Veja e Nassif: sem vitimização, com união e maturidade.

Desde que o Nassif "perdeu" a sentença contra a revista Veja nessa semana, penso nas possibilidades possíveis de ação. A principal delas é a de que a solidariedade não se transforme em um mero auxílio, mas sim em uma nova forma de ação em relação à blogosfera e ao assunto, que é denunciar a revista Veja e suas mentiras.

Sem dúvida que o Estado vai proteger a Veja, mas não é disso que se trata. Já estamos há um bom tempo, talvez uns três anos participando muito aqui na blogosfera. Colocamos nossas críticas, nos livramos de vez da banalidade da grande imprensa, mas precisamos avançar. O caso Nasif é a concretude da luta contra a barbaridade do jornalismo de esgoto veiculado pela Veja e outros órgãos como a Folha e Globo, e aí temos que tomar uma atitude qualitativa. Penso em que ações, de fato, poderiam ser tomadas.

Uma delas é sobre a possibilidade de difundir um movimento cívico que denuncie a Veja, através de uma declaração conjunta daqueles que participam desse portal e daí difundir rede adentro. Acho que se conseguirmos traçar uma estratégia, via net, avançaremos muito em relação à versatilidade do instrumento que possuímos, pois é disso que se trata aqui. Não sei se via chat ou algo mais que possa ser feito, pois não domino inteiramente os processos eletrônicos. Mas necessitamos fazer uma assembléia urgente. É possível fazer isso online?

Exibições: 63

Responder esta

Respostas a este tópico

Acho a idéia boa, mas nao sei se possível. Agora, poderíamos ver se jornalistas do grupo conseguiriam denunciar isso no exterior. Se for publicado no exterior, repercute aqui. Alguém poderia tb tentar ver se a Carta Capital faz uma matéria a respeito...
Creio que seja consenso que algo deva ser feito. Diariamente aconteçem "ataques" ao direito da livre manifestação de pensamento. Direito consagrado na CF, e que dependendo do poder da parte, o silêncio imposto, deverá ser regra e não exceção. Cada opinião que é "calada na marra", é uma agressão que toda sociedade sofre. A rede está se contrapondo aos "donos da verdade", e esse poder manipulador precisa de um adversario com o mesmo poder, o poder coletivo.
A união do blogs independentes, para a defesa do direito da livre manifestação, talvez seja o principio.
Caro Waldir
A questão ainda não amadureceu por completo, mas isso depende da adesão de todos nós a um propósito. Lutar para que a grande imprensa se modifique é jogar por água abaixo a história, o que estamos vivenciando com novas oportunidades, via net, de nos expressar, o que é impossível na imprensa tradicional. A questão principal é ocupar o espaço e fazer com que isso seja o nosso cotidiano, para muito além dos colunistas viciados que já se sabe de antemão o que vão escrever. Acho que encontros presenciais daqueles que se propõe a fazer algo mais e avançar na crítica social é de fundamental importância. Penso que um encontro nesse final de ano seria muito bom. O Nassif poderia entrar nessa discussão, que obviamente não vai ser reportada pela grande imprensa. Grande abraço.
Concordo. O primeiro passo está sendo dado, o reconheçimento da necessidade de fazer algo a respeito. Agora é discutir o que pode ser feito.

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço