Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Comentário de Dulce Leão em 28 fevereiro 2010 às 11:51
CARREIRA

Theda Bara atuou em mais de 40 produções cinematográficas entre 1914 e 1926. As cópias completas de somente seis destas películas ainda existem. A maioria de películas de Bara foram produzidas por William Fox, começando com A Fool There Was (1915) e terminando com The Lure of Ambition (1919). O fenomenal sucesso de A Fool There Was deu a William Fox o dinheiro para fundar Fox Film Corporation, que se tornou um estúdio bem sucedido.

No auge de sua fama, Bara ganhou mais de $4.000,00 com suas performances cinematograficas.

Ela foi a mais famosa das estrelas de cinema, perdendo somente para Charlie Chaplin e Mary Pickford . Os mais conhecidos papéis de Bara foram os que ela interpretava um estilo "vamp" , embora muitas vezes ela tentasse também interpretar heroínas, como no filme Under Two Flags and Her Double Life. Ela também interpretou a Julieta , de Shakespeare's Romeo and Juliet.Embora Bara tomasse seu ofício seriamente, era demasiado bem sucedida como uma mulher "arbitrária e exótica" , e assim tinha dificuldades em desenvolver uma carreira mais versátil.

A atriz viveu com sua mãe e irmãos em Nova York por muito.O filme ”Cleopatra“(1917), tornou Bara um grande "hit" . Nenhuma cópia conhecida de Cleopatra existe hoje, mas fotografias numerosas de Bara no traje como a rainha do Nilo sobreviveram.

Entre 1915 e 1919, Bara foi promovida, tornando-se a grande estrela do estúdio. Quando perdeu esse suporte, sua carreira desabou. Theda Bara cansou de fazer somente papéis "vamp", não se importando em renovar seu contrato com a Fox quando expirou ( era de 5 anos ). Seu último filme na Fox foi The Lure of Ambition (1919). Depois disso só foi fazer outro filme em 1925 , The Unchastened Woman da Chadwick Pictures Corporation. Bara Bara aposentou-se após ter feito somente um filme , a comédia Madame Mystery (1926), feita por Hal Roach, onde parodiava sua imagem vamp.

Theda Bara é famosa pela porcentagem mais elevada de seus filmes perdidas do que todos os outros atores/atrizes de Hollywood. Em 1937 um incêndio nos armazéns da Fox , em Nova Jersey , destruíram a maioria dos filmes mudos deste estúdio.

Três de seus filmes ainda permanecem intactos, o restante foi quase totalmente perdido, tais quais Du Barry, Carmen, Salome, e Camille. De Cleopatra ainda restam 40 segundos). Felizmente A Fool There Was foi preservado em uma cópia integral . Madame Mystery ainda existe em uma cópia de 9.5mm.

Bara casou com o diretor britânico Charles Brabin (1883-1957) em 1921. Sua carreira começou então a decair, sendo finalmente encerrada com a comédia Madame Mystery em 1926. No ano seguinte, The following year, Bara fez uma aparição bem sucedida ( porém mal comentada ) na Broadway em The Blue Flame.

Embora sempre tenha expressado o interesse no retorno a atuar em cinema, seu marido não considerou apropriado que sua esposa tivesse uma carreira.

Bara gastou o restante de sua vivendo entre Hollywood e Nova York, no conforto e na riqueza relativa.

A atriz morreu de câncer de estômago em 1955, na cidade de Los Angeles, California. Foi enterrada como Theda Bara Brabin em Forest Lawn Memorial Park Cemetery na cidade de Glendale, California.
Comentário de Dulce Leão em 7 janeiro 2010 às 14:45
Theda Bara, atriz do cinema mudo.

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço