Portal Luis Nassif

Blog de Marcos Carnavale (170)

Uma ditadura está por vir !

   Não escreverei ,hoje,a segunda parte do conto Ou VAI OU RACHA ! pelo motivo de me posicionar sobre a quase certa vitória do fascismo no dia 28 ( óh,Joana D'Arc ,olhai por nós ! ).  

  Muitos analistas apontam que há uma onda fascista em curso pelo mundo e que o Brasil não poderia ficar de fora.

 Só que nosso país tem suas particularidades,a crise é muito pior do que as crises francesa,italiana e  espanhola ,por exemplo.

  Sim,o que ocorrem na Nicarágua e Venezuela são…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 16 outubro 2018 às 14:57 — Sem comentários

Ou vai ou racha ! Primeira parte.

  Era junho e entrei em férias do entendiante trabalho de terceirizado dos Correios .Ufa,que alívio ! E teria 30 dias livres para viver ,para amar e sofrer.

  No meu primeiro dia sem amarras do trabalho imbecilizante peguei na minha estante,sem querer,a auto-biografia da escritora russa Lou Andreas-Salomé(1861-1937 ) e comecei a devorá-la com os meus olhos aflitos .Em uma passagem da obra ,Salomé me despertou : "Ouse,ouse...ouse tudo.Não tenha necessidade de  nada ! Não tente se…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 28 setembro 2018 às 14:36 — Sem comentários

Quando a vida é quase uma festa ! Sétima e última parte

  Ivoneide deu uma pausa na sua tresloucada dança do rock pesado do Slade e sentou-se no sofá e cruzou sua pernas grossas e lindas;Ela me indagou :

 -Você não gosta de uma balinha não ?

 -Prefiro meu remedinho.

 -Áh maconha é coisa de bundão....kkkkk.

 Ivoneide estava completamente alucinada,quando levantou-se do sofá para retomar a dança deu um bambeada e caiu estatelada no sofá,de bruços e começou a espumar pela boca.

 Sobressaltado com aquela situação a…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 6 setembro 2018 às 14:53 — Sem comentários

Quando a vida é quase uma festa. Sexta parte.

   Eu estava esperando Pellegrini debaixo do meu bloco na hora marcada e já tinha tomado algumas  e usado meu remedinho.Eu me sentia contrariado em ir aquela festa da TV GLOBO-DF;os caras iriam nos olhar com escárnio,afinal de contas éramos dois jornalistas que durante anos atacaram com veemência o jornalismo e  a programação da empresa da família Marinho.

 Quando mal entrei no carrão do Pellegrini ele começou a tagarelar sobre os acertos (!) da LIT ( Liga Internacional dos…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 29 agosto 2018 às 15:06 — Sem comentários

Quando a vida é quase uma festa. Sexta parte.

   Eu estava esperando Pellegrini debaixo do meu bloco na hora marcada e já tinha tomado algumas  e usado meu remedinho.Eu me sentia contrariado em ir aquela festa da TV GLOBO-DF;os caras iriam nos olhar com escárnio,afinal de contas éramos dois jornalistas que durante anos atacaram com veemência o jornalismo e  a programação da empresa da família Marinho.

 Quando mal entrei no carrão do Pellegrini ele começou a tagarelar sobre os acertos (!) da LIT ( Liga Internacional dos…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 29 agosto 2018 às 15:05 — Sem comentários

Quando a vida é quase uma festa. Sexta parte.

   Eu estava esperando Pellegrini debaixo do meu bloco na hora marcada e já tinha tomado algumas  e usado meu remedinho.Eu me sentia contrariado em ir aquela festa da TV GLOBO-DF;os caras iriam nos olhar com escárnio,afinal de contas éramos dois jornalistas que durante anos atacaram com veemência o jornalismo e  a programação da empresa da família Marinho.

 Quando mal entrei no carrão do Pellegrini ele começou a tagarelar sobre os acertos (!) da LIT ( Liga Internacional dos…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 29 agosto 2018 às 15:05 — Sem comentários

Quando a vida é quase uma festa. Sexta parte.

   Eu estava esperando Pellegrini debaixo do meu bloco na hora marcada e já tinha tomado algumas  e usado meu remedinho.Eu me sentia contrariado em ir aquela festa da TV GLOBO-DF;os caras iriam nos olhar com escárnio,afinal de contas éramos dois jornalistas que durante anos atacaram com veemência o jornalismo e  a programação da empresa da família Marinho.

 Quando mal entrei no carrão do Pellegrini ele começou a tagarelar sobre os acertos (!) da LIT ( Liga Internacional dos…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 29 agosto 2018 às 15:05 — Sem comentários

Quando a vida é quase uma festa. Sexta parte.

   Eu estava esperando Pellegrini debaixo do meu bloco na hora marcada e já tinha tomado algumas  e usado meu remedinho.Eu me sentia contrariado em ir aquela festa da TV GLOBO-DF;os caras iriam nos olhar com escárnio,afinal de contas éramos dois jornalistas que durante anos atacaram com veemência o jornalismo e  a programação da empresa da família Marinho.

 Quando mal entrei no carrão do Pellegrini ele começou a tagarelar sobre os acertos (!) da LIT ( Liga Internacional dos…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 29 agosto 2018 às 15:05 — Sem comentários

Quando a vida é quase uma festa. Sexta parte.

   Eu estava esperando Pellegrini debaixo do meu bloco na hora marcada e já tinha tomado algumas  e usado meu remedinho.Eu me sentia contrariado em ir aquela festa da TV GLOBO-DF;os caras iriam nos olhar com escárnio,afinal de contas éramos dois jornalistas que durante anos atacaram com veemência o jornalismo e  a programação da empresa da família Marinho.

 Quando mal entrei no carrão do Pellegrini ele começou a tagarelar sobre os acertos (!) da LIT ( Liga Internacional dos…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 29 agosto 2018 às 15:05 — Sem comentários

Quando a vida é quase uma festa. Quinta parte.

   Ponderei com o Pellegrini para irmos  embora do Moisés,não suportava aquela situação em que envolvia Maria Clara com seu namorado antropólogo de 50 anos.Fomos embora e "ancoramos " em meu apê de 27 metros quadrados de área útil na 404 sul.

 -Porra,Paulinho é pequeno mesmo este apê !-Comentou Pellegrini logo ao entrar no meu "palacete ".

 

  Pellegrini começou a contar sobre a sua vida em Búzios,como conheceu sua namorada e sócia argentina.como era…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 22 agosto 2018 às 13:51 — Sem comentários

Quando a vida é uma quase festa. 4 Parte

  Maria Clara estava linda,exuberante,estava sorridente ao lado do seu antropólogo.Eu falei para o Pellegrini :

  -Maria Clara chegou com o namorado...merda !

  Pellegrini avistou os dois e indagou-me :

  -Você ainda gosta dela ? Porra,já tem quase 5 anos que você levou um pé na bunda dela ! Ou está com ciúmes porque ela está com um cara mais velho que você ? Qual é ,Paulinho ?

 

  O namorado de Maria Clara,segundo me contara Cleide,nossa amiga em…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 10 agosto 2018 às 14:58 — Sem comentários

Quando a vida é uma quase festa . 3 Parte.

 Como avisou pelo tel ,Pellegrini estava  impreterivelmente ,às 17 hs,na porta da agência da ECT me aguardando.Nos abraçamos fervorosamente,pois não nos víamos há mais de 1 ano.

 Sentamos no bar Moisés ,na 208 sul,para colocarmos a conversa em dia. 

 -Cara,me dei bem em Búzios,montei um bar e logo depois conheci uma argentina maravilhosa,a Carmencita.Ela injetou uma grana no bar e introduziu petiscos típicos de Rosário e Buenos Aires,Show de bola !

 - E eu fodido como…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 8 agosto 2018 às 14:38 — Sem comentários

Quando a vida é uma quase uma festa.Segunda parte.

  Analisando o sonho friamente conclui que eu e Jeane fomos dois imbecis.Tentamos liderar um movimento revolucionário em França e fugimos para a Martinica,que pertencia a própria França.Deixa pra lá.Só fiquei puto em ter morrido antes de fazer amor com Jeane Duval.Que merda.

 Quando estava caminhando em direção ao meu enfadonho trabalho de terceirizado na agência dos Correios,na 408 sul,o meu celular tocou.Atendi-o ;era o veado do Pelegrini,o cara que fechou as portas do Brasília News…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 2 agosto 2018 às 14:15 — Sem comentários

Quando a vida é uma quase uma festa.Segunda parte.

  Analisando o sonho friamente conclui que eu e Jeane fomos dois imbecis.Tentamos liderar um movimento revolucionário em França e fugimos para a Martinica,que pertencia a própria França.Deixa pra lá.Só fiquei puto em ter morrido antes de fazer amor com Jeane Duval.Que merda.

 Quando estava caminhando em direção ao meu enfadonho trabalho de terceirizado na agência dos Correios,na 408 sul,o meu celular tocou.Atendi-o ;era o veado do Pelegrini,o cara que fechou as portas do Brasília News…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 2 agosto 2018 às 14:15 — Sem comentários

Quando a vida é uma quase uma festa.Segunda parte.

  Analisando o sonho friamente conclui que eu e Jeane fomos dois imbecis.Tentamos liderar um movimento revolucionário em França e fugimos para a Martinica,que pertencia a própria França.Deixa pra lá.Só fiquei puto em ter morrido antes de fazer amor com Jeane Duval.Que merda.

 Quando estava caminhando em direção ao meu enfadonho trabalho de terceirizado na agência dos Correios,na 408 sul,o meu celular tocou.Atendi-o ;era o veado do Pelegrini,o cara que fechou as portas do Brasília News…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 2 agosto 2018 às 14:15 — Sem comentários

Quando a vida é quase uma festa . Primeira parte.

  Era uma sexta-feira fria e seca e acordei com um misto de satisfação e medo após ter um sonho.Eu sonhara que estava em uma praia da Martinica,ao lado da linda Jeane Duval,grande amor de Baudellaire e sua musa inspiradora e,segundo alguns dos seus biógrafos,também destruidora.

 Estávamos abraçados,namorando,enquanto duas crianças corriam na beira do mar,molhando os seus pezinhos na água.

 -Mon amour,voi nos oisillons ! Ils ne sont pas beaux ?

  

 Porra,no sonho…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 1 agosto 2018 às 14:42 — Sem comentários

O ciclo e a vida passa.Segunda parte.

  Em quinze minutos voltei ao Boteco do Juca e à mesa onde estava Juliano Guerreiro.

  Ele prosseguia com sua explanação melancólica sobre a velhice,espraguejando-a,lamentando em se sentir um homem velho e suas limitações,que na verdade não eram visíveis;Guerreiro estava muito bem para um cara de 68 anos.

  Tentei de todas as formas mudar de assunto,mudar o roteiro,mas de nada adiantou.

  às 23 hs ,finalmente,ele resolvei ir embora.Levei-o até o táxi,que ele pedira pelo…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 20 julho 2018 às 13:59 — Sem comentários

O ciclo e a vida passa.Segunda parte.

  Era uma sexta-feira,já estava há um mês como terceirizado da agência dos Correios da 408 sul.Quando eu saia da 404 ,20 minutos antes de abrir a agência,e me sentia,a cada passada,um derrotado,um fracassado.Um escritor fodido,que poucos gostavam,um jornalista que optou pela imprensa alternativa e como consequência teve as portas fechadas nos cornos pelas grandes empresas de comunicação.Ademais,era um trabalho entendiante,chato,sufocante.Mas era esta merda de trabalho que me mantinha…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 4 julho 2018 às 14:37 — Sem comentários

O ciclo e a vida passa.Primeira Parte.

   Eu,com 32 anos,estava desempregado,sem perspectivas de porra nenhuma,decidido a não pagar mais os 3 meses restantes do aluguel do apê da 205,bloco F,quando ,eram mais ou menos,  12 hs de uma quarta-feira,sentei-me desolado nos fundos da agência do Correios da 407 sul para fumar um cigarro e me abrigar do miserável sol do cerrado debaixo de uma cópula de uma mangueira frondosa,quando ,após a terceira tragada no maldito cigarro,surgiu Zuleika,gerente da agência e fumante inveterada.Eu…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 8 junho 2018 às 15:23 — Sem comentários

Quando nada dá mais certo !

  Eu estava com 32 anos e me encontrava quase na merda.Dois anos antes Pellegrini,pegando a todos nós de surpresa,resolveu fechar o Brasília News e o A Luta.Na verdade não era uma surpresa.Os dois jornais vinham definhando há quase 3 anos;as vendas avulsas caíram vertiginosamente,as assinaturas idem e depois de transformá-los em digitais ( mais uma tentativa de salvá-los,além de vendermos o semanário A Luta em bares,restaurantes,universidades e até em puteiros sem o sucesso de antes ),sem…

Continuar

Adicionado por Marcos Carnavale em 6 junho 2018 às 15:33 — Sem comentários

Publicidade

© 2018   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço