Blog de Maria Luiza Silveira Teles -- janeiro 2010 Arquivo (2)

QUANDO

QUANDO... Rubens C. Romanelli



Filho meu !



QUANDO, nas horas de íntimo desgosto, o desalento te invadir a alma e as lágrimas te aflorarem aos olhos, busca-me: eu sou aquele que sabe sufocar-te o pranto e estancar-te as lágrimas;



QUANDO te julgares incompreendido dos que te circundam e vires que, em torno, a indiferença recrudesce, acerca-te de mim: eu sou a LUZ, sob cujos raios se aclaram a pureza de tuas intenções e a nobreza de teus… Continuar

Adicionado por Maria Luiza Silveira Teles em 21 janeiro 2010 às 18:33 — Sem comentários

ORAÇÃO

PAI,

SEI QUE A REVOLTA,



O DESESPERO,



A VIOLÊNCIA,



O MEDO,



O DESAMOR



NADA PODEM CONSTRUIR !



ENSINAI-NOS, POIS,



A ESPERAR, MAS LUTANDO;



A CHORAR, MAS ACREDITANDO;



A CLAMAR, MAS AMANDO



E TRABALHANDO ...



CONFORMADOS, SIM, COM A TUA VONTADE,



MAS INCORFOMADOS SEMPRE



COM A VONTADE EGOÍSTA, HEDIONDA,… Continuar

Adicionado por Maria Luiza Silveira Teles em 20 janeiro 2010 às 17:48 — Sem comentários

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço