Blog de Van Luchiari (8)

PASSAGE DU SILENCE

Deve haver em algum beco sombrio, em alguma melodia dissonante, em algum sonho não tão profundo, no fluir dos ventos mais frios, para além daquela ponte talvez.... Deve haver o antídoto para os corações partidos. A cura para as feridas que as paixões nos causam. A solução inevitável e secreta para a vida que machuca. Para tudo aquilo que nos…
Continuar

Adicionado por Van Luchiari em 2 dezembro 2008 às 18:30 — 2 Comentários

SOBRE A NOVA MÚSICA MINEIRA - APRESENTANDO VANDER LEE



Fiz uma playlist com algumas músicas desse compositor mineiro. Quem quiser conhecer um pouco mais do trabalho dele, visite o site: www.vanderlee.com.br



Taí minha dica. Espero que gostem. São composições lindas. Minas tem uma fonte incrível de músicos bons.

Beijucas a… Continuar

Adicionado por Van Luchiari em 25 outubro 2008 às 18:30 — 4 Comentários

FLUXOGRAMA - COMO RESOLVER SEUS PROBLEMAS

Adicionado por Van Luchiari em 23 outubro 2008 às 2:16 — 4 Comentários

EU - CALEIDOSCÓPIO

A mim vão somando-se as coisas todas. Como se a cada dia eu acordasse mais completa. Como se cada minuto me enfiasse uma novidade no corpo. A cada instante eu me transformo em algo diferente. Uma metamorfose contínua dança no meu corpo feito fogo-fátuo. Ad eternum. E o que eu fui, embora continue em mim, vai mudando de lugar e se acomodando diferente…
Continuar

Adicionado por Van Luchiari em 18 outubro 2008 às 4:50 — 2 Comentários

CARTAS AO POETA - DOS DESEJOS

O desejo me confunde, poeta. Faz-me doer essa latência esquisita de não te ter quando a noite cai. Porque tu sempre desapareces quando a escuridão das estrelas chega às minhas mãos. Sou sempre sozinha quando não há você por perto. Esse súbito amor me revira. Sinto tudo do avesso. Meu corpo, minha mente, meu gozo... tudo está bagunçado. À…
Continuar

Adicionado por Van Luchiari em 15 outubro 2008 às 2:00 — Sem comentários

AO MEU PAI

O dia das crianças vai se aproximando, e a menina em mim sempre vem querer brincar de roda no meu peito. Nessas horas me dá uma saudade do meu pai......



Um dia, um mês, um ano, dois anos.... Quando será que a gente pára de contar o tempo? Talvez quando descobrimos que algumas saudades são…
Continuar

Adicionado por Van Luchiari em 10 outubro 2008 às 17:00 — 2 Comentários

DA ERA DE GUTTEMBERG



Máquina De Escrever

Pedro Luís & A Parede

Composição: Mathilda Kovak e Luís Capucho



Meu coração é uma máquina de escrever

As paixões passam....

As canções ficam

Os poemas respiram nas prisões

Pra ler um verso, ouvir,

escutar Meu coração falar ...

Até se calar a pulsação

Meu coração é uma máquina de escrever

No papel da solidão

Meu coração é

Da era de Guttemberg

Meu coração…
Continuar

Adicionado por Van Luchiari em 4 outubro 2008 às 17:00 — Sem comentários

NOITE



Vago pela noite densa à procura do teu nome.

Implora-me o silêncio com seu eco-solitude

que eu te cuspa a poesia erótica

dessa ausência que me consome.


E a minha voz devora a tua voz.

E o meu abrigo lateja a tua tempestade.

Tua ausência me toca, furiosa

E tudo…
Continuar

Adicionado por Van Luchiari em 4 outubro 2008 às 5:00 — Sem comentários

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço