Portal Luis Nassif

adelmar tavares de lyra
  • Masculino
  • recife Pernambuco
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos (8)
  • Eventos
  • Grupos
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Adelmar tavares de lyra

  • Flavio Tavares de Lyra
  • Antonio Barbosa  Filho

Discussões de adelmar tavares de lyra

nOSSOS CARROS E AS RODOVIAS

Os carros novos estão vindo com pneus de suporte que jamais atendem às exigências dos Detran e Denatran. São pneus apenas apropriados para as estradas dos países desenvolvidos.Como nossas estradas…Continuar

Started 2 Jul, 2014

Compulsória para o Legislativo

A nossa Carta Magna ainda permanece desrespeitada pelo Poder Legislativo, pois a Constituição preconiza que os poderes da república são harmônicos e independentes. Tudo bem! Entretanto o nosso…Continuar

Started 7 Ago, 2013

Pela harmonia entre os poderes

No momento em que parece, salvo engano, se pretende fazera reforma política seria de todo conveniente que fosse incluído como um dos pontos primordiais o estabelecimento da compulsoriedade para os…Continuar

Started 18 Jul, 2013

Escolha de candidatos
1 resposta 

Ainda ocorre de forma pouco ou nada democrática a escolha dos dirigentes do nosso país. Tudo decorre do engessamento que a legislação eleitoral preconiza para protegeros partidos políticos e suas…Continuar

Iniciou esta discussão. Última resposta de Lafaiete de Souza Spínola 10 Nov, 2012.

Presentes recebidos

Presente

adelmar tavares de lyra ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente

 

Página de adelmar tavares de lyra

Últimas atividades

adelmar tavares de lyra postou um status
"O que você está fazendo?"
20 Nov, 2012
Lafaiete de Souza Spínola deixou um comentário para adelmar tavares de lyra
"ALDEMAR: Parabens pelas suas observações referentes à anistia. No meu caso, por exemplo, foram mais de dez anos para conseguir a anistia, via judiciário. Que bela anistia que só se concretiza pela justiça…"
10 Nov, 2012
adelmar tavares de lyra postou uma discussão

Escolha de candidatos

Ainda ocorre de forma pouco ou nada democrática a escolha dos dirigentes do nosso país. Tudo decorre do engessamento que a legislação eleitoral preconiza para protegeros partidos políticos e suas nefastas coligações.Entendo que deveriam ser eleitos os deputados e vereadores mais votados, acabando-secom o antidemocrático coeficiente eleitoral que privilegia os partidos em detrimento davontade do eleitor demonstrada nas urnas. Aqui mesmo em Pernambuco tivemos um candidato a vereador que teve mais…Ver mais...
8 Nov, 2012
adelmar tavares de lyra postou discussões
16 Dez, 2011
adelmar tavares de lyra postou uma discussão

Sem Brandura (soneto)

     Após a morte de Bin Laden produzi este soneto que aqui exponho                       Sem BranduraO grande embate ainda está em marchaMesmo depois do fato consumado.O terrorismo multi facetadoViu apagar-se apenas grande acha. Num mundo de conflito programadoA criminalidade não se agacha.Até em gabinete se despachaPara ordenar a morte pelo estado. Ea brutalidade se expande,Desrespeitando até qualquer fronteira,Fazendo que o mal não se abrande. Pois temos, sem querer, na cabeceiraEsse…Ver mais...
4 Ago, 2011
adelmar tavares de lyra postou uma discussão

Crise nos Eua

Os comentaristas nacionais e internacionais ainda não levaram em conta os fabulosos gastos militares com as guerras do Iraque, do Afeganistão e agora com a Líbia. Dessa forma seus comentários perdem muito em consistência e mostram a rezuzida independência de que dispõem.
3 Ago, 2011

Informações do Perfil

Profissão
Advogado e escritor
Problemas existem cujas soluções por simplistas sempre nos deixam a imaginar as principais causas que levaram o poder público a tomar certas decisões.
Tal comentário vem a respeito da iniciativa governamental em introduzir modificações no trato com os precatórios. Estes são decorrentes do descumprimento pelos administradores públicos da legislação vigente, o que nos deixa a impressão de que estão despreparados para a função ou em último caso agem de modo pensado e irresponsável. Precatórios existem que estão há mais de 20 anos para serem pagos, mas os governantes não os colocam no orçamento.
Desse quadro de descumprimento da legislação resulta sabermos que os administradores públicos se consideram imunes e descompromissados com os postulados da legalidade dos ,seus atos.
Como se não bastasse o descumprimento legal, os mesmos administradores jamais respondem pelos danos a que deram causa, pois os prejudicados além de terem de recorrer ao judiciário ainda respondem pelos honorários advocatícios, e ao final com a sentença condenatória voltam a depender dos mesmos governantes que jamais se preocupam em incluir no orçamento os recursos com tal destinação.
Imagine como deve ficar esse quadro com as novas medidas que estão por vir e somente visam dar cobertura ou oficializar o calote ´público.
Entendo que modificações deveriam ser introduzidas quanto aos precatórios e a principal destas deveria ser o estabelecimento da responsabilidade do gestor que deu causa ao surgimento do precatório, devendo o mesmo arcar com o ônus a que deu origem por autoritarismo, negligência ou mesmo irresponsabilidade. É muto cômodo deixar de cumprir as leis e depois contar com a "viúva" para assumir o valor do dano.

Caixa de Recados (8 comentários)

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Às 13:34 em 10 novembro 2012, Lafaiete de Souza Spínola disse...

ALDEMAR: Parabens pelas suas observações referentes à anistia.

No meu caso, por exemplo, foram mais de dez anos para conseguir a anistia, via judiciário. Que bela anistia que só se concretiza pela justiça comum! Lamentável!

O precatório já faz anos que vem sendo postergado. Muitos já faleceram, sem recebê-lo; outros gravemente enfermos sem a mínima perspectiva. E é a própria AGU que coloca os impecilhos!

Muitos consideram o assunto como um previlégio, como uma benesse. Quanta falta de caráter, desfaçatez!

Depois de toda essa vivência; por tudo que vi, participei e continuo presenciando; resolvi lançar na internet assuntos que muitos consideram utópicos, porém não vejo outro caminho, como: MOVIMENTO POR UM PARTIDO; PAÍS UNITÁRIO III; UMPROJETO PARA A EDUCAÇÃO NO BRASIL ETC. ETC. ESTÁ NESTE SITE.

Às 21:05 em 25 fevereiro 2010, Flavio Tavares de Lyra disse...
Adelmar: Li, gostei e aprovei seu texto. Parabéns pela estréia! Agora precisamos de outras contribuições suas. Na literatura, na música e nas crônicas bem humoradas que você sabe fazer. Um abraço do mano. Flavio
Às 10:20 em 19 fevereiro 2010, Antonio Barbosa Filho disse...
Olá Adelmar! Convido-o a participar do grupo "La Pátria Grande", nesta comunidade. Um abraço.
Às 13:29 em 22 janeiro 2010, adelmar tavares de lyra disse...
Ainda a respeito da Anistia, que foi concedida com restrições para os acusados e punidos, temos interessante artigo publicado pelo ilustre e saudoso Barbosa Lima Sobrinho sob o título Anistia ou reparação. Isso mesmo o que se faz indispensável é reparar as injustiças cometidas. Eu mesmo como uma das vítimas de 64 tenho um processo tramitanldo no Ministério da Justiça há cerca de 04 anos e a informação que consigo é que ainda está no primeiro passo. Provas a produzir não existem e já fui anistiado pelo governo estadual, mas o federal está mordendo a corda. Como anistiado tenho direito a não pagar imposlto de renda e ser dispensado de qualquer contribuição previdenciária, conforme a legislação em vigor. Também quero ser ressarcido dos imensos prejuízos que tive. Quem pretender obter a legislação pertinente à dispensa do Ir e do Inss, pode solicitar que terei o máximo interesse em fornecer. Um abraço, Adelmar
Às 23:52 em 20 janeiro 2010, Antonio Barbosa Filho disse...
Ademar, eu coloco de uma forma muito simples, caipira que sou: revelar quem matou e quem morreu, onde estão escondidos os corpos, é um dever Constitucional.
As Forças Armadas são instituições permanentes, e delas até eu sou reservista, como você e nossos velhos. Nós somos as Forças Armadas Brasileiras.
Na fase 64-79, mais ou menos, elementos fardados, recebendo dinheiro da CIA e etc, como constam nos documentos abertos pelos EUA, cometeram uma série de crimes que nenhuma corporação pode apoiar. Estuprar presa pendudara no pau-de-arara não é servir a Pátria, ou é?
Dar choque elétrico no saco e na língua de um preso desarmado e pendurado, é em nome de qual princípio? Obter informação? rrrsss
O sadismo puro, a venda de informações por policiais e milutares, às famílias (como testemunhei com o pai e a mão do Paulo de Tarso Venceslau, hoje na direita, mas sempre importante na história pelo que fez e pelo que sofreu), entende? O achaque que enriqueceu delegados, soldados e oficiais do DOI-Codi?
Vamos abrir esta caixa-preta?
Um abraço e muito respeito por vc.
Às 23:45 em 18 janeiro 2010, Flavio Tavares de Lyra disse...
É isso aí Adelmar: Nós que sentimos na própria carne a mão de ferro da ditadura, não podemos ficar calados quando encontramos no direito internacional cobertura para os crimes bárbaros cometidos por uma minoria que não soube honrar nossa Forças Armadas. Mesmo que não haja condições para punição dos torturadores é imprescindível que pelo menos deixem que a História registre os despautérios cometidos para que não se repitam no futuro. Está na hora de acabar com as pantominas adotadas para não trazer a luz os arquivos da ditadura.
Às 23:33 em 16 janeiro 2010, Flavio Tavares de Lyra disse...
Oi, Adelmar: Cadê seus tópicos, não vai postar nada no blog? Estou aguardando. Chego em Recife no dia 22 de janeiro. Um abraço. Flavio
Às 11:29 em 9 janeiro 2010, Flavio Tavares de Lyra disse...
Adelmar: Estou aguardando a divulgação de seus tópicos. Um abraço Flavio
 
 
 

Publicidade

© 2017   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço