Blog de Elizabeth -- janeiro 2009 Arquivo (4)

Rayuela, Jogo da Amarelinha, beijo

Capítulo 7 de Rayuela



Julio Cortazar







Toco tu boca, con un dedo toco el borde de tu boca, voy dibujándola como si saliera de mi mano, como si por primera vez tu boca se entreabriera, y me basta cerrar los ojos para deshacerlo todo y recomenzar, hago nacer cada vez la boca que deseo, la boca que mi mano elige y te dibuja en la cara, una boca elegida entre todas, con soberana libertad elegida por mí para dibujarla con mi mano por tu cara, y que por un azar que no… Continuar

Adicionado por elizabeth em 31 janeiro 2009 às 0:00 — Sem comentários

Nostalgia, poema de NAZIM HIKMET

Do blog do poeta Rubens Jardim (http://www.rubensjardim.com/blog.php)



O governo turco aboliu dia 5 de janeiro, por decreto, a decisão que, em 1951, retirou a nacionalidade turca ao poeta Nazim Hikmet, falecido em Moscou em 1963. A iniciativa equivale na prática a "devolver" a nacionalidade ao poeta depois de morto.

Nascido em 1901, Hikmet é considerado o mais famoso dos poetas turcos e um dos mais destacados do século XX. Além de poeta, foi também dramaturgo, novelista e… Continuar

Adicionado por elizabeth em 13 janeiro 2009 às 19:44 — Sem comentários

Jornalista tem de ter lado



Do RS Urgente



Um jornalista que honra a profissão, Robert Fisk, do Independent



"Jornalistas devem estar ao lado dos que mais sofrem. Se nos mandassem cobrir o tráfico de escravos no século 18, não deveríamos dar o mesmo tratamento às opiniões do escravo e às do capitão do navio mercador de escravos. Se nos mandassem cobrir a libertação, num campo de concentração nazista, não deveríamos dar o mesmo tratamento às vítimas e ao… Continuar

Adicionado por elizabeth em 10 janeiro 2009 às 23:46 — 3 Comentários

Poesia palestina

A poesia é o mais popular gênero da literatura palestina.



Não iremos embora

Por Tawfic Zayyad





Aqui

Sobre vossos peitos

Persistimos

Como uma muralha

Em vossas goelas

Como cacos de vidro

Imperturbáveis

E em vossos olhos

Como uma tempestade de fogo

Aqui

Sobre vossos peitos

Persistimos

Como uma muralha

Em lavar os pratos em vossas casas

Em encher os copos dos senhores

Em esfregar os… Continuar

Adicionado por elizabeth em 7 janeiro 2009 às 17:29 — 1 Comentário

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço