Portal Luis Nassif

"NASCEU O MONSTRO QUE ESTAVA EM GESTAÇÃO NO VENTRE DA SOCIEDADE BRASILEIRA"

NASCEU O MONSTRO QUE ESTAVA EM GESTAÇÃO NO VENTRE DA SOCIEDADE BRASILEIRA.  FLAVIO LYRA

A crise econômica e de valores em que está atolado o apodrecido capitalismo brasileiro, já há algum tempo, fez vir à tona um monstro que estava em gestação no ventre dessa sociedade desigual e impiedosa: uma direita antidemocrática, violenta, de baixo nível intelectual, que pretende chegar ao poder com a ajuda dos meios de comunicação concentrados nas mãos de ávidos grupos mercenários, a exemplo da Rede Globo.

No meio empresarial esse monstro conta com o suporte de grupos empresariais, cujo catecismo é o neoliberalismo fundamentalista e, contraditoriamente, antidemocrático, que vê no mercado desregulado e invasivo da esfera pública a solução dos problemas sociais e de crescimento econômico do país.

Essa direita se ocultava no ventre do PSDB e estava contida no âmbito da burocracia estatal (setores do Judiciário, da Polícia Federal, do Executivo e do Legislativo) em seu segmento melhor remunerado e, supostamente, melhor formado intelectualmente.

A chegada ao poder de forças sociais mais representativas da classe trabalhadora, com os governos do PT, possibilitou a reorientação da ação governamental em favor da elevação do status econômico e social deste segmento social. Criou-se, assim, o ambiente propício à fecundação do monstro da extrema direita junto a esses segmentos que se sentem atemorizados de perder seus privilégios pela ascensão social dos mais pobres.

Este monstro, desenvolveu-se, adquiriu musculatura, rebelou-se contra seus progenitores e, agora, pretende dominar o poder e realizar seus desígnios nitidamente contrários ao aprofundamento de uma democracia social no país.

A presença na liderança das ações dessa direita de figuras humanas estranhas como o capitão Jair Bolsonaro e o General Mourão, destituídas de qualidades intelectuais e de valores minimamente aceitáveis numa sociedade moderna e democrática, são uma indicação muito clara dos perigos que rondam nosso futuro.

O discurso do combate à corrupção manipulado e potencializado pelos meios de comunicação, caiu como uma luva no fortalecimento da musculatura do monstro. Esse Frankstein, entretanto, mostra-se incapaz de formular ideias consistentes e articuladas sobre o meio em que vive e o ideário que o move nada tem de original, pois alimenta-se de ressentimentos, ódios e da afirmação dos instintos mais baixos e mais negativos da sociedade.

Grupos empresariais de direita sonham em aproveitar-se do monstro para aprofundar a realização de reformas neoliberais visando atender seus anseios de destruição dos direitos da classe trabalhadora e privatização de atividades essenciais do Estado, como meios para aumentar seus lucros e concentrar ainda mais a riqueza. Para tanto, financiam suas atividades e colocam a sua disposição os meios de comunicação e a assessoria técnica necessários  

As discriminações racial, de sexo, de crenças, sociais e a pregação aberta da violência contra os semelhantes constituem as motivações que movem as ações do ser monstruoso. Este ser precisa ser combatido e neutralizado sob pena, de uma vez instalado no poder, levar à destruição da sociedade que o abriga, a exemplo do ocorrido com o Nazismo na Alemanha de Hitler.   

Brasília, 20 de setembro de 2018.

Exibições: 156

Responder esta

Respostas a este tópico

 

"NASCEU O MONSTRO QUE ESTAVA EM GESTAÇÃO NO VENTRE DA SOCIEDADE BRASILEIRA"  

 

Sim, ele nasce sistemática e inexoravelmente na mente de todos que se norteiam pela balela canonizada pela história oficial,  pela mídia impressa e eletrônica e ainda nas horas vagas se dedicam a papaguear tais falácias pelo Whatsup

 

https://homment.com/H7jAACxMvS If you want to see the future  look in your rear view mirror

 

Balelas tornam-se sempre mais convincentes quando mescladas à verdade.

A primeira coisa a fazer, é descobrir tudo aquilo que os outros sabem, e então - começar onde eles pararam! (Thomtlí Átmi Fdivmf

 

 

“We believe with absolute certitude that right now, with the White House in our hands, the Senate in our hands and The New York Times in our hands, the lives of others do not count the same way as our own.” Constate abaixo o 27 § http://www.sweetliberty.org/issues/israel/dontknow.htm

A mão que https://jornalggn.com.br/blog/stanilaw-calandreli/todas-as-guerras-...  bancou o estabelecimento do COMUNISMO na primeira guerra mundial e moveu o mundo fervorosamente para defendê-lo na segunda guerra, https://www.gegenfrage.com/banken-militaer-usa/  apoia-o também em Cuba e na Venezuela..... toda degeneração moral, política e perda generalizada de soberania  que vemos agora é a colheita do que se plantou em 1918 e 1939

https://gutezitate.com/zitate-bilder/zitat-samtliche-linksparteien-... TODOS PARTIDOS DE ESQUERDA SÃO UMA FARSA PORQUE ALEGAM  LUTAR CONTRA ALGO QUE REALMENTE NÃO QUEREM DESTRUIR.

O sexto parágrafo http://www.duel.ru/publish/ramsey/revolution_rus.htm confirma o que precisava ser combatido,  mas foi fervorosamente defendido e expandido até o presente por todo ocidente.   Não vos enganeis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também colherá. -Gálatas 6:7  https://www.youtube.com/watch?v=xaJjNgEq-TQ

“Este é o pequeno livro que abriu meus olhos sobre o lodo de mentiras em que todos nós fomos atolados sobre a Alemanha sob o nacional-socialismo, e especificamente  o chanceler, Adolf Hitler.

Na minha opinião, a maior mentira era que "Adolf Hitler planejava conquistar o mundo e escravizar os habitantes de todas as nações ". Na realidade, os que fazem essas acusações são aquelas que planejam conquistar o mundo. (empregam sistematicamente o lema de Lênin:”acuse os do que você faz e chame-os do que você é”)

A derrota da Alemanha foi uma derrota para todos os habitantes do mundo, assim como Adolf Hitler havia previsto. http://aaargh.vho.org/fran/livres9/BORREGOdermund.pdf   O grupo que  promulga  essa grande mentira foi bem sucedido em seus esforços para incutir  profundo senso de medo e ódio do homem que queria apenas restaurar alguns das áreas de terra que haviam sido cortadas fora da Alemanha pelo Tratado Versailles  após a Primeira Guerra Mundial, trazer o povo alemão de volta ao rebanho de suas naturais fronteiras, e proteger a Europa ocidental da tirania Comunista / Bolchevique ameaçando causar sua destruição em todo o continente e no mundo.”

O livro “England and Germany” da escritora  britânica Nesta Webter pode ser baixado em pdf ou lido através de tradução automática aqui https://archive.org/stream/GermanyAndEnglandNestaWebster/Germany%20...

 

Em qualquer época ou lugar, a propaganda http://s-mahat.org/cgi-bin/index.cgi?cont=140   fornecerá inúmeros argumentos para aqueles que não se importam em  serem enganados > https://flashbak.com/when-nazis-attack-mens-action-mags-and-hitlers...

A verdade não necessita de leis para se garantir http://s-mahat.org/cgi-bin/index.cgi?cont=219 porque não teme ser questionada e investigada. http://s-mahat.org/cgi-bin/index.cgi?cont=216

  1. A única coisa em Auschwitz que se assemelha a uma câmara de gás humana foi construída em 1946 por Stalin.

 

  1. Nenhum diagnóstico de morte por envenenamento por cianeto está registrado em nenhum campo de trabalho alemão.

 

  1. Nenhum vestígio de restos dos milhões de corpos supostamente gaseados nos campos de trabalho alemães.

 

  1. Nenhum dos generais de guerra depois da guerra, que escreveu suas memórias, fez qualquer alusão às câmaras de gás humanas ou, de fato, a qualquer intenção de exterminar um grupo étnico.

 

  1. A Cruz Vermelha fez visitas normais e rotineiras a Auschwitz durante a guerra, e seus relatórios publicados não fizeram nenhuma alusão a qualquer gaseamento humano em andamento naquele local.

 

  1. Nenhum documento autêntico que ateste o “Holocausto” existe em qualquer lugar.

 

  1. Os arquivos de Bad Arolsen listam todos que viveram e morreram em todos os campos de trabalho alemães. Surge naturalmente a questão sobre qual é o número total registrado neste tremendo arquivo. É evidente que os gerentes deste arquivo não têm liberdade para contar sobre isso ou seriam presos por um crime tão terrível.

OS INÚMEROS PRÉDIOS E EDIFICAÇÕES https://rense.com/lets_stop_with_the_auschwitz_lies.htm.html  DOS CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO ALEMÃES NEGAM INCONTESTAVELMENTE O HOLOCAUSTO; https://holocaustdeprogrammingcourse.com/     TIVESSE HITLER ALGUMA INTENÇÃO DE EXTERMINAR OS DETENTOS NÃO TERIA ELABORADO UMA ESTRUTURA COLOSSAL PARA TAL - BASTARIA EFETUAR O QUE O PRESIDENTE AMERICANO EISENHOWER COMPROVADAMENTE FEZ

http://ssbiblioteca.webs.com/O_Verdadeiro_Holocausto.pdf O VERDADEIRO HOLOCAUSTO

http://www.actualite.co/73623/l-holocauste-juive-un-ignoble-mensong... L'HOLOCAUSTE JUIVE UN IGNOBLE MENSONGE!

http://moissondeselus.org/livres/le-canular-de-l-holocauste-devoile... Démythification du plus gros mensonge du 20e siècle

http://sansconcessiontv.org/phdnm/loeuvre-de-la-croix-rouge-dans-le... O trabalho da Cruz Vermelha nos campos alemães durante os últimos meses da guerra

https://vielspassimsystem.wordpress.com/2015/03/06/rotes-kreuz-expo... CRUZ VERMELHA EXPÕE A FARSA DO HOLOCAUSTO JUDAICO. http://truedemocracyparty.net/wp-content/uploads/auschwitz.jpg

https://ehpg.wordpress.com/german-holocaust/ Jewish Holocaust or German Holocaust? Auschwitz Gas Chambers Myth

 

O professor Antony Sutton conduziu um estudo abrangente e minucioso do comércio Leste-Oeste e publicou suas descobertas em "Suicídio Nacional: Assistência Militar à União Soviética". Ele forneceu ampla evidência para provar e confirmar que "a Rússia (made in) America" ​​fez https://archive.org/stream/NationalSuicideMilitaryAidToTheSovietUni...

 

 

1 http://antimatrix.org/Convert/Books/Benjamin.H.Freedman/1961.Willar...  discurso de Benjamin H. Freedman no Willard Hotel 1961  

2 https://archive.org/stream/GermanyAndEnglandNestaWebster/Germany%20...  Alemanha e Inglaterra Nesta Webster "

 

3 http://www.ihr.org/jhr/v16/v16n3p-2_Weber.html  O perigo das mentiras históricas

 

4 https://78.media.tumblr.com/3bf537fad65db4b7e5c8b1337fc09dd2/tumblr...

 

5 http://ibiblio.org/pha/policy/1941/411101a.html  Mentiras do Presidente Roosevelt

 

6 O Mito da Segunda Guerra Mundial "Good War" http://www.your.org/news/weber_ww2_may08.html

 

7 Campanha do Presidente Roosevelt para iniciar uma guerra na Europa:

Os documentos polacos secretos http://www.ihr.org/jhr/v04/v04p135_Weber.html

 

8 O que o mundo se recusou - ofertas de paz de Hitler, 1933-1939 http://ihr.org/other/what-the-world-rejected.html = https://archive.org/details/WasDieWeltNichtWollte-HitlersFriedensan...

 

9 "A beleza", diz Fyodor Dostoyevsky, "salvará o mundo". "E você conhecerá a verdade e a verdade o libertará" John 8:32 http://archive.fo/tfb3U

 

10 Os arquitetos do mal, a escola de Frankfurt do marxismo cultural https://www.darkmoon.me/2018/the-architects-of-evil/

 

11 LIVRO BRANCO ALEMÃO http://www.sweetliberty.org/issues/wars/whitebook/1.shtml

 

12 As questões que os americanos enfrentam ... http://www.sweetliberty.org/issues/  http://www.sweetliberty.org/index.shtml

 

13 Nos bastidores de como as guerras são travadas http://www.sweetliberty.org/issues/wars/

 

14 fotos dos massacres de alemães na Polônia antes da Segunda Guerra Mundial. http://s-mahat.org/cgi-bin/index.cgi?cont=262       http://s-mahat.org/cgi-bin/index.cgi?cont=129

 

15 forçar a Alemanha à guerra http://s-mahat.org/cgi-bin/index.cgi?cont=315    http://s-mahat.org/cgi-bin/index.cgi

 

16 https://katana17.wordpress.com/2016/10/01/book-the-myth-of-german-v...

 

17 "O mito do vilão alemão" é um SALUTAR OLHAR, revisionista com a forma como o povo alemão foi sistematicamente, implacavelmente e, especialmente, injustamente difamado como Erzverbrecher do século 20. Como um oficial e piloto na Marinha dos EUA mostra Bradberry como e por que o povo alemão vai falsamente acusado de crimes enormes e que seus principais acusadores e torturadores, os judeus organizados, de fato, o verdadeiro partido é culpado de crimes monstruosos contra alemão e do resto do mundo KATANA. https://katana17.wordpress.com/2016/10/01/book-the-myth-of-german-v...

 

18 O único LUGAR em Auschwitz que lembra uma câmara de gás humana foi construído em 1946 por Stalin. https://holocaustdeprogrammingcourse.com/

 

19 http://www.sweetliberty.org/issues/wars/fdr.html

 

20 Sr. Roosevelt selou a depressão e o desemprego como um fato crônico na vida americana http://www.sweetliberty.org/issues/wars/fdr.html

 

21 Adolf Hitler: Um homem PAZ https://quenosocultan.wordpress.com/2014/06/14/adolf-hitler-hombre-...

 

22 ADOLF HITLER - EIN paladino da humanidade https://quenosocultan.wordpress.com/2016/04/20/adolf-hitler-un-pala...

23 http://www.sweetliberty.org/issues/wars/fdr.html Franklin D. Roosevelt DITADOR COMUNISTA

24 http://expondocomunismo.bucurialuisatan.com/judeus-criaram-a-bomba-...      Os Inventores da Bomba Atómica

Ódio é nefasto em qualquer época ou lugar, ele se embasa na mentira para se sustentar e aniquilar aqueles que ousem expor suas contradições. Assim foi com JESUS, assim foi com o último BASTIÃO CRISTÃO a ALEMANHA. 

O COMUNISMO se guia pelo ódio para gerar discórdia - dividir para imperar; segue fielmente o lema de Machiavel "Os fins justificam os meios" assim, prega a liberdade mas promove a escravidão e o extermínio daqueles que a ele não se submetam. A segunda guerra foi promovida para salvar o comunismo, pois sob a égide da paz o bolchevismo não lograria expandir-se ao ocidente.

E não se engane! O comunismo não está morto.  O novo nome para o comunismo hoje é DEMOCRACIA. http://www.sweetliberty.org/issues/wars/jordan/01.html

 

 

"E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará." João 8:32

Porque o Nacional Socialismo Não é Racista

by David Myatt


Corretamente definido e entendido, o nacional-socialismo é uma filosofia étnica que afirma que as diferentes raças e os diferentes povos que existem são expressões da nossa condição humana e que estas diferenças, esta diversidade humana, deveriam ser valorizadas da mesma maneira que nós valorizamos a diversidade da Natureza. Os nacional-socialistas acreditam que o nosso mundo seria mais pobre se estas diferenças humanas fossem destruídas através de idéias abstratas: através da criação de uma socialmente-engenhada sociedade cripto-marxista.

Além disso, o nacional-socialismo é uma pura expressão nossas próprias éticas arianas , baseado como estas éticas são no idealismo do dever para com o povo-etnia, dever com a Natureza e na nobreza da Honra pessoal.

O nacional-socialismo é um modo de vida que afirma que o propósito das nossas vidas é contribuir para a evolução num sentido positivo. Nós contribuímos para a evolução quando nós cumprimos nosso dever com o nosso povo-etnia, desde que nosso povo-etnia(nossa raça e cultura) é a nossa conexão com a Natureza: a maneira como a Natureza se manifesta em nós como seres humanos.

O nacional-socialismo expressa a crença natural de que o ser vivo que é a Natureza trabalha para produzir diversidade e diferença: que a evolução da Natureza é um trazer ao ser de mais diversidade e diferença.

Para nossa própria espécie humana esta diversidade da natureza é evidente nas diferentes raças que existem e nas diferentes culturas que estas raças desenvolvem sob o tempo.

O nacional-socialismo valoriza esta diversidade e diferença e afirma que nós deveríamos não apenas esforçar-nos para manter e auxiliar esta diversidade, mas também encorajar os povos e culturas que expressam esta diversidade e diferença a continuar a fomentar e desenvolver, por assim ao lado de fomentar e desenvolver raça e cultura, nós estamos ajudando a evolução da Natureza e desta forma efetuando nosso potencial, como seres humanos.


A Ética do Nacional Socialismo: Tratando as Outras Raças Com Respeito


De acordo com a ética nacional-socialista, o que é bom é o que é honrável, o que ajuda a Natureza e os seres vivos dela (tal como a nossa própria raça) e o que ajuda a evolução do próprio cosmos. Nosso dever é fazer o que é honrável e o que ajuda a Natureza e o cosmos, até se executar esse dever faz-nos, com individuais, infelizes, ou se isto significa nossa própria morte. Além disso, a felicidade da maioria, das outras pessoas, vem depois deste dever.

A perspectiva da ética nacional-socialista é aquela da Natureza – e de fato a do cosmos do qual a Natureza é uma parte. A perspectiva de todas as outras éticas é a perspectiva do individual, de sua felicidade, sua vitória de alguma recompensa nesta vida ou na próxima.

Em adição, a ética nacional-socialista – sendo baseada sobre o ideal de honra pessoal – significa e implica que nós, nacional-socialistas, devemos nos esforçar para tratar todas pessoas com cortesia e respeito, indiferente de sua raça e cultura. Isto só refuta a mentira de o nacional-socialismo ser “racista”, apenas como a verdade histórica da Alemanha Nacional-socialista (como contrária às mentiras sobre a Alemanha NS) prova como honráveis e respeitosos foram genuínos nacional-socialistas com outras raças e culturas.


Alemanha Nacional Socialista


O governo e oficiais da Alemanha nacional-socialista esforçaram-se pesado para manter e viver pela ética do nacional-socialismo, como fizeram todos genuínos nacional-socialistas, até depois da derrota da Alemanha NS na que ficou tornou-se conhecida como a Primeira Guerra Sionista.

Assim, na Alemanha NS, grupos como os Mulçumanos e os Budistas foram reconciliados com todo o respeito e permitidos a praticar sua religião livremente. Nos anos de pré-guerra, a Alemanha NS ajudou a organizar um congresso mundial pan-islâmico em Berlim. A própria Berlim foi lar para florescentes comunidades mulçumanas e budistas, de muitas raças, e a Mesquita de Berlim sustentou orações até durante os anos de guerra, guardada por árabes, indianos, turcos, afegãos e pessoas de muitas outras raças.De fato, a Mesquista de Berlim foi uma das poucas construídas a sobreviver ao letal, indiscriminado, bombardeio e, embora danificada, estava claramente reconhecível como uma Mesquita entre o cascalho em volta.

A Alemanha NS foi lar para exilados de muitas raças, incluindo respeitados indivíduos tal como Subhas Chandra Bose, líder do Exército Nacional Indiano, e Mohammed Amin Al-Husseini, o Grande Mufti de Jerusalém. Ambos receberam suporte financeiro do governo alemão e ambos entusiasticamente colaboraram com Hitler.


Havia também, claro, a aliança com o Japão e enquanto os Aliados – e particularmente os americanos – estavam engajando e propagando derrogativa propaganda anti-japonesa (muitos membros das forças armadas americanas pensavam que os “japas” não eram humanos), os alemães estavam exaltando suas virtudes e consideraram eles como “companheiros de armas”. Enquanto os alemães condecoravam o Almirante Isoroku Yamamoto com uma de usas mais altas condecorações por conduta nobre, uma Cruz dos Cavaleiros com Folhas de Carvalho e Espadas, membros das forças armadas americanos cruelmente exterminaram soldados japoneses que renderam-se. Incidentalmente, outros dois guerreiros japoneses foram também condecorados pela Alemanha sendo-lhes concedida a Cruz dos Cavaleiros com Folhas de Carvalho.


Haviam também, claro, as ligações entre a Alemanha NS, as SS e várias organizações mulçumanas e árabes, até antes da Primeira Guerra Sionista. Por exemplo, a organização camisa-verde egípcia honrou tanto Mussolini quanto Adolf Hitler, enquanto Hassan Al-Banna, o fundador da Irmandade Mulçumana (a qual vive nestes dias em organizações como o Hamas), fez muitas observações complementares sobre Hitler. Havia também um golpe pró-nacional-socialista experimentado no Iraque, liderado por Rashid Ali.

Assim, enquanto os britânicos no Egito e Palestina estavam tratando os árabes como sujeitos conquistados, os alemães estavam tratando-os como iguais, como camaradas e respeitando sua cultura, e até hoje em lugares como o Egito, árabes apaixonadamente relembram seus encontros com os “nazistas”. Em fato, o Egito estava a tornar-se algo como um abrigo para nacional-socialistas depois da guerra, com centenas de antigos SS e oficiais alemães ajudando o governo anti-britânico do pós-guerra de Gamal Abdal Nasser, o qual estava associado com a Irmandade Mulçumana e era parente do editor egípcio que publicou a versão árabe do Mein Kampf .

Estes SS e oficiais alemães incluíam o Major General Otto Ernst Remer, Joachin Däumling, antigo chefe da Gestapo em Düsseldorf, e o oficial SS Bernhard Bender, que alegadamente também converteu-se ao Islã.

Muito reveladas a todos, talvez, são as amigáveis relações entre a Alemanha NS, as SS e várias organizações judaica. O oficial SS Adolf Eichmann era conhecido por ter viajado à Palestina nos anos antes da guerra onde ele encontrou colonos judeus, líderes judeus e agentes alemães. Suas relações com esses judeus foram sempre muito cordiais e amigáveis.

De particular interesse é a tentativa, em 1941 (52 EH) pelo grupo judeu Irgun Zevai Leumi (conhecido pelos britânicos na Palestina como a gangue Stern) em colaborar com Hitler e a Alemanha:

“Na condição de que o governo alemão reconheça as aspirações nacionais do ‘Movimento pela Liberdade de Israel' (Lehi), a Organização Militar Nacional propõe participar na guerra ao lado da Alemanha...” (Documento número E234151-8 no Yad Vachem em Jerusalém]

O governo NS alemão, todavia recusou-se a reconhecer tais “aspirações nacionais” judaicas desde que isto discordava com a política de seu aliado Mohammed Amin al-Husseini que era oposto ao estabelecimento de um Estado Judeu na Palestina. Assim, a tentativa de colaboração judia falhou.


Conclusão:


Para citar o General da Waffen-SS Leon Degrelle:

“O racialismo alemão destinava-se ao redescobrimento de valores criativos de sua própria raça, redescobrindo sua cultura. Era uma procura pela excelência, um nobre ideal. O racialismo nacional-socialista não era contra as outras raças, era por sua própria raça. Isto apontava na defesa e melhoramento desta raça, e desejava que todas as outras raças fizessem o mesmo por elas próprias.

Foi demonstrado quando as Waffen-SS ampliaram suas fileiras ao incluir 60.000 islâmicos SS. As Waffen-SS respeitaram seu modo de vida, seus costumes e suas crenças religiosas. Cada batalhão islâmico SS tinha um Imã, cada companhia tinham um Mulah . Este era nosso comum desejo que suas qualidades encontrassem sua expressão máxima. Este era o nosso racialismo. Eu estive presente quando cada um dos meus camaradas islâmicos recebera um presente pessoal de Hitler durante o ano novo. Era um pendente com um pequeno Alcorão. Hitler estava condecorando-os com este pequeno presente simbólico. Ele estava condecorando-os com o que era o mais importante aspecto de suas vidas e de sua história. O racialismo nacional-socialista era leal à raça germânica e respeitava totalmente todas as outras raças.” Leon Degrelle – Épico: The Story of the Waffen SS (sermão dado em 1982). Republicado no The Jornal of Historical Review , vol. 3, no. 4, pp. 441-468

Eu mesmo tenho procurado entender o sentido das nossas vidas, como seres humanos, e assim estudei, de primeira-mão num modo prático, muitas das maiores religiões do mundo – Budismo, Taoísmo, Hinduísmo, Cristianismo, Islã – como também filosofia de Aristóteles a Heidegger, literatura de Homero a Mishima e ciência de seus mais precoces começos.

Eu gastei longas horas, dia após dia, muitas vezes semana após semana e as vezes mês após mês, conversando com sábios mulçumanos, budistas e mestres taoístas, sacerdotes cristãos e teólogos, ascetas hindus e uma multidão de pessoas usuais de diferentes fés, culturas e raças. Minha real vida, minhas reais experiências entre diferentes culturas, diferentes fés, do mundo, revelou a verdade do nacional-socialismo: seu desejo de harmonia, honra e ordem. Minha própria vida, minhas experiências, meus escritos nacional-socialistas, expõem as mentiras da propaganda dos opositores do nacional-socialismo: aqueles engenheiros sociais que tem procurado, e os quais fazem esforço, através da usura de um vasto mundo consumidor-capitalista, em explorar este planeta e seus povos e assim destruir a diversidade e a diferença e tudo o que é nobre e evolucionário.

Um verdadeiro, genuíno nacional-socialista não anda por aí “odiando” pessoas de outras raças apenas como nacional-socialistas não são desrespeitosos aos costumes, religião, modo de vida de pessoas de outras raças.

Como eu havia escrito muitas vezes, nós, nacional-socialistas respeitamos outras culturas e povos de outras raças, porque nós sustentamos a honra. Honra significa ser civilizado; isto significa ter maneiras: ser cortês; contido em público e assim por diante. Honra significa tratar pessoas com cortesia e respeito, indiferente de sua raça e cultura.

Nós, nacional-socialistas, expressamos a visão de que uma pessoa deveria estar orgulhosa de sua própria cultura e herança, respeitosa do modo de vida de seus ancestrais e que aceite que outros povos tenham um direito de serem orgulhoso de sua própria cultura e herança também. O ideal é trabalhar em direção ao mútuo entendimento e respeito.

Nosso dever, como arianos, é sustentar e nos esforçar para viver pelos nossos próprios valores arianos de honra pessoal e lealdade ao povo-etnia.

https://www.stormfront.org/forum/t190594/ 

https://www.youtube.com/watch?v=VBX8N9T4jzk Le National-socialisme c'est l'amour

A história corrompida perpetua a corrupção, solapa a ordem social, a família e a vida mas a verdade cura, liberta e pacifica.

Caro Ulisses, 

Admitamos, por hípótese, que o Nacional Socialismo tenha os méritos que lhe são negados pela História Ocidental, e nos perguntemos porque suas versões caboclas são tão autoritárias e desrespeitosas para com os valores democráticos. Às muitas referências elogiosas ao NS você poderia incorporar sua opinião sobre as virtudes da atuação da extrema direita na conjuntura atual.

Abração.

 Caro Flavio, em qualquer época ou lugar - sempre lembrar da citação bíblica Mateus 07:16: "Pelos seus frutos os conhecereis

O Brasil é um país riquíssimo, todavía, a maior parte de sua população é miserável, o que reflete, sobretudo após o advento republicano, http://emanuelnunessilva.blogspot.nl/2014/05/marianne.html   uma política voltada somente aos interesses dos grupos financeiros internacionais. 

A escravidão sempre foi esquerdista, assim como o comunismo só encontra respaldo em sociedades miseráveis.

O que se vê no Brasil é apenas briga pelo poder.

Não existe direita onde impera a maçonaria. 

 

Virtudes, Flavio, desde a crucificação de JESUS CRISTO,  não são bem vindas, razão pela qual, moveu-se o mundo para combater o último bastião cristão - a Alemanha 

http://www.saopauloantiga.com.br/quinta-divisao-panzer/#comment-42692

http://www.biblebelievers.org.au/roundone.htm

http://www.nazigassings.com/

https://katana17.wordpress.com/2016/11/02/book-the-myth-of-german-v...

https://nationalvanguard.org/2018/01/who-we-are-a-series-of-article...

https://katana17.wordpress.com/2016/12/24/book-the-myth-of-german-v... no fim de cada página, acesse outros capítulos

Abração

https://nationalvanguard.org/2018/09/behind-the-propaganda-what-is-...


Isaías 5:20 "Ai dos que chamam ao mal bem e ao bem, mal, que fazem das trevas luz e da luz, trevas, do amargo, doce e do doce, amargo."


Isaías 5:23  Ai dos que por suborno absolvem o culpado, mas negam justiça ao inocente.

In die Hölle kommen alle, die in einer Todsünde sterben und keinerlei Reue über ihre Sünden haben.

http://k30.kn3.net/taringa/2/D/8/C/7/E/dianaquevedo7315/129.gif

RSS

Publicidade

© 2018   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço