"Quem com ferro fere com ferro será ferido diz o ditado antigo"!

O candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, disse nesta quarta-feira (20), ao deixar a clínica no Rio onde foi atendido após ser atingido na cabeça durante uma caminhada em Campo Grande, na Zona Oeste, que o tumulto "pareceu uma coisa pré-organizada".

"Uma ação violenta, me pareceu uma coisa pré-organizada, não foi nada espontânea, nem de longe. É uma coisa que puxa para o ódio, para a intolerância, para a raiva, é uma coisa que não faz bem para o Brasil", disse o candidato. "Não se justifica, não há motivos para violência," completou.

 

Agora quer fazer disso um auê para o PT ser substantivo de violencia e perigo.Acho muito  destemido qquer político caminhar pelas ruas sabendo que existem militantes contrários, bastante temeroso,agora se faz de vítima para tentar melhorar as pesquisas.

Exibições: 373

Responder esta

Respostas a este tópico

Claudia quando é recente a fratura de crânio pode não aparecer na tomografia. E, aquela bolinha de papel pode ter causado uma fratura imensa. O médico deveria ter dado um repouso de 20 dias. Se ele tivesse ido no SUS o médico ao olhar logo veria que não tinha nada. Mas em clinica particular, mais uma tomografia, lá se vai mais um pouquinho do dinheirnho dos paulistanos.
Próxima capa de Veja:

E gentes...
Notem que a bolinha de papel além de ser atômica, para justificar uma tomografia, também vinha com um sofisticado dispositivo de efeito retardado, pois pelo filme que vi no YOUTUBE, na hora que a bolinha se chocou no seu "dromo pelado", ele continuou caminhando sem ligar ou passar a mão na cabeça. Só após ele atender seu celular mais tarde, é que lhe veio a lembrança e as dores de cabeça.
O homem é um péssimo ator, mas a Gloebells é ótima em transformar atores ruins em bons. Eles são fantásticos, são o show da vida e da impostura!

RSS

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço