Mtnos Calil
  • Masculino
  • São Paulo, SP
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar

Grupos de Mtnos Calil

Discussões de Mtnos Calil

Técnicas de manipulação na guerra eleitoral - Dilma x Serra

        TÉCNICAS DE MANIPULAÇÃO ELEITORAL            Segundo Turno - Eleições Presidenciais de 2010  "A guerra é a continuação da política por outros meios" - Clausewitz "A política é a continuação…Continuar

Started 11 Out, 2010

Estratégia eleitoral para o segundo turno

                    ASSESSORIA ESTRATÉGICA PARA SERRA E DILMA                                                                                             Damos inicio a esta inusitada assessoria…Continuar

Started 6 Out, 2010

Presentes recebidos

Presente

Mtnos Calil ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Mtnos Calil

Informações do Perfil

Profissão
Consultor empresarial e político

Crônica do golpe contra Dilma

Isso é golpe?

Se a manobra revelada pelo Nassif (v.abaixo)fosse configurada contra Aécio seria qualificada como golpe?

Os dilmistas iriam defender a “democracia” condenando o golpe contra Aécio?

A lógica, por si, já sugere que quem foi presidente do Conselho da Petrobrás, não tem condição para ser Presidente do Brasil.

Mas acontece, que os políticos brasileiros são tão desqualificados, mas tão desqualificados que muitos consideram a Dilma menos pior que Aécio, tendo sim argumentos lógicos para justificar sua preferência pelo menos desqualificado, sendo que a ética na administração da coisa pública se torna absolutamente irrelevante neste caso. Em defesa da Dilma poderiam dizer que nenhum tostão do dinheiro roubado da Petrobrás foi para o bolso dela. E o mesmo poderia se dizer a respeito de Aécio se ele fosse o presidente do mesmo conselho.

Haveria então uma diferença entre Dilma e Lula, visto que no caso dele há sinais muito evidentes de que alguma coisa foi para seu bolso.  O argumento mais forte em defesa da Dilma é o fato de ela ser muito menos entreguista do que Aécio. Mas será que isso faria diferença mesmo? O Aécio privatizaria a Petrobrás? Claro que não! Mas encolheria o Estado? Bem... com tanta corrupção que existe neste “estado das coisas” (como diriam alguns filósofos), até eu que não sou nem “liberal clássico” nem “neo-liberal” sou a favor do encolhimento das áreas mais obesas do Estado.

Por mera razão de principio ético, eu não votei em nenhum dos dois.

A minha atitude portanto não foi política. Se o Brecht estivesse entre nós e me qualificasse como “analfabeto político”, eu recorreria em minha defesa ao sistema LPC – Lógica & Precisão na Comunicação perguntando-lhe qual é o significado filosófico ou ideológico que ele atribui ao “analfabetismo político”, e se ele me orientasse a votar na Dilma ou no Aécio, para cumprir o meu suposto dever cívico, eu  consideraria a orientação dele como fruto de um transtorno psico-ideológico, associado ao analfabetismo político dele.

Mas no que consiste este “principio ético”? Eis que ele é tão simples, mas tão simples que não preciso, para justificá-lo, citar nenhum filósofo especialista em ética, a exemplo de Kant que ficou famoso por seu “imperativo categórico”.  O meu principio “imperativo”é o seguinte: NÃO VOTO EM NENHUM CANDIDATO CORRUPTO OU CONIVENTE COM A CORRUPÇÃO. 

Ética mais simples do que isso não existe!  Suponhamos, contra a minha ética, que se  Aécio fosse eleito venderia uma porção significativa do Brasil. (por falar nisso, me disseram que os chineses andam comprando muitas terras no Brasil, mas para quem combateu o imperialismo norte-americano a vida toda e hoje está aliado ao PT, é menos pior depender dos chineses do que do império anglo-americano.

Neste caso a ética mandaria eu votar na Dilma?

Maquiavel diria que sim, lembrando que (às vezes) os fins justificam os meios.

Concordo plenamente com essa tese maquiavelana. Tanto concordo, que o meu fim, que é o de preservar a ética, justifica meu voto negativo.

No caso o Brasil sairia prejudicado?  Mas quem disse que é a ética só nos trás benefícios? É EXATAMENTE O CONTRÁRIO – a ética produz muito mais prejuízos para quem a pratica do que benefícios. É por isso que pouca gente neste mundo sai em defesa da coitada. 

E para se livrarem deste terrível incômodo, muitas pessoas simplificaram o conceito muito complicado de ética, fazendo-a sinônimo de  honestidade. Assim bastaria o sujeito não roubar o dinheiro dos outros para ser honesto – todos os beneficiados pelo clientelismo político reinante no Brasil seriam honestos porque não roubam o dinheiro de ninguém. Mas estamos aqui diante de um transtorno da sinonímia, que convém a todos que não querem ser vitimados pelos rigores da ética. É claro que ética nunca foi sinônimo de honestidade.

A honestidade é apenas um dos pré-requisitos da ética. E quem deixa isso muito claro é o filósofo e psiquiatra argentino José Ingenieros em seu livro antológico “O homem medíocre” que talvez esteja disponível na internet. Se a Argentina tivesse em seu comando pessoas como ele o nosso país vizinho, vitima do narcisismo social seria uma referência para uma “nova ordem mundial” devidamente civilizada. “Narcisismo social” é o termo técnico para a conhecida arrogância do povo argentino, ou de parte dele – os portenhos seria mais arrogantes que os não portenhos.

Me imaginei agora sendo julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral por não ter votado em ninguém – sequer compareci às urnas eletrônicas, tão mal faladas e até acusadas de fraudulentas . Nesta imaginação  o meu advogado de defesa não é brasileiro e sim argentino. É o próprio José Ingenieros que ressuscitou para fazer essa defesa onírica da ética.  Deus garantiu este lugar eterno para a ética – o mundo dos sonhos e da imaginação criativa.

 

Nassif: para Toffoli e Gilmar
o impeachment é pra já

Gilar e Toffoli planejam golpe do impeachment

O processo de impeachment exige aprovação de 2/3 do Congresso. Já a rejeição das contas impede a diplomação. A decisão fica com o Judiciário. Este é o golpe paraguaio. Já entrou em operação o golpe sem impeachment, articulado pelo Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Antonio Dias Toffoli em conluio com seu colega Gilmar Mendes. O desfecho será daqui a algumas semanas.


As etapas do golpe são as seguintes:


1. Na quinta-feira passada, dia 13, encerrou o mandato do Ministro Henrique Neves no TSE. Os ministros podem ser reconduzidos uma vez ao cargo. Presidente do TSE, Toffoli encaminhou uma lista tríplice à presidente Dilma Rousseff. Toffoli esperava que Neves fosse reconduzido ao cargo (http://tinyurl.com/pxpzg5y).


2. Dilma estava fora do país e a recondução não foi automática. Descontente com a não nomeação, 14 horas depois do vencimento do mandato de Neves, Toffoli redistribuiu seus processos. Dentre milhares de processos, os dois principais – referentes às contas de campanha de Dilma – foram distribuídos para Gilmar Mendes. Foi o primeiro cheiro de golpe. Entre 7 juízes do TSE, a probabilidade dos dois principais processos de Neves caírem com Gilmar é de 2 para 100. Há todos os sinais de um arranjo montado por Toffoli.


3. O Ministério Público Eleitoral, através do Procurador Eugênio Aragão, pronunciou-se contrário à redistribuição. Aragão invocou o artigo 16, parágrafo 8o do Regimento Interno do TSE, que determina que, em caso de vacância do Ministro efetivo, o encaminhamento dos processos será para o Ministro substituto da mesma classe. O prazo final para a prestação de contas será em 25 de novembro, havendo tempo para a indicação do substituto – que poderá ser o próprio Neves. Logo, “carece a decisão ora impugnada do requisito de urgência”.


4. Gilmar alegou que já se passavam trinta dias do final do mandato de Neves. Na verdade, Toffoli redistribuiu os processos apenas 14 horas depois de vencer o mandato.


5. A reação de Gilmar foi determinar que sua assessoria examine as contas do TSE e informe as diligências já requeridas nas ações de prestação de contas. Tudo isso para dificultar o pedido de redistribuição feito por Aragão.


Com o poder de investigar as contas, Gilmar poderá se aferrar a qualquer detalhe para impugná-las. Impugnando-as, não haverá diplomação de Dilma no dia 18 de dezembro.


O golpe final – já planejado – consistirá em trabalhar um curioso conceito de Caixa 1. Gilmar alegará que algum financiamento oficial de campanha, isto é Caixa 1, tem alguma relação com os recursos denunciados pela Operação Lava Jato. Aproveitará o enorme alarido em torno da Operação para consumar o golpe.


Toffoli foi indicado para o cargo pelo ex-presidente Lula. Até o episódio atual, arriscava-se a passar para a história como um dos mais despreparados Ministros do STF.


Durante a campanha, já tomara decisões polêmicas, que indicavam uma mudança de posição suspeita. Com a operação em curso, arrisca a entrar para a história de maneira mais depreciativa ainda. A história o colocará em uma galeria ao lado de notórios similares, como o Cabo Anselmo e Joaquim Silvério dos Reis.


Ontem, em jantar em homenagem ao presidente do STF, Ricardo Lewandowski, o ex-governador paulista Cláudio Lembo se dizia espantado com um discurso de Toffoli, durante o dia, no qual fizera elogios ao golpe de 64.


Se houver alguma ilegalidade na prestação de contas, que se cumpra a lei. A questão é que a operação armada por Toffoli e Gilmar está eivada de ilicitudes: é golpe.


Se não houver uma reação firme das cabeças legalistas do país, o golpe se consumará nas próximas semanas.

Blog de Mtnos Calil

Não entendi essa manifestação do PT contra Haddad

Alguém pode explicar?

Em discurso, Gleisi evita mencionar a candidatura de Haddad

Senadora participou de seminário promovido pela Fundação Perseu Abramo

14.set.2018 

 

Patrícia Campos Mello

FOLHA DE SÃO PAULO

Em seminário internacional promovido pela Fundação Perseu Abramo, centro de estudos do PT, o candidato do partido à Presidência, …

Continuar

Postado em 17 setembro 2018 às 12:03

Resgate dos principios éticos do PT

SÓ EXISTE UMA FORMA DE O PT RESGATAR OS PRINCÍPIOS ÉTICOS QUE NORTEARAM A SUA FUNDAÇÃO: COMBATER A CORRUPÇÃO DA ESQUERDA E DA DIREITA E FAZER UMA "FAXINA INTERNA PROGRESSIVA", SERVINDO DE EXEMPLO PARA TODOS OS DEMAIS PARTIDOS. 

Postado em 16 setembro 2018 às 23:06

A MAIOR TRAPALHADA DO SÉCULO FEITA PELO PODER JUDICIÁRIO - Renan venceu!!!

Renan permanece na presidência do senado mesmo sendo réu no supremo tribunal federal.

Só não pode substituir o Presidente da República, no impedimento deste.

Isso prova definitivamente que a corrupção no Brasil continuará poderosa.

 

O argumento da president ”a”  do STF Carmen Lúcia  para justificar a trapalhada é a "pacificação".

 

Ela só não esclareceu que esta pacificação envolve acordos com os corruptos.

 

Na guerra contra a…

Continuar

Postado em 8 dezembro 2016 às 1:18

QUEM COMBATE A CORRUPÇÃO É MENTECAPTO?

E assim se consagra a velha e anacrônica tradição -  combater a corrupção é prioridade da direita que despreza os pobres, cabendo à esquerda defendê-los, ignorando a corrupção devastadora da classe politica como um todo-  e não obviamente apenas do bode expiatório lulo-petista, o qual está deixando de ser bode, para o que só precisa da companhia dos tucanos.

Tarso Genro, considerado um petista honesto, declarou há dias que o combate à corrupção não era uma prioridade para o…

Continuar

Postado em 4 dezembro 2016 às 21:43

Caixa de Recados

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

  • Sem comentários por enquanto!
 
 
 

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço