Portal Luis Nassif

Algumas ponderações quanto à relação da Lava Jato com a segurança e soberanias nacionais:

 

- a Petrobrás diz respeito à segurança e à soberania nacionais, sim, por seu valor político-estratégico, por sua relevância tecnocientífica, na produção de  energia, assegurando-nos proteção contra, p.ex., os caprichos das multinacionais de procedência estrangeira, além de assegurar nacionalização efetiva da riqueza do petróleo;

 

- o pré-sal, diz respeito à segurança e à soberania nacionais, sim (aliás, ontem, atraiçoadas com apoio do próprio governo, frise-se, não do PT, dessa vez não traidor, Stº D’us! que forças (ocultas!?) são essas atuando contra nós?!);

 

- o submarino nuclear diz respeito à segurança e à soberania nacionais, sim, pela óbvia necessidade de proteger nossos recursos marinhos, especialmente o petróleo – ademais, com ele, não seriamos bolinho fácílimo para a frota ianque reativada no Atlântico Sul;

 

- o rigor do Estado de Direito, com suas limitações especialmente, muito especialmente aos magistrados, diz respeito à segurança e à soberania nacionais, sim, a menos que absurdamente se admita a tirania através do Estado de Exceção como opção civilizada – os nazistas fizeram bom uso disso;

 

- o sectarismo, pior, a intolerância dizem respeito à segurança e à soberania nacionais, sim, pois a sedição em qualquer modalidade ou maneira é incompatível com segurança e soberania nacionais;

 

- a defesa de empresas nacionais (v.g., odebrechtes da vida) instrumentalizadas em corrupção – é,  inclusive, o que faz qualquer pais soberano, a começar pelo fascista EUA! – diz respeito à segurança e à soberania nacionais, sim!

 

Ninguém aqui, senão, os pouquíssimos envolvidos são favoráveis à roubalheira, nem praticada em cima, nem em baixo.

 

Entretanto, a toda prova, obviamente, a corrupção não foi invenção de petistas, nem tem 13 anos de instalada no Estado tampouco na sociedade brasileira diga-se de passagem,, corruptérrima (ou ninguém ouviu pérolas do tipo: “fosse eu fazia a mesma coisa”, “ô seu guarda não dá pra quebra essa?!”, “ah! é tão pouquinho, não vai fazer falta”..., afinal, é povo que acredita que a oportunidade faz o ladrão).

 

Tão pouco é honesto intelectualmente estigmatizar o partido, muito menos é admissível silenciar diante da ilegal (ILEGAL!!!!) partidarização do Judiciário em qualquer (!!!) instância, corporação, lembre-se, nababescamente alimentada pelo povo com seus super-salários, e privilégios, até a medula – que república será essa?!!!

 

Data venia, o comandante de campo da Lava Jato não é dotado de coragem extraordinária, não, exceto em desafiar tão amiopadamente, tão antolhadamente a realidade alvejada por, digamos eufemisticamente, seu estoicismo militarizante kantiano, tradicionalmente típico de força de ocupação, ops, em território próprio...! Nada disso! Ele só tem missão, inconfessável missão!

 

Tem respaldo, costas quentes (no que não está só!!), inclusive e especialmente alicerçadas no exterior, pois, ao fim e ao cabo, os beneficiados de tudo isso são os corruptos blindados entreguistas e os interesses internacionais aos quais se entregam (v.g., ver documentário, no YouTube: Historia del petróleo) aos quais está, na prática, a atender, sacrificando a finalidade social da lei, a razoabilidade entre tantos outros princípios consagrados em nosso Direito (meio de vida civilizada!), como que aplicando, aqui “lei patriótica”, mas estrangeira, com suas fobias reunidas na ideia de direito penal do inimigo.

 

Deixo, ainda, minhas considerações publicadas há quase ano, como me reporto, também e especialmente, aos mui lúcidos artigos que compartilhei no Facebook, sobre a matéria nos últimos meses, matéria, diga-se, complexa:

 

http://blogln.ning.com/forum/topics/da-culpa-prova-um-caminho-de-ci...

http://blogln.ning.com/forum/topics/seguran-a-nacional-e-cidadania-...

 

Permitir-se levar pelo ódio é integrar-se no perfil histérico cultivado pelas minorias dominantes (igrejas, mídia, tecnoburocracia (por origem colonizada), a intelligentsia, seja, o establishmentv.g., bom começo é ver os documentários, no YouTube, A Educação Proibida, e O Emburrecimento Deliberado da América etc... – tudo a serviço do grande capital) à manipulação das massas, esse amontoado biológico de bípedes sem penas e que riem, coisificado, funcionarizado, operacionalizado; e massa é a o que acaba reduzida a parte do povo que assim procede.

 

Saudações, libertárias e vitalistas de um brasileiro cujo patriotismo não lhe deixa quadrupidizar-se e ser tocado em rebanho, movido a emoções fáceis, cegas e superficiais, assim, divorciadas da inteligência.

 

PS.: sobre essa redução estupidizante fica metáfora das dimensionalização das mentalidades, conforme ilustra animação protagonizada por Dr. Quantum, facilitando visualizar o quão somos desenhados, recortados, reduzidos em nossos corações, corpos e mentes, para a dominação, o controle e a manipulação, para gáudio dos oportunistas de pantão, e sempre os há, pena que sem a nobreza esperada dos espíritos livres:

http://www.youtube.com/watch?v=BWyTxCsIXE4

 

Exibições: 293

Responder esta

Publicidade

© 2018   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço