Moção – Durante o encontro com representantes de entidades e movimentos defensores dos direitos humanos e sociais, foi aprovada uma moção de repúdio à prisão da psicanalista Rafah Nached, ocorrida
recentemente na Síria. Ela foi presa em Damasco, por se manifestar contra o
governo do presidente Bashar-Al-Assad, quando estava indo à França para fazer
tratamento de saúde. De acordo com a psicanalista brasileira Gleuza Salomon, Nached reunia
muitas pessoas e através das terapias que promovia, fazia com que muitos se
expressassem. “O problema é que na Síria as pessoas não podem opinar”, disse,
ao pedir apoio da Assembléia à causa. O deputado



Tadeu Veneri (PT) informou que
irá enviar ao Itamaraty uma moção nesse sentido.

Classificação:
  • Atualmente, 0/5 estrelas.

Exibições: 14

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço