Portal Luis Nassif

Salete Cardozo Cochinsky
  • Feminino
  • Porto Alegre, Rio Grande do Sul
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar

Amigos de Salete Cardozo Cochinsky

  • RICARDO EVANGELISTA
  • Sandra Santos
  • Guilherme Cardoso de Sá
  • Solange Gomes da Fonseca
  • Jandira Feghali
  • RUBENS GOMES DA SILVA
  • Izabel Lisboa
  • Luciane Apª Vieira
  • Fernando Augusto Botelho - RJ
  • Stella Maris
  • jose luiz ribeiro da silva
  • Marçal, T.
  • Vera
  • Roberta Sales
  • Tião Simpatia

Música

Carregando...

Discussões de Salete Cardozo Cochinsky

ENTRE O ZERO E O UM

                  Há o passado de…Continuar

Tags: identificar-se, incluir-se, auto-reconhecimento, próprio, Amor

Started 25 Maio, 2011

ENTRE OS VÃOS
2 respostas 

Continuar

Tags: sistema, mal-estar, na, pelo, criadas

Iniciou esta discussão. Última resposta de Salete Cardozo Cochinsky 27 Set, 2013.

RSS

Carregando... Carregando feed

 

Página de Salete Cardozo Cochinsky

Informações do Perfil

Profissão
Psicóloga/Psicanalista

FRAGMENTOS II


FRAGMENTOS II
Nada se sabe que não seja além daquilo que o tempo ensina. Se há um saber possível, esse se mantém na linha do tempo. Tempo individual e tempo cultural. Da experiência inicial à formação de idéias. Bem no início da vida de cada um e dos contatos, comunicações entre os seres.
Mais que isso, esse tempo é contado a partir de que o ser pensante e “criativo” tenha abstraído o saber e transformado em conhecimento. Ser é o que se percebe no universo com algo que de alguma forma faz eco dentro de si. Os meandros do psíquico que é abrigado por um corpo aguardam para poder mostra-se como parte desse universo que é constituído na interação interno e externo pelos sentidos, instrumentos de movimentação e comunicação.
Eles já haviam se perguntado sobre as consequências do tempo inúmeras vezes, em algumas se apropriaram um mínimo do que havia de livre-arbítrio entre um e outro ponto, entre um e outro tempo. Não fosse isso não chagariam a lugar algum. Perceberam-se tantas vezes em estado de ilusão em relação aos movimentos realizados. Pois nem sempre um movimento significa a mudança de posição desejada.
Certo dia, bem cedo, o sol ainda não havia despontado na linha do horizonte, mas ela já havia saído da cama. Alegrou-se por poder desfrutar apenas o barulho, o cantarolar dos pássaros, nessa estação, outono, bem menos entusiasmados. Os barulhos decorrentes dos deslocamentos da população urbana ainda não vociferavam poluindo os ouvidos. Respirou fundo e lembrou-se dos tempos de infância quando o cantar dos galos era o despertador. Não era o caso, necessidade externa levantar tão cedo, mas os cheiros orvalhados da grama e das flores fizeram eco em seus sentidos.
Pensou em acordá-lo para desfrutar da harmonia das cores promovida pelo alvorecer, do cheiro da grama, das folhas e das flores próprias daquele momento do dia. Um dia que prometia sol aberto. Não o fez, pois conhecia as diferenças sobre o que promovia prazer para cada um.
A capacidade de lembrar indica que há um percurso, dados e fatos vivenciados. O presente passa a cada mínimo de uma cronologia ou consciência da existência. Portanto, o futuro também passa; primeiro no imaginário, segundo nos atos e ações. E com isso constamos uma a-temporalidade concreta, e uma a-espacialidade flexível e elástica. Quanto mais se vive, mais constatamos que nosso conhecimento é ínfimo diante complexidade, que para o mais importante, viver em harmonia, como um fragmento do cosmos é tão simples.
Mas é a partir do momento que o sol se põe na linha do horizonte que se pode perceber com mais nitidez as faíscas, a fumaça e as línguas de fogo que são lançadas pela erupção de um vulcão, cuja potência e tamanho de espaço que ocupa está submersa ou abrigada por camadas de elementos não vulcânicos.
A linguagem pode ser comparada a essas faíscas, chispas, fumaça e as línguas de fogo. São anúncio de algo poderoso que existe e que é em outro local sua origem e sua as condições de força.
Por: Salete Cardozo Cochinsky

Blog de Salete Cardozo Cochinsky

SIMPLISMENTE

 

 

   I

Olho a página em branco

Antes que amarele

Ou fique empoeirada

De teias tapadas,…

Continuar

Postado em 18 abril 2011 às 23:06 — 3 Comentários

PERVERSÃO: Um mecanismo psíquico



Imagem A tentação de Santo Antonio de SALVADOR DALÍ…

Continuar

Postado em 10 outubro 2010 às 14:51

ENTRE OS VÃOS

Cenas de filme: Imagem uol...........

Não dá para deixarmos de lembrar a civilização e a civilidade nessa época de ELEIÇÃO.

I

Se anjos fôssemos de nada adiantaria

diante do adiantado estado da tirania

com que lobos devoram os cordeiros.

Vida movida requer fome, força e valentia

Louvável ali,…

Continuar

Postado em 30 setembro 2010 às 22:40 — 3 Comentários

BEM ANTES DE O SOL NASCER



Bem antes do sol nascer

a linguagem existia…

Continuar

Postado em 19 setembro 2010 às 10:54 — 2 Comentários

Caixa de Recados (16 comentários)

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Às 11:22 em 22 abril 2011, RICARDO EVANGELISTA disse...
POESIA, ANTES DE DEPOIS DE PAZ E ARROZ. Ricardo Evangelista.Viva a páscoa poética!!!!

MEU BLOG: http://sarautropeiro.blogspot.com
Às 21:45 em 13 abril 2011, Stella Maris disse...

trazendo flores pras amigas

 

Às 19:16 em 12 dezembro 2010, Izabel Lisboa disse...

Olá Salete! São momentos difíceis esses pelos quais você passa em decorrência da hospitalização de seu marido; sei que não lhe faltará coragem e forças para estar com ele e juntos enfrentarem essa batalha, munidos, ambos, de muito amor e compreensão.

Passei pela mesma situação com minha mãe há um ano e ela está totalmente recuperada. A medicina realizou grandes avanços nesses últimos tempos na área da cardiologia. Tenha confiança.

Espero de coração que vocês passem o Natal em casa, agradecidos pela vitória alcançada. Beijos e muita Paz!

Izabel

 

Às 15:43 em 7 dezembro 2010, Solange Gomes da Fonseca disse...
Salete,

Venho agradecer sua "força" a dedicação do ser professor num país de tantas diversidades e de tão pouco investimento na Educação.

Bjns.

Solange.
Às 11:55 em 7 dezembro 2010, RUBENS GOMES DA SILVA disse...
Muito obrigado por ter me adicionado como amigo.
Abraços do seu novo amigo
RUBENS
Às 0:11 em 6 dezembro 2010, RUBENS GOMES DA SILVA disse...
Excelente a sua página.
Às 22:54 em 15 novembro 2010, Alex Saratt disse...
Pois é, Salete...a escola -seja pública ou privada - está devendo e muito aos educandos, especialmente aos jovens. A falta de conexão com a realidade e a permanência de diversos conceitos, métodos e práticas antiquados, muitas vezes não dialogam com as necessidades e demandas da sociedade...acrescente baixos salários, jornada excessiva, adoecimento do trabalho, financiamento insuficiente e falta de gestão democrática, aí tá dado o cenário...mas se educação sozinha não muda a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda!
Às 19:58 em 11 novembro 2010, Stella Maris disse...
Um presentinho pra amiga.

Às 16:48 em 1 outubro 2010, Solange Gomes da Fonseca disse...
Salete,

Agradeço seu comentário e reafirmo que o conhecimento nos torna seres mais criticos e competentes ao mundo real.

Bjs.

Solange.
Às 22:16 em 22 setembro 2010, Stella Maris disse...
um presente para a amiga

" target="_blank">
 
 
 

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço