Vamos abrir aqui no Portal Luís Nassif uma agenda de discussões sobre as propostas relevantes para a campanha presidencial de 2010.

As sugestões deverão contemplar:

1. Temas não tratados pelo governo atual e anteriores.
2. Upgrades em políticas já em execução.
3. Compilação de temas já discutidos nos Fóruns do Portal.
4. Indicação de autores que estejam tratando de cada tema.

Peço que coloquem as observações nos comentários deste tópico, evitando abrir outros, por enquanto.

Exibições: 318

Responder esta

Respostas a este tópico

Prezado Nassif,

Parabéns pela iniciativa e coragem.

Acredito que a melhor proposta para 2010, seja a criação do Partido Opinião Pública - POP. Explico:

Nós sabemos que a decisão do parlamentar é comandada, sejam nas câmaras municipais,assembléias e congresso , pelos "caciques", pelos dirigentes dos partidos. Então pouco importa quem seja eleito, um cantor de forró ( nada contra o estilo), um P.H.D. em Ciências Socias ou o mais bem intencionado cidadão.

E não adianta
Vir me detetizar
Pois nem o DDT
Pode assim me exterminar
Porque você mata uma
E vem outra em meu lugar...

Eu sou a mosca
Que pousou em sua sopa ( Raul Seixas )

Isso todos sabem ou deveriam saber.

Sobre a criação do Partido Opinião Pública - POP

A democracia representativa não serve para expressar a vontade da sociedade civil. A opinião pública está a deriva e alguns setores (MCCE, Voto Consciente, Transparência Brasil e outros ) tentam mobilizar e conscientizar, mas o processo é extremamente lento.

Devemos demonstrar que a UNIÂO das PESSOAS COMUNS com um ideal democrático é muito mais FORTE e EFICAZ ,do que as inúmeras reclamações, dos inúmeros modelos de prevenção,fiscalização e combate à CORRUPÇÂO.

Por que Democracia Direta ?

Por que irá acabar com a alienação política do povo e economizará BILHÔES de reais gastos na estrutura da indústria da representação política em nosso país. Além de garantir os princípios fundamentais das conquistas sociais na estrutura do ESTADO e estar no contexto da realidade social.

Por que está na CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL,Art. 1º , Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou DIRETAMENTE. Logo não é UTOPIA. A Democracia Direta É VIÁVEL, POSSÍVEL, NECESSÁRIA e PEDOGÓGICA.

O Estatuto do Partido OPINIÃO PÚBLICA é a apresentação das idéias, princípios, funcionamento e principalmente, do posicionamento das pessoas eleitas para redigir a extinção de “TODOS” os representantes eleitos. E a elaboração das leis que irão estruturar a Sociedade para convivência harmônica na (Re) evolução natural do modo de criar e votar os projetos de leis apresentados pelos cidadãos comuns.

O Partido Opinião Pública visa a administração pública do Poder Legislativo, com transparência, de baixo custo, justa, com controle externo da sociedade, sem corporativismo e sem ideologia partidária.

Artigo 2º
Parágrafo 6º - Os representantes legislatvivos eleitos pelo POP terão seu mandato até o final do período que foram eleitos, conforme a alteração da Constituição Federal para extinção de TODOS os parlamentares. E deverão votar conforme a decisão dos filiados do POP, conforme o âmbito legislativo: municipal, estadual e nacional.

http://democraciadiretaja.ning.com/forum/topics/estatuto-partido-op...

Desde já agradeço a atenção.

Convido vc e todos que queiram MUDAR o ambiente político no país a unir às forças, participe.

Anilton Oliveira
São Paulo - SP
www.democraciadiretaja.net
Sugiro a discussão da implementação do dinheiro brasileiro, sem peias com os açambarcadores e agiotas internacionais .

Vou no dossiê que estou copilando sobre o tema proibido no Blog, a discussão da dívida nacional e sua auditagem.

Estes dois temas, se colocados de forma inteligível para o povo, já são suficientes para mover corações e mentes nas próximas eleições, penso que todo o resto é subsidiário a isto.

Estes temas são tabus no pais, justamente por isto são relevantes para a próxima campanha presidencial, nas última eleições americanas o Dep. Ron Paul os encampou nas suas propostas como pré candidato no partido dos republicanos e foi a sensação das eleições.
Nao foi nao. Esse Ron Paul e um politico conservador, arcaico e que lancou essa balela para ter os seus 15 minutos de fama na (pobre) politica Americana. Tenha a Santa Pasciencia, com "Ron Paul voce assinou sua sentenca de morte politica. Adeus!
Espero que você como matador seja tão eficiente como é analista político. KKKKKKK

O Dep . Ron Paul foi a sensação da internet nas últimas eleições americanas, não foi o Barak Obama não, ele arrecadou em contribuições modestas as maiores quantidades em todos os tempos e suas palestras em Universidades eram tão cheias de jovens que muitos confundiam com shows.

Suas propostas são, de longe, as mais sensatas para um governo que vise a saúde financeira da nação e dos cidadãos, na verdade ele é um intelectual de economia da escola austríaca, autor de diversos livros, inclusive um lançado em sua campanha que se tornou best seller. Suas propostas com relação ao FED e ao tesouro americano são de alta qualidade e ele defende veementemente o fim do defict gêmeos da economia americana. Na Net você consegue mais informações sem o viés simplório dado pela cobertura da mídia nacional.
Prezado Luis Nassif, não sei se já foi colocada essa proposta aqui. Pelas observações que tenho tido sobre o sistema de governo no Brasil, será que o sistema parlamentarista não seria o melhor para o nosso país? Junto a essa proposta, que tal uma reforma política para sanar os entraves que acontecem depois de cada crise política?
1. DIREITO PENAL. Caro Nassif, uma questão que deveria ser debatida é o tipo de pena adequado nos dias atuais. Hoje, temos a principal pena (restrição da liberdade) e outras acessórias (restrição de direitos ou as chamadas penas alternativas).
Essa situação foi construída com a perspectiva do crime cometido pelo indivíduo e, portanto, a pena também é primordialmente dirigida a penalizar o indivíduo.
O grande problema é que, no mundo atual, é muito raro o criminoso único, individual. Temos organizações criminosas, que podem perder o membro A, B, C, mas que rapidamente são repostos pela organização. De modo que é um grande equívoco o sistema atual da pena, construído na Idade Média, com posteriores modificações, mas fundamentalmente baseada no crime cometido pelo indivíduo, afinal o criminoso era uma párea da sociedade.
É necessário avançarmos para que o destinatário da pena não seja o indivíduo apenas, mas a organização criminosa. Interessante que existe atualmente o crime de formação de quadrilha, o que indica a percepção do que estou dizendo. Mas, o erro continua em focar a pena sobre o indivíduo.
É preciso mudar a direção da pena: para as organizações criminosas.
Além disso, também o tipo de pena, ou seja, aumentar as penas pecuniárias, com confisco e outras semelhantes, a fim de punir o bolso do criminoso, e não propriamente a liberdade, pois assim a eficiência da pena seria maior.
Bom, é uma idéia. Quem desejar desenvolver ou criticá-las, fique à vontade.
Saudações a todos.

Lúcio Pereira
Nassif, acredito que a mais urgente necessidade do Brasil, hoje, enquanto nação, é todo o conjunto de reformas e inovações, que diminuam a IMPUNIDADE! Porque a impunidade é um deboche à Justiça, nenhum país pode se reconhecer civilizado, se a impunidade impera. Temos aberrações penais, que têm que ser modificadas. No trânsito, o sujeito dirige bêbado, mata quatro pessoas, E SAI LIVRE PAGANDO FIANÇA, e o que é pior, mesmo depois, a chance de pegar uma cadeia coerente com seu crime, é mínima. Homens que espancam suas companheiras, idem! A lei Maria da penha foi um avanço, mas estamos longe de torná-la uma realidade na prática, e mesmo ela, é branda para esse tipo de crime. Crimes em geral. Poder sair da cadeia, por bom comportamento, após um sexto da pena cumprida, é quase um estímulo... Nos crimes de colarinho branco, tirarmos todas as brechas legais que permitem julgamentos tão arrastados, que os crimes prescrevem antes da condenação.

Enfim, todos concordamos que sem Educação, não seremos de fato, desenvolvidos, naquilo que é a maior riqueza de uma nação: a mentalidade vigente em um povo. Quantas coisas ferem a Educação, a cidadania com tanta força, como a impunidade? Enquanto o Poder Judiciário for essa tragédia confusa, burocrática, lenta e incapaz de punir DE FATO quem pratica crimes, não vejo um ambiente propício ao triunfo da Educação no Brasil.

E, sem hipocrisia, atacar também o monstruoso sistema carcerário no Brasil, aquilo é a tortura institucionalizada. Enfim, acho que se formos olhar, as áreas que cercam a Justiça no Brasil, em todo o processo, estão cheias de falhas muito graves, e isso tem que ser solucionado. Penso mesmo, que muitas coisas ruins que nós brasileiros fomos entronizando, tem a ver com a praga da impunidade e todas as falhas da nossa Justiça.
No dia em que a classe média alta botar os filho no ensino público, ele melhora
No dia em que a classe média alta se tratar na saúde pública, ela melhora
No dia em que a classe média alta andar de transporte público, ele melhora
No dia que a classe média alta for para penitenciárias, elas melhoram

Porque não pode um dia isso existir no Brasil?
Já existe, mas apenas nas universidades públicas

Como fazer?
Apenas dotando os serviços públicos de qualidade
Elementar, meu caro Watson

Isso acontece nos países capitalistas mais civilizados, Canadá e Europa

Mas lá a “elite” vai para a penitenciária, algemada e vestida de uniforme de preso
Aí a nossa tese falha, aqui azelites jamais dão com os costados na prisão

Os emergentes (juiz lalau, por exemplo) quando condenados, também não entram na cana dura
Ficam em casa ou prisões especiais
Ter diploma universitário deveria ser agravante, não atenuante

O Brasil nunca será um país civilizado enquanto não for justo

Em 2010 deveria haver uma revisão da Constituição e principalmente de toda a base jurídica do País

Para mim esta é a chave mestra que acabará com a corrupção desenfreada e endêmica

Senão eles roubarão o Pré-sal, a merenda escolar, as Olimpíadas, a Copa, a Amazônia e a nossa esperança

Visto a camisa do time do Eduardo Ramos
Prezados(as)

Todos concordam que o grande problema é a educação. Mas como educar, se quem está no poder, não quer que os cidadãos e cidadãs sejam educados para exigir melhores serviços oferecidos pelo Estado.

Já reclamei muito, fiz passeata e tudo mais... Cheguei a conclusão que a melhor maneira de acabar com a corrupção e fazer as pessoas terem atitudes que beneficiem o coletivo é a criação de um partido político, no modelo da democracia direta, para que a opinião pública possa ter voz e lançar ao debate,vários temas que a Constituição Federal deixa para o futuro sem orientação ou com orientação corporativista.

O poder legislativo, executivo e judiciário tem que estar nas mãos dos cidadãos e cidadãs.

Quer mudar a realidade, faça algo de verdade.

Junte-se á nós.


Anilton Oliveira
São Paulo-SP
http://www.democraciadiretaja.net
Educação e Infra-estrutura para mim são as duas questões prioritárias para o próximos anos. Deveriam ser amplamente discutidas no processo eleitoral. Basta viajar pelo globo (e não necessariamente apenas em países desenvolvidos) para verificar o nosso atraso nessas áreas.
A educação é a base e o esporte pode ser o incentivo pra que as novas gerações possam optar por um lazer e conhecimento diferenciado,dizendo não as drogas e amando a cultura
Luis, acho que a Dilma vai ter que arrumar uma maneira da Reforma Agraria andar (bem) mais rapida. E o sistema de saude publica ter uma prioridade de acordo com o seu tamanho. Educacao e muito importante, e claro. Mas ninguem pode estudar doente e com fome.

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço