Ultimamente, os artistas brasileiros vão cada vez mais longe, pela enorme estrada que a música brasileira oferece. A gente sempre esbarra com músicos brasileiros em várias esquinas do mundo, não só nas metrópoles, já conheci casa de música brasileira na modesta Braga, no norte de Portugal.

Agora no You Tube, vemos vídeos de músicos brasileiros mundão afora. Está ficando parecido com o futebol, de repente tomamos conhecimento de craque brasileiro que nunca jogou, além das divisões de base, nos grandes campeonatos do pais. É o caso retratado no You Tube pela menina e seu grupo abaixo: Brunna Carioca & Blue Bossa, fazendo apresentações em Groznjan, na Croácia.

Quem souber de mais artistas brasileiros desgarrados pelo mundo deixe seu vídeo e sua mensagem.

Brunna Carioca & Blue Bossa


Estrada Branca


Ela é Carioca


Conversa de Botequim

Exibições: 160

Respostas a este tópico

nossa, ene, é verdade!
o Brasil tem talento demais que parece não caber na terrinha... mas não é só isto, eu sei!
a gente pode culpar também as tvs e o império da mediocridade.
podemos culpar a falta de incentivo do governo a projetos de popularização da música
podemos culpar as gravadoras...

mas acredito que tem outros fatores... a emigração... a aventura...

de qualquer modo, vale sua tese: temos talento prá dar e vender, na música, no futebol, nas artes plásticas...

e a bruna é outro belo registro seu aqui prá nós, além do samba recipe. adorei eles cantando falando de amor. esta música é linda demais.

preciso pensar mais cadinho na sua tese...
Bom, eu tiro por mim, que estou vivendo no exterior, em Portugal, há treze anos, buscando diversificar o meu trabalho através de apresentações, aulas, etc. E, assim como eu, conheço outros talentos brasileiros espalhados pelo mundo afora, como meu amigo Paulinho Batera, que está na França, e por aí vai...Mas, de antemão, saibam que essa "sobrevivência" no exterior não é nada fácil. Talvez um dos motivos da nossa saída seja a falta de um mercado propício prá um tipo de música que fazemos, menos comercial e que busca mais a qualidade, tanto musical quanto das letras, por exemplo. O mercado fonográfico, infelizmente, vem passando há décadas por uma crise geral, que tem muito mais a ver com o estabelecimento de "padrões questionáveis", passageiros, atendendo "modismos" cada vez mais superficiais e instantâneos, com um alto grau de "descartabilidade", des(a)creditando os verdadeiros talentos. A desculpa de que há problemas "econômicos" chega a ser ridícula e absurda, face a questões estruturais mais sérias...

Vou reviver este tópico, porque questionaram a densidade da música brasileira atual. Basta destampar os ouvidos e procurar os canais onde a cultura brasileira se desenvolve. Eu ando por todo lugar, ando na noite, já ouvi música, no Brasil, em cidades de vinte mil habitantes, com público ligado em músicos de boa qualidade. Fora daqui, vi balconistas em lojas de som curtindo Marcelo D2, em músicas que eu ainda não tinha ouvido e eles me mostraram qual era o CD.
Aqui uma cantora praticamente desconhecida no Brasil e instrumentistas reconhecidos só por profissionais, todos atuando fora do Brasil, onde se valoriza mais os instrumentistas.




Piano: Chico Chagas
Double bass: Gili Lopes
Drums: Marius Rodrigues

 

Band: Jandira Silva Quintet
Song: Sambou, sambou (João Donato)
Jandira Silva - Vocals
John Crawford - Piano and Keyboard
Gili Lopes - Double Bass
Guillermo Hill - Electric Guitar
Marius Rodrigues - Drum




Jandira Silva - Singer
Netto Pio - Voice and Guitar
Filipe Karam - Cavaquinho
Giuliano Pereira - Sax (Soprano and Auto) and Flute

RSS

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço