Blog de Rosana Moreira de Souza Coelho (14)

Água doce do Poço na casa da avó



Para não esquecer resolvi escrever histórias da minha infância, imagens, gostos e cheiros que minha memória tratou de eternizar. Sou acometida do medo que com o tempo essas lembranças se percam, embora elas persistam com riquezas de detalhes de um tempo que vivi. Assim vou construindo uma colcha de retalhos, colhendo impressões aqui e ali, no…

Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 31 julho 2019 às 13:30 — Sem comentários

SOBRE POLÍTICA E JARDINAGEM



De todas as vocações, a política é a mais nobre. Vocação, do latim vocare, quer dizer chamado. Vocação é um chamado interior de amor: chamado de amor por um ‘fazer’. No lugar desse ‘fazer’ o vocacionado quer ‘fazer amor’ com o mundo. Psicologia de amante: faria, mesmo que não ganhasse nada.



‘Política’ vem de polis, cidade. A…

Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 29 setembro 2016 às 15:30 — Sem comentários

HISTÓRIAS DE BEIJA FLOR

Tenho um carinho especial por esses bichinhos. Sei lá, quando vejo um beija flor penso  que ele deve  ser um ser encantado. Uma dessas criaturinhas pequeninas e coloridas pensadas de forma tão delicada e criativa por nosso Deus. Deus em sua infinta bondade criou essas maravilhas, acho que para a gente nunca se sentir triste pois o que sinto é alegria quando os vejo. Em casa tinha um ipê de jardim amarelo. Vivia cheio deles. Volta e meia tinha essa delicadeza me visitando. Ocorreu uma…

Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 19 outubro 2015 às 16:00 — Sem comentários

A ARTE DE SER FELIZ (Cecília Meireles)

Houve um tempo em que minha janela se abria

sobre uma cidade que parecia ser feita de giz.

Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco.

Era uma época de estiagem, de terra esfarelada,

e o jardim parecia morto.

Mas todas as manhãs vinha um pobre com um balde,

e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas.

Não era uma rega: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse.

E eu olhava para as…

Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 5 junho 2013 às 3:57 — Sem comentários

VIAGENS DE MENINA (para minha mãe, com muitas saudades)

Viagens me lembram o tempo de menina. A idade vai chegando mas algumas lembranças permanecem vivas nos permitindo recordar cada detalhe daquilo que vivemos e que nossa memória achou por bem eternizar.

Quando menina viajava com minha mãe. A viagem era sempre curta, de Lorena a Piquete de ônibus ou de trem. A estação ferroviária, ponto de partida e de chegada, hoje já não existe mais. As viagens de trem foram substituídas pelas…

Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 19 maio 2013 às 18:30 — Sem comentários

CONSTITUIÇÃO, ESTADO E PODER

                     Nas formas democráticas de governo, a Constituição surge como fundamento do direito, à medida que, de seu cumprimento, deriva o exercício da autoridade legítima e consentida. Ao institucionalizar a soberania popular, o texto constitucional traduz o estado de consciência e da cultura política da nação.

Humberto Mangabeira Unger, um dos expoentes dos estudos críticos contemporâneo, considera que o sistema jurídico moderno perdeu sua dimensão…

Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 4 maio 2013 às 22:53 — Sem comentários

A EDUCAÇÃO NAS CONSTITUIÇÕES BRASILEIRAS E OS DESAFIOS DA CONSOLIDAÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA DE QUALIDADE

            A educação se desenvolve sempre dentro de um contexto histórico, social, cultural, econômico e político. Nossa primeira Constituição se deu em um contexto no qual, no cenário mundial, a burguesia derrota a nobreza, assumindo o poder do Estado. A Revolução Industrial iniciada na segunda metade do século XVIII produz grande avanço do capitalismo, levando a Inglaterra a apoiar a independência das colônias…

Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 2 abril 2013 às 4:20 — Sem comentários

GLÓRIA DA MANHÃ

 

            Plantei na frente de minha casa, uma trepadeira. Nome bonito: “Glória da Manhã.” Pensei que o ipê, que neste período do ano está triste e sem cores, se alegraria se o seu tronco cinza se cobrisse de flores azuis. E assim foi. As sementes germinaram rápidas, os ramos cresceram esguios e sinuosos, e a rua se encheu logo de uma cor…

Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 25 março 2013 às 2:38 — 2 Comentários

SABOR E SABER: quero da vida o fruto maduro colhido do pé. No mais é tudo ilusão!

CAQUIZEIROS

“...Depois que sobre Nagasaki foi lançada a segunda bomba atômica matando duzentas mil pessoas, o que ficou foi ruína e morte. Morreram os seres humanos, morreram os animais, morreram as plantas. Foi então que uma coisa extraordinária aconteceu: passado o tempo, uma árvore que o fogo havia queimado e todos julgavam morta começou a brotar. Era um caquizeiro. Os japoneses se assombraram com aquele milagre: uma árvore mansa que foi mais forte que a bomba! E tomaram a ressureição… Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 12 janeiro 2013 às 15:41 — 1 Comentário

RECEITA DE ANO NOVO (Carlos Drummond de Andrade)

Para você ganhar belíssimo Ano Novo

cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,

Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido

(mal vivido talvez ou sem sentido)

para você ganhar um ano

não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,

mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;

novo

até no coração das coisas menos percebidas

(a começar pelo seu interior)

novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,

mas com ele se come, se… Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 29 dezembro 2012 às 17:37 — Sem comentários

ESTATUTO DO HOMEM

ESTATUTO DO HOMEM

(Ato Institucional Permanente)



A Carlos Heitor Cony



Artigo I



Fica decretado que agora vale a verdade.

agora vale a vida,

e de mãos dadas,

marcharemos todos pela vida verdadeira.





Artigo II

Fica decretado que todos os dias da semana,

inclusive as terças-feiras mais cinzentas,

têm direito a converter-se em manhãs de domingo.





Artigo III



Fica decretado que, a partir… Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 25 novembro 2012 às 18:25 — Sem comentários

VAZIO DA SAUDADE

" A saudade é flor que só floresce na ausência. É nela que se dizem as orações suplicando dos deuses a graça da repetição da beleza. E é só para isso que existem os deuses: para garantir o retorno do belo. O que meu coração deseja não é navegar para o futuro. O futuro é desconhecido. E por mais que eu dê asas a minha imaginação não consigo amar o que não conheço. Pode ser que ali se encontrem as coisas mais maravilhosas, mas, como eu nunca as tive, não posso amá-las. Não sinto saudades dela. A… Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 16 novembro 2012 às 0:51 — Sem comentários

POR UMA EDUCAÇÃO HUMANISTA EM PLATÃO: UM DESAFIO A MODERNIDADE

O texto A República, de Platão, está dividido em dez livros ou diálogos em que é exposto o seu pensamento sobre diversos temas; entre eles, a concepção de um Estado e de um homem ideal. Sócrates figura como personagem principal, estabelecendo diálogos com seus interlocutores, nos permitindo acesso às formulações de Platão.

Nosso foco se volta para a abordagem da Educação, no diálogo travado entre Sócrates e Glauco, transcrito no livro VII de A República. Nessa passagem, Platão elabora sua… Continuar

Adicionado por Rosana Moreira de Souza Coelho em 9 novembro 2012 às 18:19 — Sem comentários

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço