A iniciativa de abrir este tópico veio de uma conversa por email com várias pessoas. Estávamos discutindo o fato de certas postagens no blog-mãe favorecerem um clima não amigável às mulheres, por vezes até misógino, e como ele desanima as mulheres de postarem lá, por já saberem de antemão que terão de lidar com comentários desagradáveis, quando não ofensivos, como foi o caso do post Antidepressivo que acalma a mulher: o sêmen. Pensamos então em fazer uma espécie de "manifesto" a ser posto no Fora de Pautafalando em como aquele clima nos incomoda. Mas, para que isso não fique só atribuído a uma ou duas pessoas, combinamos que eu criaria primeiro um tópico aqui no Portal, onde várias pessoas pudessem se manifestar. A palavra está aberta.

Links para os dois topicos que provocaram nossa indignaçao: 

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/antidepressivo-que-acalma-...

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/o-semen-como-antidepressiv... 

   

Exibições: 7426

Responder esta

Respostas a este tópico

AnaLú,

Concordo e apoio. Vira um humor fácil. Do tipo que só alimenta o preconceito e não vira nada pelo avesso. Além de atiçar um componente adolescente, em pessoas que sabemos já passaram (muito) desta fase (Talvez isto explique!).

Postar coisas deste tipo, só com comentário que aponte o lado ridículo da "pesquisa". Já deu para ver que os comentaristas não levantam esta bola, pisam feio nela e se afundam nos clichês.     

Que bom, Gilberto, que também haja homens que apóiam. 

Vai ficar um saco por aqui lotado só de homens AnaLú!!!

Nao acredito, Marli, que os homens que comentam frequentemente aqui venham com comentários desse tipo (ridicularizando as mulheres); meu palpeite é que vao ficar de fora.  Por isso acho tao legal a postura do Gilberto, de nos apoiar. 

Mas, em geral, aqui no Portal nao temos, a que eu me lembre, GRANDES episódios de machismo, salvo algumas brincadeirinhas sem graça, mas mais brincando de ser machista do que sendo mesmo; já no blog-mae, é recorrente a baixaria machista. 

Acho que ninguém duvidou disso, Marli. Só esclareci mais porque você falou de "nosso espaço" e pensei que talvez você estivesse achando que os episódios desagradáveis tivessem ocorrido aqui. 

Posso usar? Gostei do mote... (rs, rs) 

Analú,

Acompanhei os comentários do tópico no LNO esperando encontrar um debate sério que viesse a desenvolver o tema, acrescentando pesquisas científicas referente ao assunto tratado.

Infelizmente não foi isso que vi, foram comentários machistas, alguns ofensivos e até mesmo desagradáveis, revelando relações íntimas de um casal em público que só a ele pertence.

Por essas razões e outras, geralmente me recuso a comentar, porém, em atenção a você, a todas amigas e mulheres do blog, minhas irmãs, filhas e neta, expresso meu apoio irrestrito a sua manifestação de repúdio.

Obs. Ressalvo alguns comentários que não foram ofensivos e/ou machistas.            

Um amigo comentou sobre esse post (Antidepressivo...) que "os dois lados exageram". Eu não concordo porque é sempre o machismo que aparece primeiro, que se lança. O antimachismo e/ou antisexismo é quase sempre só reação.

E além disso duas coisas precisam ser desconstruídas:

- "machismo e feminismo são faces de uma moeda". O machismo até é antagônico ao feminismo, mas não é simétrico. Enquanto o feminismo busca a plena materialização das oportunidades para todas as pessoas (igualdade) o machismo oprime sem utilidade alguma, levando a perpetuação da diferença (fica o gancho pra alguém pensar qual a utilidade do machismo, não vão encontrar.) É falácia querer considerar ambas como expressões válidas. 

- "brincadeiras são inconsequentes, é preciso relevar". Não são. Mesmo que engraçadas sabemos que elas são base de sustentação (pra quem acredita no ditado "toda brincadeira tem um fundo de verdade") de um monte de preconceitos que na melhor das hipóteses levam a piores condições relativas no mercado de trabalho. Na pior, à violência doméstica.

O machismo nunca pode ser considerado como lado certo, não merece espaço.

Não sei se ainda contam piadas machistas nos programas mais bobos, tipo Zorra Total. Mas a radiofusão é um ambiente mais público, frequentado por vários públicos. Razão, creio eu, para um maior cuidado. O mesmo pode ser pensado para um blog. As pessoas não estão frequentando um clube de sua turma, mas um espaço com várias turmas, é necessário consideração.

Até é possível humor com situações citando as diferenças de gênero (que existem),  fazê-lo com bom gosto já é comum em um montão de seriados e sitcoms, mas aí é necessário ser criativo e mais sofisticado. Infelizmente Rafinha Bastos ainda tem mais público.

Pessoal,

Não li todos os comentarios aqui e confesso que tenho até evitado de participar dos posts que viram "guerra dos sexos" porque eles não tem acrescentado muito.

A minha opinião é de que se há uma ofensa em um comentário ( se a pessoal julgar que é ofensa, que é algo até subjetivo) é o caso de denunciar e pronto. É simples, 3 denuncias levam o comentária para a moderação e ai é ela quem vai decidir.

O que eu acho que vem ocorrendo no blog é que o pessoal tem denunciado pouco. Eu sempre denuncio, se acho que o comentário é impróprio até para preservar o blogueiro, porque ele não deve conseguir ler todos. O blog dele sempre foi diferenciado e ele e nós todos não podemos deixar que viro um blog qualquer até comparável as vezes, aos blogs de esgoto.

Agora, também não tem como a gente mudar as pessoas. Se o cara ou a mulher é machista ou imaturo e gosta de piadinhas, não tem como impedir nem mudar a cabeça de ninguem, o que dá para fazer é denunciar e esperar que o comentário seja apagado, não vejo algo muito mais que isso a se fazer. Alías isso vale não só para este caso como para todos. Uma pessoa que está lendo o blog pela primeira vez e le um comentário inadequado pode nunca mais voltar.

Acho que o ideal seria um manifesto mais completo, no sentido de as pessoas perceberem que estão em um espaço público e terem mais modos ao comentarem ( que já incluiria tudo )ai sim seria muito bom.

A ideia deste topico aqui, Daniel, eh essa. Recolher vozes de algumas pessoas e preparar um manifesto para ser posto no Fora de Pauta. 

O problema com a denuncia de comentarios machistas eh que o Nassif nao os faz, mas os endossa... Acha muito engraçado, e ateh provoca, como fez na escolha dessa "pesquisa" para topico e com o titulo que deu a ela... Na cabeça dele, que eh bastante machista, ele nao consegue ver como esse tipo de coisa eh opressivo para as mulheres. Nao vë nada demais nesse clima de Zorra Total que se instala. 

Bom, se é assim então a coisa fica mais dificil, porque quem manda é ele né.

Como eu falei, não tenho acompanhado muito esses tópicos, então acho que fica dificil para eu opinar sobre o caso em si. Só acho que a coisa tem que ser feita de maneira suave senão pode dar a impressão de estar querendo tolher o pensamendo e a manisfestação no blog e ai provavelmente o Nassif não vai permitir...

Mas ele nao reclamaria de "tolher" comentários racistas, ou homofóbicos... Só comentários machistas é que sao livres? Mulheres nao merecem consideraçao? 

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço