia soi disant para "defender a Democracia"... Como em 64. Tá no DNA deles isso. 

Falei no sentido local, Analú. Conheço atuação desse político no estado de Pernambuco há mais de 30 anos, inclusive já foi do PSB e apoiou a reeleição do atual governador em 2010 por mero oportunismo como candidato a deputado federal, sabendo que não teria chance de se reeleger senador. Se este fato ocorrido no Paraguai fosse na época das eleições em 2010 no Brasil, lhe garanto que ele teria posição política contrária ao impeachment do presidente Fernando Lugo.

  

Ah bom. Sao de uma cara de pau exemplar. 

AnaLú,

Você não viu o discurso do Alvaro Dias acompanhando os brasiguaios no congresso? Foi pouco divulgado e vai na mesma direção.

Saiu no Blog-mae? Eu nao leio a grande mídia, Gil, nem vejo TV, só me informo pelos blogues. 

Não que eu tenha visto. Acho que vi primeiro na Agência Brasil ou no Terra. Veja aqui

O Google responde que nao há o destino do link, Gil. Mas tb nao faço muita questao de ouvir Álvaro Dias, considero previsível (provavelmente pior ainda que o Sérgio Guerra...). 

Mas obrigada de qualquer forma. Abs

O texto é mesmo o PSDB. seu DNA

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço