Portal Luis Nassif

Egler Ronildo Silva
  • 67, Masculino
  • Materlandia - MG
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar

Amigos de Egler Ronildo Silva

  • Nelson Townes de Castro
  • Carlos Gomes de Moura
  • Anarquista Lúcida
  • Antonio Barbosa  Filho

Grupos de Egler Ronildo Silva

 

Página de Egler Ronildo Silva

Presentes recebidos

Presente

Egler Ronildo Silva ainda não recebeu nenhum presente

Dar um presente para Egler Ronildo Silva

Informações do Perfil

Profissão
Advogado

Futebol às antigas

Ao adorado tio-avô (Carmelito Assunção Silva) pedi para postar o texto abaixo e ele permitiu, então coloquei também a resposta da Luzete.

Por Egler
O tio-avô está muito doente, mas não perdeu o bom humor, então pediu-me para responder-lhe.
Luzete, minha filha, o futebol não era alienação. Pelo menos quando eu praticava o verdadeiro “football”.
Não existia este famigerado "marketing" de hoje ("Adidas", Nike", turismo, etc.).
Futebol que coisa boa.
Sábado à tarde:
Tirávamos os cupins do campo, alinhávamos as traves, matávamos um leitão, reservávamos uma quarta de pinga da boa.
Domingo cedo:
Os times em campo; um de camisa branca e o outro de camisa listrada.
Gorro a gosto.
O “center-half” bem atento, os “center-forwards” bem entrosados, o centro avante bem oportunista e os pontas (esquerda e direita) bem espertos.
As famílias no barranco assistindo ao jogo e torcendo para todos os vinte e dois “atletas”.
Que maravilha!!!
O juiz? Ótimo. Era o meu compadre Querubino Marques. Apitava a torto e a direito, não tinha faltas para apitar (as faltas que existiam se limitavam à mão na bola ou bola na mão; era tudo a mesma coisa), somente impedimentos. Perdoávamos seus erros, afinal de contas não tinha bandeirinhas e se ele errasse contra um dos times, ele prometia compensar no próximo jogo (e cumpria).
Depois do jogo, que começava às nove horas da manhã (não existia a Globo para transmitir), íamos para a fazenda jogar truco, mangar uns com os outros e preparar para a lida da roça na segunda-feira.
Saudades …
Nota: quarta de pinga é a quarta parte de um alqueire = vinte litros em Minas.
Ao tio-avô,
(pelo pombo-correio egler!)

adorei a crônica. uma delícia e que jamais perca o bom humor e trata de ficar bonzinho, rapidinho. a gente fica na torcida pelo seu pronto restabelecimento.

e olha tio-avô: entre os simples acho que ainda tem muito deste futebol jogado laaaaaaaaaaaaaaaaaaá nqueles tempos. e até acho que nem se tem tantos alienados. todos sabem das mutretas, mas também é grande o sentimento de impotência.

beijo egler, beijo tio-avô!

Blog de Egler Ronildo Silva

Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA

Do texto: "É gerando oportunidades para jovens e para suas famílias que nós iremos enfrentar a criminalidade e não por meio da redução da maioridade penal", enfatizou Alves. "Colocar os adolescentes em presídios não significa dizer que eles serão recuperados pois nosso sistema prisional tem cerca de 70% de reincidência, enquanto no sistema de internação de adolescentes e infratores - que ainda não funciona conforme estabelece o próprio ECA - esse índice não passa de 30%".

Infelizmente,… Continuar

Postado em 13 julho 2010 às 16:33

Religião

Crentes, Patetas e Patéticos



Essa necessidade urgente de crer em algo, de ter um guia providencial, de se apegar a miragens para escamotear a realidade, acentua-se sobremaneira em determinadas sociedades.

As pessoas tornam-se presas fáceis de idéias escusas, fabricadas por falsos líderes, de demagogos astutos e, no mais das vezes, espertalhões e desonestos.

O tornar-se joguete de interesses, sejam eles políticos ou religiosos, escuda-se no decantado pseudo livre-arbítrio… Continuar

Postado em 9 julho 2010 às 18:26 — 2 Comentários

Esclarecimento

Caros companheiros

Eu sou neto do Carmelito Assunção Silva, mas todos o chamamos de tio-avô.

Ele é muito velho e a tempos não consegue mais lidar com o computador.

Um dia ele tomou uma queda e fraturou algumas costelas. Ele passa os dias em uma fazenda, aqui mesmo em Materlândia/MG.No último ano, nos finais de semana, eu falava com ele a respeito do blog e ele me pedia para mandar mensagens em seu nome... E eu o fiz, mas não se trata da mesma pessoa.



Eu sou aposentado,… Continuar

Postado em 8 julho 2010 às 14:43

Caixa de Recados (5 comentários)

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Às 16:24 em 11 agosto 2010, Anarquista Lúcida disse...
Pessoalmente nao sou muito fã de O Alienista, nao acho um dos melhores contos de Machado. Leia A Igreja do Diabo. É fantástico.
Abs
Às 2:43 em 7 agosto 2010, Anarquista Lúcida disse...
Oi, Egler

A cartomante? Já li há séculos, nem lembro direito... Lembro bem de Missa do Galo, de A Igreja do Diabo, de O Enfermeiro... E dos romances finais, claro (menos Quincas Borba, de que nao gostei e só li uma vez).
Às 20:32 em 8 julho 2010, luzete disse...
beijão egler e, claro, amigos.
sempre com aquele abraço carinhoso ao tio-avô que, pelo jeito, continua com vontade de ficar entre nós. e isto é bom. muito bom.
Às 8:40 em 3 julho 2010, Antonio Barbosa Filho disse...
Olá Egler! Convido-o a participar do grupo "La Pátria Grande", sobre América Latina, nesta comunidade. Um abraço.
Às 3:33 em 20 maio 2010, Anarquista Lúcida disse...
Egler, você é meu mais novo amigo. Mas nao me respondeu sobre se é ou nao o tio-avô do Blog-mae...
Abs
AnaLú
 
 
 

Publicidade

© 2018   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço