Paulo de Oliveira Lima Filho
  • Masculino
  • Rio de janeiro, Rio de janeiro
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos (1)
  • Grupos
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Paulo de Oliveira Lima Filho

  • Luciane Apª Vieira
  • Miguel Abraão
  • Sandra Galante
  • adelaide amorim
  • Oscar Peixoto
  • Van Luchiari
  • Jane Chiesse Zandonade
  • Helô
 

Página de Paulo de Oliveira Lima Filho

Presentes recebidos

Presente

Paulo de Oliveira Lima Filho ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente para Paulo de Oliveira Lima Filho

Informações do Perfil

Profissão
aposentado

navio do Lixo

Esse texto de minha autoria foi plotado no blog de maria helena, parceira do NOBLAT em seu blog

Enviado por Paulo O. Lima
O Navio do Lixo
No jornal a matéria informa que “o lixo volta para a Inglaterra”. Volto minha atenção ao texto. Fico decepcionado: não era o lixo, nem o navio que imaginava. Lembro de nossos irmãos portugueses que ao se defenderem de nossas piadas diziam: o lixo da Arca de Noé só foi descoberto em 1500. Os dejetos da arca estavam aqui.

Passam-se os séculos e novamente nos mandam lixo para nosso consumo e guarda. Assim são os poderosos: “ Mande para os subdesenvolvidos que lá é onde está o lixo do mundo.” Descobrimos, nos defendemos e pronto. Fora o Lixo que agora vagueia pelos perdidos oceanos do mundão. Mas será que era esse lixo que me fez ler a matéria jornalística? Será que o que estava nos porões da nau é o lixo que nos incomoda? Evidentemente que sim! Não queremos lixo de forma nenhuma. Este nem os outros que aportam em navios secretos e cada vez mais nos tornam uma nação sem respeito ao próximo, como esse lixo inglês que agora deportamos.

O lixo que afeta a nossa consciência de cidadão está na porta de nossas residências transformadas em cais de naus inescrupulosas que nos violentam a cada dia. Somos reféns de um lixo transparente que não pode e não deve freqüentar nossas casas. O lixo que devia estar na nau da sujeira vagueia pelas nossas ruas entulhadas de corruptos e vendilhões da pátria. Perdemos uma oportunidade: era a hora de abrir seus porões e colocar lá dentro esses grupos de corruptos e corruptores que se esquivam pelas sarjetas da vida e, na espreita, nos tiram o respeito, a vontade e o desejo de ver um país limpo.

Dão-nos uma chance, o direito de escolha. Mas essa já entrou nas casas, aproveitou nosso descuido e nos consumiu. Tornamo-nos cúmplices por conta da escolha que fazemos. A ganância e a roubalheira se misturaram nas trevas da imoralidade.

Perdemos várias oportunidades mas ainda é tempo de jogar nossos botes salva-vidas e pular fora da nau do lixo que nos consome. Somos ricos e temos a certeza de que caminhamos na direção das naus descobridoras de um mundo melhor. Nosso lixo é fertilizado com o nosso trabalho. Não vamos parar de remar em rumo de um porto limpo. Vamos afogar as marolas do mal. Vamos transformar nossos remos em estilingues contra as armas produtoras do lixo infecto. Nossa arma é o trabalho, a razão, o respeito, a nossa consciência. Estamos preparados para ver aportar a nossa nau no porto do bem.

Na regata da bandidagem que assistimos, quietos e passivos, não nos convoquem para a torcida. Seremos sim, os estivadores dessa carga infecta que nos aterroriza. Não sei se um navio seria o suficiente, mas com certeza não vão faltar estivadores.

Infelizmente a carga do navio do lixo partiu só com um tipo de lixo.

Paulo O. Lima é engenheiro.


(Recebi este texto em um e-mail muito simpático do autor, que não copio aqui porque tento ser modesta... Mas copio a frase com a qual ele fecha seu e-mail: O que me resta é seguir o conselho de Sêneca; "ler e escrever sempre".
Obrigada, Paulo).

Caixa de Recados (5 comentários)

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Às 10:08 em 18 agosto 2009, Oscar Peixoto disse...
Paulo, boa contribuição. Você está chegando lá. Mas, muito melhor do que eu para opinar, é a Helô. Foi ela quem praticamente me ensinou a usar bem o blog. É a mestra de um monte de gente na comunidade. Fale com ela.
Um grande abraço.
Às 13:13 em 16 novembro 2008, Jane Chiesse Zandonade disse...
Seja bem-vindo à minha rede de amigos, Paulo. Nestas últimas semanas estou meio parada nos meus compromissos com os blogs (este e o Verso&Prosa), mas de repente ativo-me e desembesto.
Abraço!
Às 18:42 em 12 novembro 2008, Helô disse...
Não é um barato este encontro mais de 10 anos depois?
Já lhe enviei um convite para o Verso&Prosa. Também estou lá, mas minha dedicação maior é aqui.
Bjs.
Às 17:31 em 12 novembro 2008, Oscar Peixoto disse...
Paulo, beleza estar com você, ainda que virtualmente! Estou adicionando você como amigo (se tivesse o número 1 eu acrescentaria), espero que aceite :-)
Abração
Às 16:53 em 12 novembro 2008, Helô disse...
Acho que o conheço de algum lugar, haha.
Seja bem-vindo, meu prezado!
Adorei a foto.
Beijos.
 
 
 

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço