Portal Luis Nassif

Informação

Os jovens do Blog

Membros: 72
Última atividade: 28 Fev, 2013

Fórum de discussão

Livros que leram 17 respostas 

Iniciado por Beatriz Nassif. Última resposta de Bruno Gomes Medeiros 20 Nov, 2011.

A vida como ele tem d ser

Iniciado por silvio.s.silva 1 Jan, 2010.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Os jovens do Blog para adicionar comentários!

Comentário de Alice Martins Morais em 28 fevereiro 2013 às 23:51

"Bem, pesquisas afirmam que mulheres - porque, sim, são as mulheres as maiores vítimas dessa padronização - que têm acesso a redes sociais tendem a ter um maior desgosto a respeito dos seus próprios corpos. Não discordo delas, óbvio, mas não são apenas nas redes sociais ou em revistas voltadas para beleza onde podemos ver isso. Basta ligar a televisão em qualquer canal e qualquer tipo de programa ou folhear qualquer revista que será possível ver que a maioria esmagadora das pessoas que são mostradas têm a silhueta impecável."

Leia o texto da Joanne Ferreira, "O corpo ideal": http://opsquebrou.blogspot.com.br/2013/02/o-corpo-ideal.html

Comentário de Alice Martins Morais em 28 fevereiro 2013 às 23:49

"Você que é estudante, trabalhador ou ambos já deve ter passado por várias situações em que procrastinar, talvez, seja quase inevitável... Você está lá na aula e o professor lhe manda um trabalho com um prazo de dois meses, o que você faz? 'Eu o faço no mesmo dia, porque quero deixar esses meses sem me preocupar com nada'. Tá bom, vou fingir que acredito... Claro, existem pessoas conscientes e dedicadas. Porém, no meu caso, não funciona desse jeito, eu sigo esta famosa frase: deixa pra amanhã."

Leia o texto do Jean Sato, "Deixa para amanhã": http://opsquebrou.blogspot.com.br/2013/02/deixa-para-amanha.html

Comentário de Divyan Diya em 25 julho 2011 às 11:26

Segunda-feira, começo de semaninha, 8 e poucos da manhã e vim encrementar o grupo o elevando a um número estimulante. É assim que me sinto viva, buscando as delícias das coisas, com os olhos muito abertos e a perspicácia de uma menina.

Daqui, da metade da minha vida, o tempo pra mim não passa e eu me encontro mais quando dou uns passinhos atrás, numa risada frenética ou numa lágrima perdida, coisas banais pra uma adolescente.

Uau!

Comentário de valeria de souza freitas em 5 novembro 2010 às 22:34
oiiiii espero compartilhar muito com vcs,estou super empolgada........
Comentário de Dagoberto Silva em 31 maio 2010 às 17:49
como é que tá a vida galera??
Comentário de Olavo Marques em 11 maio 2010 às 1:19
jovem é até qual idade hoje em dia? (hehehe no meu tempo era até uns 30)
Comentário de Flavio Deckes em 25 fevereiro 2010 às 23:38
A Persistência da Memória


Hoje é segunda-feira 31 de março de 2014, temos um dia lindo de sol e calor de fim de verão.

Em 31 de março de 1964, uma terça-feira de 50 anos atrás, o Brasil teve suspensa a liberdade e começou o período mais trágico e sanguinário de toda a sua história, tirando a escravidão dos africanos.

Por 21 anos seguidos, cidadãos foram presos, espancados, torturados e assassinados. Mulher grávida, criança, idoso, não se poupava ninguém na busca dos "criminosos de idéias" - todos os democratas que eram contra o regime militar.

Nesse meio século que passou, nunca se viu tanta análise, tanta investigação científica nas universidades para explicar os fatos políticos, sociais e econômicos de um período, mas toda a produção acadêmica mofa nas prateleiras das bibliotecas e o povo desconhece o que aconteceu naquele tempo.

Só uma pequena elite intelectual troca figurinha entre si e escreve mais uma tese para promoção na carreira. A interpretação da nossa história contemporânea é quase obra de ficção, só entendida pelos entendidos.

É um pacto pelo silêncio do equívoco que se alonga por várias décadas. Vamos a um exemplo. Diz-se que os criminosos da ditadura também foram anistiados.

Essa conversa do governo e dos políticos de que os torturadores foram anistiados é enganosa porque cada um dos anistiados teve o nome publicado no Diário Oficial. Uns foram anistiados quatro, cinco vezes porque tinham quatro ou cinco processos. O perseguido político que não tinha processo não foi anistiado.

E também torturador nenhum foi anistiado. Não saiu o nome dos torturadores em nenhum Diário Oficial afirmando que eles foram anistiados..

Nas ruas está a triste realidade. É preciso explicar às pessoas o que aconteceu décadas atrás, mas esse passado distante não desperta mais interesse.

Que fazer? Nada. Deixar as teses científicas e as memórias publicadas e por publicar mofarem nas prateleiras das bibliotecas. E torcer para que as cabeças totalitárias não saiam da penumbra até que tudo seja explicado.
Comentário de Flavio Deckes em 25 fevereiro 2010 às 14:56
Jovens...Avante
Comentário de geraldo alves em 15 setembro 2009 às 10:46
Infelizmente hoje em nosso país o surgimento de jovens líderes está ameaçado de extinção. A falta de políticas públicas e um dos fatores, ainda tem a questão que nossa sociedade marginalisa a figura do jovem e o seu papel. Assim como a mulher em nosso país e pouco representada no parlamento o jovem e menos ainda. Certamente essa ausência de representatividade influência e muito nos rumos do Brasil em relação a políticas juvenis.
Comentário de Jair Inácio Benke em 2 setembro 2009 às 12:27
Jovens de hoje...os diferenciais transformadores do agora!!! Queremos nova cara para o país? Já começou...talento, capacidade e inovação...é tudo que precisamos...Agora vai Brasil!!!
 

Membros (68)

 
 
 

Publicidade

© 2018   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço