Antecipamos esta mensagem

em um dia, para transformar

a festa a GÜNTER em uma

"festa de polaco", que

começa na véspera, continua

no dia seguinte e termina um

dia depois, quando não

prossegue pela semana toda.

GÜNTER merece!

 

FELIZ ANIVERSÁRIO, GÜNTER!

 

Durante toda nossa vida, muitas pessoas

passaram por nós, dia após dia.

Mas somente algumas dessas pessoas,

ficarão para sempre em nossa memória.

 

Essas pessoas são ditas amigas,

e delas lembraremos para sempre,

às vezes pelo simples fato de

terem cruzado nosso caminho, às vezes

só por terem dito uma única palavra

de conforto quando necessitávamos.

Às vezes por terem nos dado um minuto

de sua atenção, e nos ouvido falar de nossos gostos,

de nossas angústias, medos ou nossos sucessos.

Às vezes por terem confiado em nós,

e nos contado também seus problemas,

suas histórias ou vitórias. Isso é ser amigo:

é ouvir, é confiar. Estes são amigos de verdade.

Ficam para sempre em nossa lembrança,

assim como as pegadas na alma,

que são indeléveis.

 

A você, nosso amigo GÜNTER,

você que é um cara muito especial e

importante para todos nós, por nos

dar exemplo de bom gosto, de cultura,

de respeito, de amizade, de honradez,

e, principalmente, de sensatez, trazendo

a paz nas contendas entre os colegas,

com franqueza, mas sinceridade em

suas palavras firmes. Ah, e sua preocupação

e carinho em aproximar os amigos do BLOG,

seja lembrando a todos da data de aniversário

de cada um, seja incentivando-os a se

encontrarem em saraus, ou a se reunirem

na casa de alguém da turma.

Sua amizade para nós tem um valor enorme,

e nada que possamos dizer a você, pode ser

tão especial ou mais significativo

do que sua amizade por nós.

A você nossos votos de uma vida

longa com saúde e Paz, junto

aos familiares e amigos.

 

Aceite o nosso

fraternal abraço.

 

UM FELIZ CUMPLEAÑOS A VOCÊ!

 

Em sua homenagem,

veja quem trago

pra sua festa:

o grego

YANNIS MARKOPOULOS.

 

1)

Yiannis Markopoulos & The Popular Orchestra

- Pios plironi ton varkari - 13-06-2011 - 16 

 

2)

O russo Dmitri Hvorostovski

com a russa Ana Netrebko

 

 

3)
Jimmy Makulis

- Doch mein Herz bleibt immer in Athen 

(Meu coração está em Atenas) 


 

 

 


 

 

Exibições: 1263

Responder esta

Respostas a este tópico


 

STELLA

e

GÜNTER,

 

Quem viveu a adolescência

no "pastim", interno em

colégios, viverá eternamente

como carente. Mas, este estado

por me levar a dar mais valor naquilo

que por anos me faltou.

Cabe aqui aqueles versos

meus dos 19 anos,

quando, então, era

mesmo carente.

 

"Não vejo mulher tristonha,

caminhando pela rua,

chorando se a noite vem.

Vejo-a toda risonha

e a imagino toda nua

a caminho de meu harém.

Daí, se me cortarem os dias,

em meio às fantasias

das farras da mocidade,

meu corpo num belo terno,

já à beira do inferno

zombará da humanidade.

 

CORRIJO:

 

" os economistas estão falando Grego."

Que grande poeta!!

Adorei, Marco..

RSS

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço