Frederico Schmidt Filho
  • Masculino
  • Natal, RN
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos (1)
  • Eventos
  • Grupos (5)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Frederico Schmidt Filho

  • Carlos Nepomuceno
  • Neli Maria Mengalli
  • Haroldo Vilhena

Grupos de Frederico Schmidt Filho

 

Página de Frederico Schmidt Filho

Presentes recebidos

Presente

Frederico Schmidt Filho ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente para Frederico Schmidt Filho

Informações do Perfil

Profissão
Engenheiro

Fuga de cérebros

Fica muito difícil o brasileiro ter um panorama abrangente, real, de tudo o que acontece com ele.

Pelo tipo de cultura que temos. Uma cultura consumista, que leva todos os nossos esforços para ganhar dinheiro. O jovem sabe que terá sucesso se ganhar dinheiro e por isso a nossa educação é voltada para o ensino de disciplinas tecnológicas.

Não discutimos a sociedade, a política, os problemas brasileiros, em sala de aula de uma forma metódica. Quando se discute em sala de aula algo deste tipo é por iniciativa de um ou outro professor. E muitas vezes há reclamações de que o professor fica conversando sobre esses temas.

E no dia a dia, a sociedade também não discute, porque gera atrito. É o famoso chavão: política, religião e futebol, não se discute. Para não gerar atritos.

Mas porquê gera atritos? Porque não fomos preparados para a discussão destes problemas.

Porque não fomos? Porque a Filosofia, a ciência que procura a verdade, a disciplina da discussão, foi preterida em favor das disciplinas tecnológicas. Afinal, precisa-se ganhar dinheiro.

Porque o Alexandre quer ir embora?

Porque após tanto esforço para se preparar para ganhar dinheiro, se vê diante da realidade brasileira.

E que realidade é esta? O mercado de trabalho está saturado.

Quem faz o mercado? O consumo da população.

Que população é esta? Que mercado é este?


Dados de 2007 – IBGE – Banco Central – PNAD 2007 e IE1-51


26.229.000 ganham até R$ 95,00/mês ---------------- R$ 3,17/dia ------- R$ 2.491.755.000,00

40.167.000 ganham até R$ 194,00/mês --------------- R$ 6,50/dia ------- R$ 7.792.398.000,00

30.342.000 ganham até R$ 312,00/mês ----------------R$ 10,40/dia -------- R$ 9.466.704.000,00

33.645.000 ganham até R$ 490,00/mês ----------------R$ 16,34/dia -------- R$ 16.486.050.000,00

-------------------------------------------------------------------------- ------------------------------

130.383.000 ganham praticamente até 1 (um) salário mínimo por mês - R$ 36.686.907.000,00

--------------------------------------------------------------------------


25.704,000 ganham até R$ 873,00/mês ----------------- R$ 29,10/dia --------- R$ 22.439.592.000,00

11.019.000 ganham até R$ 1723,00/mês ----------------- R$ 54,40/dia --------- R$ 18.985.737.000,00

4.542.000 ganham até R$ 4309,00/mês ------------------- R$ 143,70/dia------- R$ 19.571.478.000,00

____________________

41.265.000.000 ------------------------------------------------------ R$ 38.557.215.000,00

Resultado: uma bruta concentração de renda, onde, 41 milhões de pessoas ganham a mesma coisa que 130 milhões de pessoas.

Qual seria a solução para o Brasil resolver o problema do Alexandre?
Resolver o problema de cerca de 100 milhões de pessoas, que se encontram alijadas de educação, saúde, habitação, etc.

Para aumentar o mercado.

Para passarmos de 100 milhões de pessoas para 20 milhões de pessoas no sufoco, precisamos decuplicar o PIB atual, pelos dados que temos dos USA. Este ano vamos aumentar o PIB em 1%? Precisamos de 1000%. Quanto tempo vai levar?

A situação do Brasil é esta.

Assaltos, sequestros, você não sabe porquê?

Não precisamos tantos de mestres, como precisamos de cursinho de 6 meses para pedreiro, carpinteiro, garçom, motorista, etc, para os 100 milhões que mal sabem escrever. Para que possam ser absorvidos no mercado de trabalho, para que possamos ter um padrão de vida melhor, para que eles gerem e recebam riqueza, para aumentar o PIB, para o nosso amigo Alexandre poder continuar no nosso convívio.

São 100 milhões de cérebros que que estão sendo jogados fora.

Caixa de Recados (11 comentários)

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Às 4:30 em 26 julho 2009, Haroldo Vilhena disse...
Acredito que o tema tem relevancia.
Tenho um grupo como o da Nova Economia na:

http://escoladeredes.ning.com/

Acho que é um bom lugar para debater assuntos.
Também tenho uma rede social que criei para questoes relativas ao hoje, mas podemos ver alguma solução.

Está convidado para entrar no meu grupo por lá.

Abração
Às 23:25 em 22 julho 2009, Neli Maria Mengalli disse...
Frederico, o grupo está em manutenção? Abri o link: http://blogln.ning.com/xn/detail/2189391:Comment:158062 e nada...

Aguardo,
Às 15:34 em 21 julho 2009, Neli Maria Mengalli disse...
Grata pelo convite, lerei e verei como posso dar a minha contribuição... ;)
Às 2:31 em 19 julho 2009, Frederico Schmidt Filho disse...
Vilhena

Beleza, é que as vezes eu me perco.
Diminuindo as possibilidades, diminuo meus enganos.
Acho que é a idade.
Às 23:04 em 18 julho 2009, Haroldo Vilhena disse...
Achei a resposta mais pessoal, por isso respondi por aqui.
Às 22:54 em 18 julho 2009, Haroldo Vilhena disse...
Achei o seu texto bastante interessante, e como falei anteriormente, com muitas informações importantes (dados técnicos), além de informações pouco abordadas pela mídia tradicional (como questão dos interesses financeiros por trás de muitos movimentos deste mundo). Só acho, sinceramente, que seria muito importante dar uma agrupada dos assuntos em tópicos para que seja mais didático (você aborda muitos temas neste texto, talvez fosse interessante pensa-lo em diversos textos).
Às 21:43 em 18 julho 2009, Haroldo Vilhena disse...
Acabei de ler.

O texto aborda questões bem importantes, e se pudesse dividi-lo de forma mais didática (agrupando os assuntos e com sub-títulos para os tópicos, por exemplo), acho que poderia ser um artigo bem interessante para nossa biblioteca de artigos.

Abração
Haroldo
Às 21:28 em 18 julho 2009, Haroldo Vilhena disse...
Grande Frederico,

Seu texto é bem informativo e aborda questões bem significativas.
Teremos muito a debater
(ainda estou lendo)
Às 20:42 em 18 julho 2009, Haroldo Vilhena disse...
Já deu uma olhada nos vídeos Where does money come from? parte1 (outras partes estão entre meus vídeos)

Acho que vai na linha do seu texto que estou lendo agora...

Abraços
Às 18:18 em 29 junho 2009, Dalton Kazuo Watanabe disse...
A educação é a base de um povo, não há um plano estratégico a longo prazo para uma educação básica. Não é interesse do governo, pois governar pessoas mais esclarecidas é muito mais difícil....
 
 
 

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço