Por que só agora os USA encontram e matam Bin Laden?

A morte de Bin Laden talvez encerre um ciclo criado pelo próprio USA, ao se ler a biografia se Ozama Bin Laden, vemos que ela começa e é encerrada através do desejo de um mesmo país, os USA. Bin Laden foi um daqueles projetos do sistema americano que não deu exatamente como eles desejavam, entretanto como ele também atrapalhava os tradicionais opositores ao capitalismo Norte Americano ele era ainda tolerado. Em um determinado momento ele se torna inconveniente, termina-se o ciclo, e se coloca a bola no meio do campo para se retornar ao jogo.

 

A criatura Bin Laden voltou-se contra o criador, da mesma forma que nos filmes de ficção científica os produtos dos sistemas de segurança norte-americanos voltam-se contra os próprios.

 

Agora me vem uma pergunta que não se quer calar: Por que só agora os USA encontram e matam Bin Laden? Vamos tentar dar uma resposta.

 

Bin Laden era o bicho papão de todo o norte-americano médio, antes de dormir o senhor ou a senhora rezavam para que fosse achado este facínora que tanto mal tinha levado a população norte-americana. Bin Laden era tão perverso ao cidadão médio norte-americano que todo dinheiro usado para procurá-lo e matá-lo não sobrava nada para uma saúde gratuita financiada pelo governo.

 

Imensas quantias em dinheiro eram oferecidas para quem desse uma pista do paradeiro de Bin Laden, porém seus seguidores eram tão fanáticos e tão leais que em nove anos e dez meses não apareceu entre as milhares de pessoas que sabiam de seu paradeiro alguém que o denunciasse.

 

Os serviços secretos norte-americanos, mais de 1 milhão de pessoas trabalhando na segurança dos USA, nenhum desses conseguiu descobrir que Bin Laden não morava nas montanhas no Afeganistão, mas sim numa confortável casa na capital do Paquistão.

 

O que mudou? Mudou que o governo Norte-americano se deu conta que tão ocupado estava em “combater” a fraude Bin Laden, que esqueceu de defender seus aliados na Tunísia, no Egito e no Iemem, países muçulmanos e o povo estava conseguindo a democracia. Faltam tropas inclusive para invadir a Libia, e parte do saque vai ter que ser repartido com os franceses e ingleses. Osama Bin Laden de uma solução se transformou num problema.

Exibições: 167

Responder esta

Respostas a este tópico

Boa tarde Maestri!

Eu fico muito contente em participar de um blog com os maiores especialistas em política internacional do mundo!

Um abraço

Fico satisfeito em reconheceres a minha capacidade.

Rogerio,

já disse pro marco noutro topico,

repito aqui..

mata se o homem, mas nunca  as idéias...

" A mente humana, uma vez ampliada por uma nova idéia, nunca mais volta ao seu tamanho original"

(Oliver W. Holmes)

 vamos  seguir o caminhar da humanidade,

Mas acho que, se é como você diz, eles deviam saber há muito tempo onde ele se achava. Entao nao faz muito sentido dizer que os EUA estavam ocupados em combater Bin Laden. Acho que ele interessava como um motivo para continuar guerras, fazer políticas internas que diminuissem direitos em nome da segurança, etc. Algo mudou esse interesse, mas nao creio que seja esse grau de comprometimento das tropas dos EUA com a busca dele.

Talvez tenha algo a ver com a denúncia de Kadaffi de que a Alkaida estava por trás dos rebeldes da Líbia. Nao interessa aos EUA que isso venha à tona, e eles podem ter tido medo de que Bin Laden fizesse qualquer pronunciamento a respeito. É uma hipótese apenas, claro, mas acho que faz mais sentido.

Ana Lú

 

Só um detalhe, quem disse que eles combatiam Bin Laden, combatiam sua imagem.

Pois é, mas isso nao os ocupa... Acho que a Dê é quem tem mais razao: é só uma questao eleitoral. Trocaram um fantasma que tinha sua utilidade por uma utilidade maior, imediata.

Sr. Maestri....o homem deixou de ser interessante??  Duvido.... O que mudou??  Bem, acredito que há a reeleição, um forte fator para ser levado em consideração....Obama arrancará votos e, muitos votos da direita , com este fato "notório", não tenho dúvida.  Outro fator importante...Osama já não era assim nenhuma Brastemp ... foi bom enquanto durou....os EUA justificaram duas guerras com ele, gastaram milhões, muita gente lucrou.... sua morte, agora, bem que podia vir a calhar, sabe como é, governo em baixa...eleições se aproximando....... Claro que daqui alguns anos, se tudo der certo, a WikiLeaks nos revelará o que de fato aconteceu. Além do que,  Osama Bin Laden poderia até deter algumas informações constrangedoras...melhor não arriscar.

Um homem, vivendo em uma cidade, em um condomínio e ainda valendo 25 milhões de dólares( o quanto valeria uma dica, uma informação sobre o paradeiro de Osama)  não encontrar ninguém para o denunciar...a CIA, todo o aparato americano e ninguém saber do homem até agora mesmo??Osama era um homem doente, saúde muito comprometida, não suportaria viver perambulando por aí.....precisava de tratamento continuo. Lembro-me de ter lido já algum tempo que seus rins não funcionavam, era diabético e vários outros problemas...não seria assim uma presa das mais difíceis  de encontrar.... Sei não......depois de tantos anos, num golpe de sorte, acharam, mataram e ainda jogaram no mar.....e olha que o mar nem fica tão próximo assim de onde Osama foi morte....que há caroço neste angú, não tenho dúvidas..... 

 

Não é o que mudou em Bin Laden, é o que mudou na situação internacional. Como os USA ia tirar os 30.000 soldados do Afeganistão com Bin Laden vivo. Se ele já estava morto é um detalhe, o que ocorreu agora que na visão do povo norte-americano ele está morto agora.

 

Se els retirarem os 30.000 soldados do Afeganistão e mais um pouco do Iraque, sobra soldados e dinheiro para locais mais interessantes, como a Libia, não sendo necessário terceirizar para a OTAN, perdendo o controle sobre o petróleo libio.

 

Não esqueçam que Yemen não tem petróleo, mas faz fronteira com a Arábia Saudita, logo tem que ser estabilizado logo.

Isso faz sentido...

Vejam esta matéria do blog do Mello:

 

Bin Laden teria morrido em meados daquele dezembro, em Tora Bora, no Afeganistão. A notícia não é de nenhum "paranoico" adepto de "teorias da conspiração", mas da Fox News, o canal preferido dos falcões americanos. Confira. Clique na imagem e verifique a data em vermelho.

A página ainda está no ar. Pelo menos até agora. Você pode conferir clicando aqui.

Boa tarde Anaquista!

Não cola. Bin Laden teria morrido e o Bush não iria usar isso politicamente? E, acima de tudo, ele, Bush, execrado pela opinião pública, iria ir embora - como quase saiu - pelas portas do fundo da Casa Branca com um trunfo [morte de Bin Laden] desses nas mãos? Será que o Bush iria deixar que os seus adversários do partido Democrata levassem os louros da vitória?

Será que a história da eleição americana não poderia ser outra e o partido republicano ter sido eleito?

 

Um abraço

Orlando, queria ver manterem calados centenas de funcionários, copeiros, garçons, camareiras, gente que trabalha na Casa Branca, que ouve pelos ouvidos e fala pelos cotovelos e que não dariam com a língua nos dentes. Manter toda uma nação enganada e ninguém, nem um único carteiro, largar a bomba de que já haviam matado o Bin laden. E continuar com este segredo importante durante anos e anos.

O povo bom esse americano, hein?, que consegue manter-se unido numa mentira coletiva. Segredo de Estado? E depois sou eu que acredito em tudo.

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço