Informação

Saneamento

Este grupo pretende discutir a política e gestão do Saneamento no Brasil. O tema será abordado no Brasilianas.org. Participe e amplie essa discussão

Membros: 76
Última atividade: 14 Abr, 2012

Saneamento Básico

Vamos discutir aqui os programas para a universalização do Saneamento Básico.

Até 2020 o investimento para a universalização do sistema de água e esgoto no país deverá ser de R$ 178 bilhões, conforme estimativa da ONU em 2000.

Uma das apostas para expandir os serviços é o PAC-Saneamento, cujas metas são:

Fonte: http://www.brasil.gov.br/pac


Para atingir as metas, o valor total previsto para investimento no setor é de R$ 40 bilhões, considerando recursos do Orçamento Geral da União, Recursos de Amparo ao Trabalhador (FGTS/FAT) e Contrapartida de Estados, Municípios e Prestadores.


Apesar dos recursos o setor ainda enfrenta dificuldades na expansão do atendimento e serviços.

Vamos tentar entender os motivos, as leis estaduais, as políticas de financiamento e as dificuldades para elaboração e aprovação de projetos.

No Canal Temático de Saneamento você encontra um conjunto de matérias sobre o tema. Confira aqui.

Programa Exibido em 15/03/2010

Fórum de discussão

Com o lixo, todos ganham e ninguém perde

Olá,Sobre este tema, leiam o artigo de Pedro Campos, Secretário Executivo da AMAT "Com o lixo, todos ganham e ninguém perde" em…Continuar

Iniciado por Jair Pedrosa 6 Jun, 2010.

Incineração: saída para lixo ou risco iminente? 8 respostas 

LILIAN MILENADa Redação - ADV A queima do lixo, reduzindo em cinzas o montante de rejeitos, com produção de energia termelétrica, é proposta atraente às políticas de gestão de resíduos sólidos. As…Continuar

Tags: saneamento, incineração

Iniciado por Saneamento. Última resposta de Rogério Maestri 19 Maio, 2010.

Uso sustentável de recursos hídricos e sanitários nos oásis de geração de energia elétrica

Na minha infância e e adolescência morei em Paulo Afonso-BA, com cinco usinas pertencentes à CHESF, um verdadeiro oásis de prosperidade no meio do sertão foi erguido com a implantação de uma Cidade…Continuar

Iniciado por Eduardo Rocha 18 Mar, 2010.

RESIDUO URBANO (doméstico) 1 resposta 

Estou como outros iniciando a minha participação no conjunto temático da discussão e interessa-me sobremaneira levantar as formas e possibilidades da população enquanto cidadã efetivamente atuar…Continuar

Iniciado por UbiratanBarbosa. Última resposta de UbiratanBarbosa 14 Mar, 2010.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Saneamento para adicionar comentários!

Comentário de alfredo machado em 22 março 2010 às 16:46
Caro Fabio:
Já dei, aqui, a minha opinião sobe a sua dúvida - $$$$$$.
Acho que a relação $$$ não é de 4:1, isto é chute, algo muito comum nest área, tanto que todas as previsões de médio e longo prazo erram, sem exceção; de qualquer maneira se for e 2:1 já será muito bom.
Um abraço
Comentário de FABIO em 22 março 2010 às 16:37
Olá para todos,

O saneamento tem por objetivo alcançar Salubridade Ambiental, por meio de abastecimento de água potável, coleta e disposição sanitária de resíduos sólidos, líquidos e gasosos, promoção da disciplina sanitária de uso do solo, drenagem urbana, controle de doenças transmissíveis e demais serviços e obras especializadas, com a finalidade de proteger e melhorar as condições de vida urbana e rural. Tendo em vista o objetivo e a finalidade do saneamento é mais lucrativo se investir em saneamento do que investir no tratamento de doenças. O saneamento tem seu aspecto preventivo, ou seja, deseja-se evitar as doenças causadas pela falta dessas açoes. Concordo com nosso amigo ALFREDO quando ele fala sobre o gasto com o tratamento de doenças de veiculação hídrica. Como todos os amigos aqui sabem para cada R$ 1,00 (um real) investido no setor de saneamento economiza-se R$ 4,00 (quatro reais) na área de medicina curativa. Desta forma fica muito dificil entender por que até hoje, em pleno século XXI ainda não conseguimos universalizar os serviços de saneamento.
Comentário de alfredo machado em 22 março 2010 às 15:40
Caro Elias Haddad Filho:
O país gasta, há anos, bilhões de dólares no tratamento de doenças por veiculação hídrica. Me parece um ótimo início para as discussões, pois tal dispêndio, além de burro, parece estar sacralizado.
Um abraço
Comentário de Fernando Reis em 22 março 2010 às 15:15
Eu sugiro então a consulta a institutos de Permacultura que têm projetos e experiencias comprovadas de sistemas de biodigestão,tornar isso mais aceito é uma tartefa DE FORMAÇÃO DE OPINIÃO muito importante.
Comentário de alfredo machado em 22 março 2010 às 14:30
Caro Fernando Reis:
Consulte o Google, verifique nos sites da Emater, Embrapa e outros.
É uma tecnologia que peca pela simplicidade, e para a área rural desconheço melhor solução- de posse do projeto esquemático, qualquer profissional pode executá-lo, e dependendo do usário, até ele poderá construir. Os resíduos do sistema, em forma geral, são mínimos.
Um abraço
Comentário de Elias Haddad Filho em 22 março 2010 às 14:23
Hoje, Dia Mundial da Água, saem muitas informações importantes e que fazem todo o sentido para nossas discussões: vejam o link adiante.
http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2010/03/22/onu+agua+poluida+ma...
Abraços a todos
Comentário de Cristiane Larsen Rocha em 22 março 2010 às 12:18
Esses projetos ainda nao foram totalmente pensados, pois sao de alta complexidade, sao interfaces entre varias disciplinas, para conseguirmos estes projetos precisamos compor uma Tessitura de recursos para Avaliacao de Desempenho, e assim adequar e moldar a IDEIA na REALIDADE.
Comentário de Fernando Reis em 22 março 2010 às 12:06
Porque este portal não aproveita a oportunidade para divulgar projetos de biodigestor e fossas biologicas, abrindo esse espaço para informação que não chega à todos. Poderiam ser publicados projetos para divulgação, principalmente para tratamento de esgoto na area rural.
Comentário de alfredo machado em 18 março 2010 às 23:31
Caro Fabio:
Obrigado pelo retorno.
Em 1981/2 construí um biodigestor de boa proporção, para atender aum complexo de suinocultura; foi quando aprendi o pouco que sei.
Até onde sei, não é tecnologia usada em larga escala em nenhum lugar do Brasil.
Quanto aos custos são, baixos, aliás, fica de graça em função da economia que proporciona a partir do início de operação; além disso, dispensam as redes de esgoto.
A tecnologia não é divulgada, em minha opinião, por conta do lobby das empresas de saneamento, que ficam sem aquela receita - eu acho que já tinha escrito isto.
Em propriedades rurais, não é utilizada por conta do desconhecimento sobre o assunto- parece matéria proibida kkkk, pois só sai aqui e ali, duas ou tres vezes por ano - ninguém fixa a idéia desta maneira.
Os governos poderiam financiar a construção - hoje, não tenho idéia de valores, mas em média escala eles tendem a reduzir, como é o caso das propostas de energia solar unifamiliar, atualmente.
A Emater tinha um bom projeto há anos atrás, hoje deve estar ainda mais desenvolvido.
Na China, país de ignorantes kkkk, é usado à vontade há séculos.
Um abraço
Comentário de FABIO em 18 março 2010 às 17:15
Caro Alfredo Machado,

Venho acompanhando a sua defesa em relação aos biodigestores unifamiliares. Realmente também acho uma boa teconlogia tendo em vista a utilização do biogás e os fertilizantes resultantes de tal processo. O que eu gostaria de saber é: em qual região do Brasil esta tecnologia é mais usada e na sua opinião porque não é tão divulgada, os custos de implantação são altos?

Grande abraço.
 

Membros (75)

 
 
 

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço