Portal Luis Nassif

Boa noite caros colegas,

 

Sou nova no grupo, entrei nesta comunidade pelo fato de ser um ambiente para discutir assuntos importantes, curiosos e pertinentes com pessoas formadoras de opinião e dispostas a compartilhar conhecimento. E também, pois percebi aqui uma ótima oportunidade de agregar um conteúdo diferenciado à minha monografia (estou me graduando em publicidade e propaganda neste semestre), ao iniciar uma discussão sobre meu objeto de pesquisa.

 

Gostaria de abrir este novo tópico para discutirmos sobre um assunto não tão recente, mas que agora, mais do que antes, tem recebido maior importância, notabilidade e especulações.

Minha pesquisa gira em torno do material impresso, o papel, e as mudanças que ocorreram no seu aspecto, diferenciais e usos dentro do cotidiano social, seja ele informativo ou publicitário.

Com a revolução digital a era da informação se encontra voltada e caminhando cada vez mais para a internet. Tudo hoje está conectado.

Os pontos que eu gostaria de enfatizar nesta discussão são:

 

O que mudou na sua vida após a internet?

Até quando usaremos o papel? Você acredita que ele vá mesmo acabar?

E os livros? E os meios de comunicação impressos, vão se extinguir?

Qual o valor que um material impresso tem para você?

E, agora, o principal diferencial do meu estudo, EM QUAIS CIRCUNSTÂNCIAS VOCÊ CONSIDERA O MATERIAL IMPRESSO INSUBSTITUÍVEL?

 

Por se tratar de um assunto recente, além de uma bibliografia que sustente aspectos conceituais, os principais dados obtidos terão embasamento na opinião pessoal das pessoas, dos usuários destas duas ferramentas.

Esta pesquisa será realizada através de um Focus Group, onde irei reunir para debater estas questões em grupo separados, adultos e adolescentes. Quero traçar um parâmetro entre a geração analógica e a geração digital.

Porém, percebendo a oportunidade de expandir esta pauta através do Portal LN, resolvi criar este tópico.

 

Espero que vocês se interessem em dar suas opiniões pessoais, profissionais e observacionais, tudo o que puder ser agregado será muito valioso para mim.

 

Agradeço desde já a atenção de cada um.

Se por acaso se interessarem saber um pouco mais sobre o projeto estou muito disposta a ampliar a discussão.

 

Muito Obrigada!

 

 

Att,

Lisiê Nolasco

 

 

 

 

Exibições: 106

Respostas a este tópico

Prezada Lisiê.

Em março, fiz uma matéria para a Press Advertising, uma revista aqui de Porto Alegre, justamente sobre livros e e-books. Feito o texto, conclui que o livro sobreviveria, mas o impresso perderia espaço. Porém, algumas questões não me dão tanta certeza. Uma razão é que para o comprador o preço final é quase o mesmo. Quando falta luz, e bateria, nada me impede de ler um impresso durante o dia. Mas tem mais um detalhe: não compro todos os livros que leio. Muitos são de amigos e a gente fica emprestando. Pelo que entendi, no e-book não existe esta possibilidade. Tu baixa a história no teu leitor e fim de papo, não pode repassar a outra máquina.

Fico aqui

Marco Antonio Schuster

Com todo o respeito aos blogueiros de plantão, minha vida não mudou por causa da internet! acho sem dúvida uma ferramenta impressionante de comunicação mas não troco o livro por nada. Primeiro a maravilhosa sensação de sentir o livro e a sensação quase que egoista de ter só a sua opinião por determinado assunto.A internet e extremamente coletiva e sou o tipo de pessoa que gosto da minha individualidade e ler ,m livro e quase uma relação íntima que vc tem com a história e os personagens.
O material impresso jamais vai acabar, pensar nessa possibilidade e acreditar que os amantes nosáalgicos dos livros desapareceram da terra.Impossível!!Nos resistiremos a mídia virtual. rs Convivo perfeitamente com as duas coisas mas não baixo um livro para ler, a sensação e o cheirinho do livro velho ou novo é único.
O que vale e a qualidade do conteúdo do material a ser divulgado e apreciado graças a Deus somos um povo de gosto diversificado bom pra quem produz e por pra quem consome.

RSS

Publicidade

Blogs Brasilianas

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço