Inspirada, e até comovida, por dois vídeos de e sobre Clara Nunes, postados pelo Fernando Luiz na minha página e por um post de Adriano Ribeiro, colocado em destaque pelo Nassif, acho que a gente bem que poderia montar um retrato com elementos da história do samba, das suas origens e dos registros mais significativos que ainda se mantém preservados (como o jongo, o samba de roda), além daqueles registros e intérpretes que denunciam a grande beleza deste ritmo que tão bem interpreta a alma nacional.

 

 

 

 



E aqui a prova de que ele é eterno:

Exibições: 2415

Responder esta

Respostas a este tópico

ah, descobriu, né, ene?! agora, com certeza.

mas como a gente ia falando... samba, sempre. samba que traduz um mundaréu de coisas.

aproveito e trago prá cá uma doce lembrança da simone del rio (lembra dela, não?!)

compartilhando com vocês um sambinha muito do manero

(e prá que não reclamem, dizendo que não estou participando...)

aqui, com a ternura destas mulheres lindas.

...

e com ela. eterna. e que sabia também ser moleca

pois é... esta música é de responsa, mano!

mas, tô treinando... prá deixar de ser bissexta!

então, e vc viu que a taxa selic, a maldita taxa selic, caiu para 9,75 pp?

será que o arkx volta? e este era o sonho do edmar prandini: uma taxa de apenas um dígito!

mas é só o começo de uma caminhada, né?! 

Tava aqui pensando no samba,

que dificil encontrar o topico!!

e hoje neste dia inspirado, descobri esse vídeo da Mia Doi Todd.
Lindíssima versão da música de Vinícius e Baden!

Lindíssima essa música, e essa interpretaçao, Stella. 

pois Analú,

cheguei  do trabalho( domingo rsrsr) tão cansada, vim no portal,

postei o video até como motivo de relaxamento.

vi  alguns topicos.. mas cansada.. amanhã vejo melhor...

"mania do Portal" rsrss

beijos..

Pior é que é viciante... 

nossa, stela, que saudade!

e que bela descoberta, cumadre.

um balé que emociona. ah, este nosso Brasil é lindo demais, né?

mas, então, vim aqui porque lembrei deste samba bonito, com estes mocinhos eternos:

e um sambinha, porque, afinal, não somos de ferro:

pois não disseram que o samba agoniza mas não morre? 

a primeira parte de 4:

Nem o samba morre, nem nossa luta...

vim dar uma ispiada aqui e conferir o Gilson de Souza..

valeu marlí!!!

então,

a laura nos lembra que hoje sidney miller estaria aniversariando, se não tivesse ido embora tão cedo.

ele se foi deixando músicas lindas e alguns sambas, igualmente lindos. um deles é este:

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço