Inspirada, e até comovida, por dois vídeos de e sobre Clara Nunes, postados pelo Fernando Luiz na minha página e por um post de Adriano Ribeiro, colocado em destaque pelo Nassif, acho que a gente bem que poderia montar um retrato com elementos da história do samba, das suas origens e dos registros mais significativos que ainda se mantém preservados (como o jongo, o samba de roda), além daqueles registros e intérpretes que denunciam a grande beleza deste ritmo que tão bem interpreta a alma nacional.

 

 

 

 



E aqui a prova de que ele é eterno:

Exibições: 2434

Responder esta

Respostas a este tópico

 

Samba do Arnesto - Senador Eduardo Suplicy (PT-SP) - Coral do Senado

ótima imagem. e o coral é afinadíssimo, né, fernando?

 

mas aqui uma moça que, acho, é a que mais está brilhando no cenário pop. a música é linda. e ela merece o brilho que está desfrutando:

 

Maria Gadú - Trem das onze

 

antenadíssimo fernando. vc não foi ao sarau?

num acredito!

voltei prá deixar uma música, com ela e ele:

Daqui da terra:

 

 



um fado, de roupa nova e com gostinho de chorinho.

ah, eu gostei, sim.

gosto do fado, aquele fado doído. sofrido. e, assim, ficou, digamos, divertido.

 Re- visitando o samba.. 

Sempre!!!

beijos 

Si e Lu.

Será tanta, tanta, saudade. Beijos e tudo que já disse antes na caixa-postal;

 

Stella (atenta aos movimentos do mundo), Si (de simone que é também de dó, ré, mi, fá, sol, lá...),

beijo grande. feliz por ter desfrutado da companhia doce e querida de vocês duas neste ano que se vai e mais feliz ainda, por saber que teremos muito tempo pela frente para, juntas, continuarmos a caminhada e matarmos toda a saudade. todo dia. toda hora.

beijo do tamanho do mundo.

São nossas raízes e devem ser preservadas, enaltecidas e divulgadas!

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço