Acho que deveríamos iniciar com um balizamento prévio: o que entendemos por Hegemonia.
As visões de mundo que esta palavra pode abarcar são muito amplas.
O que desejamos construir no pedaço do planeta que nos tocou viver?
A palavra hegemonia, como é sentida por muitos, leva mais para o lado do fascismo, dos impérios.
Acredito que uma definição dos objetivos finais e estratégicos de qualquer projeto ou ação seja imprescindível, sob pena de, como disse Heisenberg no final da vida, servirmos ao diabo enquanto rezamos missa.
SDS

Errico
 

Exibições: 20

Respostas a este tópico

Errico,
Você está coberto de razão. Muitas vezes, em nome de um desejo incontrolável de realizações, o sujeito não se presta a atentar para o discurso. Neste tópico, a palavra é imprescindível. O universo semântico de todas a elas está a serviço das ideias, dos desejos, das considerações. O que você diz sobre o cuidado com o conceito de hegemonia procede, claro, porque você tem o bom senso de prestar atenção às palavras. Isso é o que todos nós devemos fazer, sempre. Concordo em gênero, número e grau!
José Luiz

Caro Errico

Obrigada por apontar a tal "chatisse" (com dois s) que foi uma correcao feita pelo proprio computador e eu, na pressa em responder nao notei. Pois e, as vezes o computador e uma "chatisse" especialmente quando esta em uma lingua diferente daquela em que estamos escrevendo.

Uma pergunta: seu nome e Errico ou Enrico? Mera curiosidade porque meu nome originalmente e Enrichetta.

RSS

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço