Vamos abrir aqui no Portal Luís Nassif uma agenda de discussões sobre as propostas relevantes para a campanha presidencial de 2010.

As sugestões deverão contemplar:

1. Temas não tratados pelo governo atual e anteriores.
2. Upgrades em políticas já em execução.
3. Compilação de temas já discutidos nos Fóruns do Portal.
4. Indicação de autores que estejam tratando de cada tema.

Peço que coloquem as observações nos comentários deste tópico, evitando abrir outros, por enquanto.

Exibições: 326

Responder esta

Respostas a este tópico

Penso que a idéia da compilação de propostas seria interessantíssima, ainda mais pelo deserto de idéias que passa a oposição e a mídia.
Boa noite, algumas sugestões para 2010, a meu ver passam necessariamente pelos seguintes tópicos:

1) Inclusão nas escolas fundamentais da disciplina de Moral e Civica e OSPB, pois assim poderiamos ter jovens mais conscientes do que é política, cresci estudando essas matérias e entendo que foi um dos poucos legados de sucesso do período militar, embora fosse construído de maneira distorcida.

2) Upgrade no Portal da Transparência, uma das grandes conquistas que o povo obteve, pois devemos acompanhar o que acontece com nossos recursos e como vem sendo administrados, não apenas as finanças, mas também o tempo.

3) Reforma política urgente, precisamos eliminar o clientelismo na política, que deve ser feita por brasileiros comprometidos com a nação.
Eu sentiria uma sensação de dever cumprido se o meu voto garantisse uma reforma tributaria em moldes corretos, um fortalecimento da receita federal, o aumento do capital para o financiamento de grandes projetos de infra-estrutura, alem da expansão da capacidade produtiva, a redução dos juros de modo generalizado, a criação de empregos no atual ritmo, com a redução da participação dos empregos sem carteira assinada, e uma modesta modificação da questão da educação e a mão-de-obra qualificada.
Esses são os objetivos que eu considero prioritários. Há varias outras questões DE SUMA IMPORTÂNCIA, mas que perto desses pontos ainda poderia ser considerado secundário, visto que os primeiros potencializam os segundos.
Acho que vários desses pontos secundários serão atacados de modo muito mais assertivo do que os primários, mas de que uma projeção de oito anos de continuidade politica possam tomar tudo. Minha Satisfação máxima seria se ao invés de oito, tomassem-se quatro anos.

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço