Rogério Faria
  • Masculino
  • Paraibuna, SP
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar

Amigos de Rogério Faria

  • Daniel Mello
  • Reginato Andre Rezende Moschen
  • Willes de Toledo
  • Anilton Oliveira
  • Laércio Beckhauser
  • Luciano Alvarenga
  • Antonio Barbosa  Filho

Presentes recebidos

Presente

Rogério Faria ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de Rogério Faria

Matéria-Prima

A honestidade é um valor absoluto?

Não para Willie Stark (Broderick Crawford) no filme “A grande ilusão” de 1949, dirigido por Robert Rossen. Caipira do interior dos Estados Unidos, Stark almeja um cargo eletivo para poder ajudar a população pobre. Jogando limpo, com discursos técnicos sobre os reais problemas sociais, não consegue mais que uns gatos pingados a lhe apertar a mão. Aos poucos, e conscientemente, vai abrindo mão do jogo honesto, com a justificativa da luta pelo bem social. Porém, o desvio é cada vez maior, e o objetivo se perde, tornando-se uma mera luta pelo poder.

É a trajetória, acompanhada pelo jornalista Jack Burden (John Ireland), de um honesto caipira que se transforma num político corrupto e populista, enquanto vai corrompendo e destruindo a vida de todos à sua volta, inclusive da namorada e amigos de Burden.

Ótimo roteiro, que consegue, em pouco menos de duas horas, apresentar de forma crível e bem desenvolvida a gradual transformação de Willie Stark. Não se pode deixar de elogiar, também, a ótima atuação de Crawford, convincente como caipira e como governador.

Apesar de filmado em 1949, o filme continua incrivelmente atual aqui em terras tupiniquins.

Leva-nos a questionar de onde vem a corrupção política? Por que tanto político corrupto no Brasil? De onde eles vêm? Não são alienígenas...

São pessoas dos mais diversos extratos sociais, desde operários nordestinos a professores da Souborne; mas por que nenhum dá certo? Por que nenhum político presta? De onde eles vieram? Do Brasil, onde é comum baixar ilegalmente músicas na “internet”, comprar devedê no camelô; usar “software” pirata; furar fila na balada; jogar papel no chão; ultrapassar limite de velocidade; sonegar imposto...

Políticos não vão salvar este país, e nem é essa a função deles, eles são nossos representantes. E nós somos exatamente isso o que eles representam.

Como Willie Stark, que começa desrespeitando a lei para ajudar os pobres, todos têm justificativas para infringir as regras. Você tem, os bandidos têm, os políticos têm. Aí, ser ou não válida essa justificativa é outro problema, pois a questão torna-se subjetiva.

Para se viver em sociedade é necessário o respeito mútuo, e uma certa limitação da liberdade individual. Como isso é feito? Através de regras. E temos a lei. Sem as regras, que nós mesmos criamos, direta ou indiretamente, não é possível uma sociedade harmônica; o que acaba por minar essa própria sociedade.

Se existe uma lei que proíbe determinando comportamento, por mais inofensivo que seja a infração, a regra deve ser respeitada. É um critério objetivo: "não posso porque não posso". A partir do momento que um indivíduo descumpre uma regra, por mais nobre que seja a sua justificativa, há um abalo num pilar fundamental da sociedade. Cada uma que infringe uma regra, do cara que compra cedê pirata porque o preço do original é um absurdo ao parlamentar que legisla mediante suborno, todos têm uma justificativa, todos agem conforme seus valores, e isso é subjetivo. Esse é o problema desse país. Uma síndrome de "Robin Hood", seja em benefício próprio ou de terceiros. Temos uma falha no nosso caráter: o desrespeito às regras.

Se a regra é injusta, ela tem que ser mudada, não ignorada. Mas, enquanto regra, ele tem que ser respeitada. Mobilize-se e mude a lei da qual você discorde, que seja a que proíbe a venda de cedê pirata!

Enquanto a sociedade não se conscientizar, ela vai continuar produzindo político corrupto, policial corrupto, juiz corrupto, médico corrupto, pipoqueiro corrupto, catador de latinha corrupto. Nós somos a matéria-prima.

Voltando ao filme, é por isso que eu o recomendo: É uma história sobre político corrupto, é uma história sobre você.


Matéria-Prima: matéria bruta com que se fabrica ou elabora algo (Dicionário Houaiss)

(A Grande Ilusão/All the King’s Men – EUA/1949/Drama/109′ - Um filme de Robert Rossen - com Broderick Crawford, John Ireland, Joanne Dru)

http://soliloquioinsipiente.blogspot.com

Vídeos de Rogério Faria

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos

Blog de Rogério Faria

Triste figura

"O Engenhoso Fidalgo D. Quixote de La Mancha" conta a cômica história de um fidalgo que, de tanto ler romances de cavalaria, fica louco, e resolve sair pelo mundo como cavaleiro andante, com seu fiel escudeiro, em busca de aventuras. O primeiro volume, escrito por Miguel de Cervantes há pouco mais de 400 anos, é considerado a obra inaugural do romance ocidental moderno. É tido por muitos críticos como o maior romance já escrito.



Na quarta capa da edição da Editora 34, Dostoiévski… Continuar

Postado em 31 dezembro 2008 às 17:46

A fuga do planeta dos macacos

“A um palmo dos olhos a pata negra do macaco/

Eclipsa a Lua, as estrelas, e até/

O próprio espaço. Cinco dedos feiúdos/

São o mundo inteiro.”



Em “O Macaco e a Essência”, de Aldous Huxley, um roteiro encontrado por dois produtores de Hollywood conta a história de um botânico neozelandês que, no século 21, redescobre o Estados Unidos, devastado por um ataque nuclear e bacteriológico na terceira guerra mundial, há mais de cem anos. Lá, ele se depara com uma sociedade,… Continuar

Postado em 31 dezembro 2008 às 17:44

A vida da mosca-da-fruta

Ele ajeitou os óculos. Então, suspirou. Já era sábado! Quem diria? Mas ele estava feliz e tranqüilo. Havia sido uma semana muito movimentada, e proveitosa.



Tudo teve início no domingo. Fora divertido. Sujou-se de terra. Correu. Caiu. Levantou-se. E correu de novo. Morreu de medo da bruxa! Deixou o nariz escorrer, e lambeu. Fez amigos eternos.



Porém, foi na segunda-feira que as coisas realmente começaram a se agitar. Em princípio, aos poucos. Mas à noite, ele já estava na… Continuar

Postado em 5 agosto 2008 às 2:42

Caixa de Recados (2 comentários)

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Às 6:25 em 20 março 2017, Augustin Aziankou disse...

Good day,

I picked interest on you after going through your short profile and demand it necessary to write you immediately. I have something very vital to disclose to you, but I found it difficult to express myself here, since it's a public site.Could you please get back to me on (augustinaziankou@vp.pl) for the full details.

Have a nice day.
Mr. Augustin.

Às 3:12 em 12 janeiro 2009, Delcio Marinho disse...
Descubra o RIO

Aumente o SOM
RIO DE JANEIRO

SAMBA DO AVIÃO
 
 
 

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço