Portal Luis Nassif

Montezuma Cruz
  • Masculino
  • Guará I (DF)
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar

Amigos de Montezuma Cruz

  • neide ramos
  • Ana Paula Magri Moreira
  • Carlos Alberto Rodrigues Moreira
  • Janine Andreiv Rodrigues
  • Nelson Townes de Castro
  • Samuel Lemes Silva
  • ronaldo peixoto alexandre
  • Luiz de Carvalho
  • julien marquise
  • Murilo Mendonça Oliveira de Souz
  • Wilson Marini
  • Célia Sousa
  • Santo Daime.Umbandaime.Ayahuasca
  • Beto Bertagna
  • JAIR RODRIGUES ALCANTARA

BBC Brasil

Carregando... Carregando feed

 

PÁGINA DO MONTE

Informações do Perfil

Profissão
Jornalista, com andanças por algumas regiões brasileiras. Trabalhou para Folha de S. Paulo, Jornal do Brasil e O Globo em Porto Velho (RO), Cuiabá (MT) e São Luís (MA). Acompanhou a chegada de migrantes no extinto Território Federal de Rondônia e a sua transformação em Estado. Em Manaus foi um dos editores do Porantim, jornal da causa indígena. Chefiou a sucursal da Folha de Londrina em Foz do Iguaçu (PR), cobrindo o surgimento do Mercosul e, entre outras atrações internacionais, o último eclipse do sol no século passado, em três de novembro de 1994. Atuou ainda como repórter de geral e editor de internacional no O Diário do Norte do Paraná, em Maringá. Atualmente é repórter do "Correio do Estado" em Campo Grande (MS) e editor do site Amazônias, neste endereço: http://www.gentedeopiniao.com.br/hotsite/index.php?hot=7


Fotos de Montezuma Cruz

  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Blog de Montezuma Cruz

Nelson Townes de Castro, 60

MONTEZUMA CRUZ

www.twitter.com.br/MontezumaCruz

Uma vez mais o time do Céu Futebol Clube faz a convocação. E lá já está Nelson Townes,…

Continuar

Postado em 24 outubro 2011 às 13:30 — 1 Comentário

Pesquisadores defendem extensão rural agroecológica

MONTEZUMA CRUZ



Um forte serviço de extensão rural voltado não somente…

Continuar

Postado em 18 março 2011 às 20:30

Anúncios de mineradora irritam rondonienses

Este é o 34º artigo da série que relata alguns fatos ocorridos em Rondônia no período de transição entre o Território Federal e o Estado (Foto Biblioteca do IBGE).

 …

Continuar

Postado em 26 fevereiro 2011 às 18:30

PF faz a maior apreensão de aviões do século

MONTEZUMA CRUZ

Este é o 33º artigo da série que relata alguns fatos ocorridos em Rondônia no período de transição entre o Território Federal e o Estado (Foto FLICKR).…

Continuar

Postado em 26 fevereiro 2011 às 15:00

Caixa de Recados (15 comentários)

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Às 18:52 em 28 junho 2016, Daniel Barbosa Carmo disse...

Montezuma, um grande abraço do seu colega e amigo jornalista, Daniel Barbosa de Bélem do Pará.

Às 17:20 em 24 fevereiro 2011, Ana Paula Magri Moreira disse...

Olá, Monte. Como vai? Graças a seus artigos, em 20 de abril meu pai virá me visitar, acompanhado da minha irmã caçula.

Obrigada por vc existir.

 

Ana Paula

Às 20:38 em 9 janeiro 2011, Nelson Townes de Castro disse...
Ao menos metade da minha vida profissional está no inesquecível "Notícias Populares". Um jornal que valia por todas as escolas de jornalismo que foram criadas. Um repórter do NP encarava qualquer pauta e trazia as histórias que o povo queria ler e entender. Creio que muitos dos grandes nomes da imprensa paulistana estiveram sob o comando do poeta e jornalista Ebrahim Ramadan, o editor-chefe antes de serem seduzidos pelos salários e o "glamour" dos jornais mais aristocráticos. Lembra-se do Ebrahim? Ele punha a imagem de um palhaço na sua porta. E o Proença, o sempre paciente, cavalheiresco, mas impiedoso secretário de Redação que mandava refazer páginas e matérias até estivessem próximas da perfeição (pois a perfeição não existe). E na hora de se escolher a manchete do jornal? Cada editoria mandava uma série de sugestões sobre seus próprios assuntos. E a redação escolhia, por votação, o título que valia como manchete. A votação começava pelos contínuos, por serem, de todos nós, os mais próximos do povo. Lembro-me do início da noite,da hora de escolher as manchete, em que um contínuo de 16 anos, o Bozó, disse não ter entendido o título que dizia terem os deputados se desentendido e acabado com o decoro parlamentar na Assembléia Legislativa. O Proença explicou ao Bozó que o título significava que os deputados haviam brigado e se agredido na Assembléia. O magnífico Bozó, com sua negritude reluzindo sob as centenas de lâmpadas fluorescentes da redação, retrucou: "Quer dizer que QUEBROU O PAU NA CASA DA NOCA?" O editor-chefe Ebrahim Ramadan deu um salto: "É essa a manchete!"  Ebrahim era e sempre continuará sendo um gênio do jornalismo. Era esse o NP que as madames quatrocentonas mandavam as empregadas comprar, e o trouxessem escondido dentro de "O Estado de S. Paulo." 
 
 
 

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço