Portal Luis Nassif

 

Conta a lenda que dormia
Uma Princesa encantada
A quem só despertaria
Um Infante, que viria
De além do muro da estrada.

Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.

A Princesa Adormecida,
Se espera, dormindo espera,
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.

Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado,
Ele dela é ignorado,
Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro,
E vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora,

E, inda tonto do que houvera,
À cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia.

Exibições: 88

Responder esta

Respostas a este tópico

luis,

é o homem em suas buscas permanentes... e quando se dá conta...

olha só o presente que vou deixar procê: de natal, ano novo, páscoa, aniversário, tudinho...

 

Obrigado Luz,

A Maria Bethânia tem uma dignidade a prova de fogo!!! rsrsrrs

Adoro ela, desde criança e ela não decepciona nunca. Cada vez mais Humana, linda, carinhosa, apaixonada e apaixonante.

Um Natal de muita paz e luz e um Ano Novo realmente Novo, repleto de realizações.

Um beijo imenso

 

RSS

Publicidade

Blogs Brasilianas

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço