Portal Luis Nassif

Informação

Musica

Para artigos relacionados com Música

Membros: 288
Última atividade: 11 Ago, 2016

Fórum de discussão

Os melhores discos da MPB 32 respostas 

Iniciado por Luis Nassif. Última resposta de Valéria Lobão 5 Jun, 2014.

Carta para Noel Rosa

Iniciado por Valéria Lobão 4 Jun, 2014.

Quem é o autor da "balada do campones nordestino" 1 resposta 

Iniciado por luiz roberto de queiroz. Última resposta de luiz roberto de queiroz 15 Abr, 2011.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Musica para adicionar comentários!

Comentário de charles marques em 17 agosto 2011 às 22:36

"Se a música fosse apenas uma combinação de sons,

 não se ocuparia um espaço tão grande na vida dos homens.

 Porque a música é uma janela do espírito,uma força capaz de

 envolver e transformar quem a ouve, ela acompanha o ser

humano na sua caminhada pelo mundo."

Luiz Carlos Lisboa.

Nova Era

Uma pérola do mestre Tom Jobim,para ajudar na caminhada.

01%20-%20Wave.mp3

Comentário de charles marques em 28 julho 2011 às 22:09

Esta seleção é puro encantamento.

Obrigado !

charles.

Comentário de ॐFLORAॐRICA® em 28 julho 2011 às 15:23


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com
Comentário de Alquimides Daera em 4 janeiro 2011 às 10:21
Estaremos realizando o show  com a obra de Geraldo
Vandré e Alquimides Daera com musicas em parceria e ineditas, em
diversas regiões do Brasil visando à disseminação e a valorização da sua
música, portanto, a utilização desta obra toma-se indispensável ao ser
humano quanto aos seus conteúdos e conceitos de uma forma lúdica
permitindo a fantasia, de acordo com o pensamento do compositor, no
entanto devido toda essa importância a necessidade de trabalhar com a
utilização da sua música.Nosso projeto é criar em todas as áreas de
atuações, produções musicais que primem pelo incentivo ao prazer de
pensar e ao de descobrir-se, considerando-os alimentos indispensáveis à
sobrevivência da fantasia, além de atuar como verdadeiro antídoto contra
a chamada "Cultura de Massa" voltado para o aumento da capacidade
crítica da população em geral, sem nenhum preconceito de ordem
religiosa, étnica ou social, e para a elevação do sentimento de
auto-estima do artista, ou seja, de pertencimento à cidade, ao bairro e
ao grupo social.

Repertorio do Show - www.alquimidesdaera.palcomp3.com.br

Comentário de Maria Salete Lemos em 24 outubro 2010 às 2:38
Como faço pra colocar uma múscia aqui?
Comentário de Marçal, T. em 23 outubro 2010 às 12:39
“Bach é o início e o fim de toda a música", diz regente
Georg Christoph Biller, que dirige a Orquestra Gewandhaus, rege no Brasil pela primeira vez e pontua importância do compositor alemão

FSP - 23.10.10

Bach não daria um filme. Não tem a precocidade e a leveza encantadora que salta aos ouvidos em Mozart nem a potência das massas sonoras e a sina do gênio perturbado de Beethoven. Mas esse exímio e pacato organista de província de uma provinciana Alemanha, "foi o início e o fim de toda a música". Assim o define Georg Christoph Biller, regente do coro da igreja de St.
Thomas e da Orquestra Gewandhaus, de Leipzig, que se apresenta em São Paulo.

Com 800 anos de existência, ela foi dirigida por 27 anos pelo próprio Bach (1685-1750), até sua morte.

No programa do concerto, promovido pelo Mozarteum e Instituto Goethe-SP, uma só peça: a "Missa em Si Menor" (BWV 232) -"o testamento musical de Bach, no qual reúne toda a força de sua criação", diz Biller.

FSP - 23.10.10 - (Marcos F. Peres)

Folha - Por que Bach é tão importante ainda hoje? A grandiosidade de sua produção seria possível fora do contexto da religião luterana? Georg Christoph Biller - Ele é importante porque fascina pessoas dos mais diferentes credos e culturas. De fato, o protestantismo, com sua ideia de "música para honrar a Deus", era uma importante fonte de composições para Johann Sebastian Bach. Mas sua genialidade também teria se desenvolvido dentro de quaisquer outros credos.
A que se deveu o ostracismo de sua obra até a "redescoberta", pelo músico Mendelssohn, no século 19?
Bach foi quase esquecido após a sua morte, porque nesse período não se dava tanto valor ao cultivo da música mais antiga, como hoje. Não somente Mendelssohn, mas também outros de sua época foram, no início do século 19, considerados como música de tempos passados.
Como definiria a importância, para a história da música erudita, dos "três grandes" -Bach, Mozart e Beethoven?
Em cada um deles, alguma coisa sobressai. Mozart tem como ponto alto a leveza do clássico vienense; Beethoven é o marco do período romântico; já Bach é o início e o fim de toda a música.
As gravadoras dizem que música erudita não vende bem. Ela é um gênero em declínio?
Estará em perigo se os jovens não forem atraídos, e só se sentirão atraídos se já tiverem conhecimento prévio.
O que fazer, então, para ampliar seu público?
Para atrair o público jovem, deveria haver, por exemplo, concertos "lounge" -parecidos com "jam sessions", mas que, ao mesmo tempo, mantêm a literatura clássica. Concertos "participativos" também podem levar a aumento de público.
Qual sua maior obra? No momento, a "Missa em Si Menor".
Comentário de MdC Suingue em 3 outubro 2010 às 5:48
mestre ambrósio | duo moviola | pereira da viola | mensageiros do samba | paulo cesar feital | batucada de bamba | farofa carioca | wilson das neves & tim maia | sambajah | stereo maracanã | planet hemp | salvador | grupo madalena | marcos valle e trio soneca | b negão | eddie | eduardo araújo | speed freak & black alien | joão bosco | moreira da silva | zé rodrix | gilberto gil | o rappa | bezerra da silva | gonzaguinha

Democracia em festa
Programa musical de utilidade pública, APARTIDÁRIO, recheado de pérolas do cancioneiro nacional abordando o tema "eleições". E a pergunta: quem é essa tal Democracia? Como funciona o sistema político brasileiro? Quais os equívocos mais comuns que se ouve em tempo de eleição? Por que votar é tão importante?

Ouça o que os artistas brasileiros têm a dizer a respeito e chegue às suas próprias conclusões!


ESCUTE ONLINE BAIXE
O MP3 VISITE
O SITE FACEBOOK SHOP
Comentário de Luiz Carlos Almeida de Araujo em 30 setembro 2010 às 8:40
Com todo respeito ao companheiro Yan Kaô, a quem saúdo musical e cordialmente, também concordo com os meus colegas quanto à questão de comentários sobre partidos e candidatos, nesse nosso grupo. Apesar da Música, como um todo, ser um ato político, prefiro ver aqui discussões mais específicas, pertinentes ao tema central. Quanto às opções religiosas da candidata, informo que está previsto, na Constituição, o direito de liberdade religiosa. Se ela é contra alguma manifestação religiosa, não devemos de incorrer no mesmo erro sectário dela! Só gostaria de terminar meu comentário dizendo, enquanto músico/compositor/arranjador, etc.: êta jinglezinho ruim, esse da candidata! É uma anti-publicidade! Não vai ajudar nada na imagem dela, certamente...
Comentário de Yan Kaô em 30 setembro 2010 às 4:21
Se Zambi permitir, Marina Silva estará bem longe do poder. Evangélica como é, certamente irá tomar "providências" contra os cultos afrobrasileiros. E tem gente dentro do santo que a apoia, infelizmente, gente do meio intelectual, da música e das artes, que tem envolvimento com a Umbanda e candomblé. Minha opinião sobre ela e os evangélicos de plantão: http://acervoayom.blogspot.com/2010/07/o-fim-anunciado-da-cultura-b...
Comentário de HAROLDO OLIVEIRA em 30 setembro 2010 às 3:22
 

Membros (288)

 
 
 

Publicidade

Blogs Brasilianas

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço