A iniciativa de abrir este tópico veio de uma conversa por email com várias pessoas. Estávamos discutindo o fato de certas postagens no blog-mãe favorecerem um clima não amigável às mulheres, por vezes até misógino, e como ele desanima as mulheres de postarem lá, por já saberem de antemão que terão de lidar com comentários desagradáveis, quando não ofensivos, como foi o caso do post Antidepressivo que acalma a mulher: o sêmen. Pensamos então em fazer uma espécie de "manifesto" a ser posto no Fora de Pautafalando em como aquele clima nos incomoda. Mas, para que isso não fique só atribuído a uma ou duas pessoas, combinamos que eu criaria primeiro um tópico aqui no Portal, onde várias pessoas pudessem se manifestar. A palavra está aberta.

Links para os dois topicos que provocaram nossa indignaçao: 

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/antidepressivo-que-acalma-...

http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/o-semen-como-antidepressiv... 

   

Exibições: 7556

Responder esta

Respostas a este tópico

AnaLu, resisti um pouco a entrar na discussão. Sei que o tópico não foi uma iniciativa isolada sua, mas de muitos. Ainda assim, quero dizer que parabenizo você por sua atuação no blog. Muitas vezes ironizada pelos homens, e, confesso,eu mesma quase caí nessa esparrela. Mas hoje reconheço o seu grande valor e lhe agradeço pela participação contundente. Repito aqui um comentário que deixei para a Claudia quando ela me avisou sobre o tópico em questão: 

"Sabe, Claudia. No princípio eu não entendia muito bem a AnaLu. Agora estou gostando muito dela. Ela pode parecer implicante, radical, mas ela está certa. E ela é criticada justamente pelos homens... Eles podem exagerar mesmo estando errados. As mulheres, mesmo estando com razão, têm que se apresentarem de forma delicada e cuidadosa com as palavras. Agora, sobre fazer parte desse "movimento", não sei se estou disposta. Muito estresse... pra pouco "índio"."

Obrigada, Vânia, pelo comentário. E concordo em gênero, número e grau com o "2 pesos, 2 medidas" que vigoram. Mulheres têm que ser dóceis, "bem educadas", etc., homens podem se esbaldar na grosseria e mediocridade. Me recuso a fazer o papel esperado. 

Eu às vezes prefiro "segurar o touro à unha", como fiz, por ex., com aquele comentário deplorável do Sanzio sobre as "nervosinhas". Em vez de fingir que nao entendi, me deixar intimidar ou calar, ao contrário, explicitar o implícito, deixar clara a baixaria dele. Chega da obrigaçao de ser "boazinha". 

Quanto ao "movimento", participa quem quiser, claro. Somos democrátic@s aqui... 

E que bom que você nao deixou o Blog. Abandonar o terreno e deixar só os cretinos nao é soluçao. 

Vania,

Sempre reconheci os valores da Analú, mulher íntegra, dotada de apurado senso de justiça e que tenho profundo respeito e admiração.

Abs  

RAFLA para Webster: assim você me deixa sem graça... Muito obrigada, é bom ouvir isso. 

AnaLu é uma das poucas pessoas com que vale à pena debater em toda a internet. Sério. Admiro, muito, as pessoas que tem conteudo.

RAFLA para Alexandre: assim vocês me deixam ruborizada. Fico feliz e constrangida ao mesmo tempo... 

Por isso acho que falta um maior esclarecimento sobre o que é machismo e suas consequências, inclusive das manifestações aparentemente (mas só aparentemente) inofensivas. Um tópico à parte poderá servir como referência e registro, mas essa é uma batalha de décadas para a sociedade. (Não precisa ser tão demorada para um local só, claro.)

Não, eu me baseei sobre o que voce falou dele...

Continuo achando que é melhor as denuncias mesmo.

Se ele não dá bola para as denuncias como voce diz, porque daria para um manifesto ? Nao sei nao...

Fui ler o post agora. Achei que o pessoal radicalizou demais... A reportagem é uma grande bobagem, nao diz nada com nada.

O Sanzio que começou falando uma besterira ai ja vieram com tudo pra cima dele e instalou a briga e o post virou só isso. Se ele falou besteira, denuncia e pronto e não responde, acho que esse é o caminho. Ai teve várias ofensas também, inclusive suas, que não levam a nada e até tiram a legitimidade de quem está defendendo uma posição ou pelo menos a enfraquece.

O melhor comentário do post é um que diz, de maneira bem humorada, que: nao é o semem que serve de anti depressivo e sim a forma de extraí-lo. E eu acrescentaria que isso serve para homens e para mulheres da mesma maneira evidentemente. São os benefícios do sexo que creio que ninguem discorde. 

Eu diria que foi um post infeliz do Nassif e o título também, principalmente né. Mas tem aquela coisa do marketing, vai ver é isso. As vezes ele gosta de botar uns títulos impactantes mesmo.

Eu acompanho o blog do Nassif, porque acho que é o melhor do Brasil, disparado. Também muito do que aprendi sobre economia e politica foi com ele ou por influencia dele, desde suas colunas na folha em 2004, 2005 por ai. Mas ninguem é perfeito. E em muitas coisas eu também discordo.

Enfim, é legítimo o movimento de "defesa" de voces, claro, mas tomem cuidado para não exagerarem em sentido contrário e nao perderem a razão.

Ofensa, Daniel? Desde quando reagir a baixarias é ofender? Ofender é fazer baixarias... Veja o comentário da Vania, e a resposta que dei a ela: por que homens podem se esbaldar na mediocridade e nas piadinhas agressivas, mas as mulheres devem responder tomando cuidado para nao machucá-los? Quem com ferro fere, com ferro será ferido... 

Retiro os elogios que fiz aos comentaristas mais jovens... rs

(Daniel, as postagens não aparecem na ordem, está uma bagunça por lá. Você tem que reparar no horário de cada comentário para fazer um "julgamento" adequado. A impressão que tenho é que vc ingenuamente seguiu a ordem aparente, sequencial. não foi bem assim. No que diz respeito aos meus comentários - alguns mais acima do post- são reflexos ou reações de outros que vieram antes no tempo, porém estão abaixo. Cuidado também com o seu desejo de imparcialidade parcial)

É claro que não se trata de tolher pensamento, não caiamos nessa armadilha de confundir "expressão de preconceito" com "pensamento válido". Nem se trata de censurar besteiras, mas demonstrar que elas incomodam, não são bem vistas em um ambiente diversificado.

Alguém faria aqueles comentários mais pesados em público na presença de mulheres ou anti-sexistas? Não, ficaria envergonhado. Piadas que não se diz em público não são pra ficar teclando. É um abuso considerar internet como ambiente livre de cerceamento social. Se a sociedade chegou até onde chegamos não é para uma discussão de internet sancionar um retrocesso.

Eu acho que ficaria mais fácil se quando vermos algum comentário muito machista (que leve a uma interpretação desfavorável do gênero feminino) colocarmos um comentário curto registrando o "foi mal".

O Nassif às vezes lê as listas dos comentários depois e com isso vai sentindo o clima. Se ninguém diz que não agradou, não vai se preocupar, se muita gente diz que não agradou, vai tocar a linha editorial pelo que mais for agradando. 

Não sintamos pena do machismo, não há nada bom nele para ser preservado ou divulgado.

Nisso eu concordo com voce.

Desde que eu começei a comentar, eu pensei bastante e decidi botar a minha foto e meu nome real - mesmo sabendo que isso poderia me trazer problemas - para justamente pensar duas vezes antes de escrever uma besteira, que as vezes todos nós estamos sujeitos. Eu sempre procuro só escrever lá o que eu falaria em público. As vezes exagero também, mas esta é a minha meta.

De fato, Gunter, talvez seja preciso criar uma forma talvez bem humorada de desagravo. Não concordo com a Anarquista Lúcida em seu comentário acima. Lá não é competição, não estamos brigando com ninguem, vendo quem é melhor. Se voce ofende, voce perde a razão, nao tem jeito.

Acho que é uma discussão que visa a troca de ideias e o aprendizado, este é o único objetivo do blog.

Um manifesto, solicitando mais educação as pessoas, solicitanto que só se comentem lá o que falariam em público, acho que seria o ideal. Porque o blog anda mesmo com um clima pesado.

RSS

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço