Ainda ocorre de forma pouco ou nada democrática a escolha dos dirigentes do nosso país. Tudo decorre do engessamento que a legislação eleitoral preconiza para proteger

os partidos políticos e suas nefastas coligações.

Entendo que deveriam ser eleitos os deputados e vereadores mais votados, acabando-se

com o antidemocrático coeficiente eleitoral que privilegia os partidos em detrimento da

vontade do eleitor demonstrada nas urnas. Aqui mesmo em Pernambuco tivemos um candidato a vereador que teve mais de 15.000 votos e não se elegeu porque seu partido

não atingiu o coeficiente eleitoral, enquanto outros candidatos com cerca de 4.000 votos

vão ser empossados para representar menos eleitores. O coeficiente eleitoral é uma coisa ultrapassada que remonta ao voto de bico de pena e não deve continuar sendo usado. Fala-se muito em democratização, mas enquanto este dispositivo estiver a serviço dos partidos majoritários o povo jamais terá respeitada a sua vontade.

Dessa forma os partidos mais fortes estão sempre empurrando os novos partidos para o limbo, não obstante o desejo expresso do eleitor em querer o partido novo participando da administração. Podemos dizer mesmo que tudo decorre dos resquícios autoritários advindos do sistema de capitanias hereditárias. Evidente que é um exagero, mas tem suas semelhanças e ranço. Já é tempo de se rediscutir este sistema anacrônico se quisermos que a vontade popular seja efetivamente respeitada.

Exibições: 61

Responder esta

Respostas a este tópico

ALDEMAR: Parabens pelas suas observações referentes à anistia.

No meu caso, por exemplo, foram mais de dez anos para conseguir a anistia, via judiciário. Que bela anistia que só se concretiza pela justiça comum! Lamentável!

O precatório já faz anos que vem sendo postergado. Muitos já faleceram, sem recebê-lo; outros gravemente enfermos sem a mínima perspectiva. E é a própria AGU que coloca os empecilhos!

Muitos consideram o assunto como um previlégio, como uma benesse. Quanta falta de caráter, desfaçatez!

Depois de toda essa vivência; por tudo que vi, participei e continuo presenciando; resolvi lançar na internet assuntos que muitos consideram utópicos, porém não vejo outro caminho, como: MOVIMENTO POR UM PARTIDO; PAÍS UNITÁRIO III; UMPROJETO PARA A EDUCAÇÃO NO BRASIL ETC. ETC. ESTÁ NESTE SITE.

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço