Pessoal,
mudei do Blog para o Forum, que dá mais flexibilidade.
Pessoal
marcamos nosso Sarau dos 20.000 como despedida do ano.
Será no dia 17 de dezembro, no bar Reserva, rua dos Pinheiros 754, Pinheiros, São Paulo
O evento começará às 13 horas e se estenderá por todo o dia.
Reservei o espaço aqui para troca de informações sobre o evento, levantamento dos nossos artistas que irão se apresentar e informações gerais sobre como chegar lá ou se hospedar em São Paulo.
 
Exibir mapa ampliado
 http://maps.google.com.br/maps?f=q&source=embed&hl=pt-BR&am...ão+paulo+-+sp&aq=&sll=-14.239424,-53.186502&sspn=54.29455,93.076172&vpsrc=0&ie=UTF8&hq=&hnear=R.+dos+Pinheiros,+754+-+Pinheiros,+São+Paulo,+05422-001&t=m&z=14&ll=-23.566618,-46.685285#bmb=1

Exibições: 4869

Responder esta

Respostas a este tópico

Não quero nem saber.

Tô indo.

Tô com saudades de todos, Nilva, Antônio, Sergião (que disse que não vai), a Bete Mineira, o Yoshio, Carlos, e é claro, o mestre do Blog, Sr. Nassif, enfim, todos os que conheci no sarau dos 10.000.

Dessa vez acho que vou levar as meninas. Tomara que o Nassif leve as dele (têm a mesma idade).

De Ponta Grossa a Sampa dá umas 6 ou 7 horas. Saio cedo e almoço coçêis.

Até lá.

 

RUNDFUNK HÖRER,

 

Você é de Ponta Grossa,

a Princesa dos Campos?

Terra de polacos, ucranianos,

alguns gaúchos, poucos árabes.

Terra do "queijo de porco"

(um tipo de mortadela feita

com a bexiga de porco,

recheada com miúdos:

rins, fígado, coração),

do "Schnecke" (rosca),

do pão bundinha (redondo

com corte no meio),

da "birulina" (clipe),

do comprimido líquido

(xarope). do "me alcance"

(pegue pra mim), do

PIÁ (criança), da GAITA

(sanfona), da ripa e graxa

na costela (osso e gordura),

do "um foi com o outro e

o outro foi com o um"

(os dois foram juntos)

(He-he, bela Ponta Grossa,

de um povo muito amigo.)

Bom, este foi o vocabulário

que lá conheci nos anos 70.

 

Abraço,

 

Marco Antônio

Bem isso, piá.

Esqueceu dos "curus" (avarentos) e dos "guardamentos" (velórios). Hehehe.

Ah, também é a terra do "leiteh quenteh queh dói os denteh, principalmenteh os da frenteh!".

 

RUNDFUNK,

 

Falando em LEITE,

precisamos contar pra

este Brasil afora que

o Todynho, o Nescauzinho,

e outros de papelão, são

todos cópias da garrafinha

de 200 ml do CHOCOMILK

da Batavo, da vizinha Castro

de Ponta Grossa. Tem mais:

nenhum deles se compara

ao da Batavo.

 

Veja esta:

quando me perguntavam

se eu ia a um certo lugar,

eu respondia: Não, eu não

vou, não. Aí me diziam que

mineiro é o brasileiro

de três NÃO. E, então,

afirmavam que eu IA,

porque os dois primeiros

NÃO anulavam o último.

Gente boa seus conterrâneos.

Percebi nos quatro anos

em que aí morei que são

loucos por mineiro, dispensando

a maior amizade, tendo a gente

como se fosse da família.

Povo alegre, louco por festa.

Nosso final de semana começava

com churrasco na sexta, continuava

no sábado e só terminava no domingo.

Minha filha caçula nasceu aí,

e daí também são seus padrinhos.

 

Abraço,

 

Marco Antônio

 

 

Marco, apesar de eu gostar de coisas como morcela, caracol e patê de fígado, acho que vou deixar esse prato "queijo de porco" para uma próxima passagem.

 

GÜNTER,

 

Amigo, aconselho-o a nem

experimentar. Quando o fiz

passei mal uns três dias.

O tal "queijo de porco" é

feito por ucranianos ou

russos (entre Ponta Grossa

e Castro há uma colônia

de russos). Apesar de ter

conhecido outros pratos

russos deliciosos, como

o Macarrão à Russa (macarrão,

carne moída, creme de leite

e salsinha, misturados),

o tal "Queijo de Porco"

é de levar a gente pro

pronto socorro.

 

 

Bom, dada a origem do prato, de repente é melhor (ou menos pior) se acompanhado de muita vodca...

Então vou levar uma cracóvia daqui pra você experimentar, Lieber Freund.

 

RUNDFUNK,

Lieber Freund,

 

 

Se essa sua CRACÓVIA for mulher,

eu já experimentei (he-he!). Falando

em Cracóvia uma das dezenas

devariações de "mulher de vida fácil",

é polaca.

Mas, voltando ao assunto

da CRACRÓVIA que você

quer que eu experimente,

diga-me como ela é.

 

Eu vou !

 

Nassif, pessoal todo, chegarei lá pelas 18h.

Abraços, Gustavo.

Psé, eu vou estar com obra nesse dia, e a 40 km. Também só vou poder chegar perto dessa hora.

RSS

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço