Blog de Gregório Macedo -- novembro 2008 Arquivo (20)

Bangalore comporta



O ministro-presidente dá pitaco em tudo: procedimentos policiais, diretrizes do ministério público, factóides lançados por publicações comprometidas, emissão de opinião sobre temas abordados em processos pendentes de julgamento (ou que poderão vir a ser julgados) etc.



São seis os Princípios de Bangalore, "código" norteador da atuação dos juízes em nível mundial, elaborado pelas Nações Unidas. Eles abrangem todo o universo judicial,… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 30 novembro 2008 às 21:30 — Sem comentários

Picles







NA RUA DA AMARGURA TODOS OS BECOS SÃO SEM SAÍDA.





NAVEGAR É PRECISO, MAS CONVÉM QUE A BÚSSOLA ESTEJA FUNCIONANDO.





TENTOU ESCREVER SOBRE ARTE CULINÁRIA MAS NÃO PASSOU DA SOPA DE LETRINHAS.





EM TERRA DE CEGO, QUEM TEM UM OLHO NÃO PRECISA OLHAR DE SOSLAIO.





TUDO O QUE É SÓLIDO SE DESMANCHA NO AR, EXCETO MEUS CASTELOS DE AREIA.





CORRUPTOS… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 28 novembro 2008 às 18:28 — 3 Comentários

Volúpia do poder

Um conhecido ditado é o de que o poder corrompe, mas não dá para dizer que se trata de um axioma, uma coisa categórica, infalível: penso que há poderes não corruptos. Agora, que poder é prazeroso, é - descartada, pois, a surrada lengalenga da "missão espinhosa", do "sacrifício", do "sacerdócio". Ulysses Guimarães, o Senhor Diretas, dizia que "o poder é afrodisíaco".



Há pessoas, físicas e jurídicas, capazes de tudo para preservar o poder alcançado. Nixon, por exemplo, recorria ao… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 27 novembro 2008 às 23:57 — Sem comentários

Ecos da tortura argentina

No texto anterior, "O Direito exige registro", abordo a questão do tratamento dado aos crimes de tortura no Brasil, durante o regime militar, face à Lei da Anistia, e cito a Argentina como exemplo de país que vem seguindo a linha preceituada pela Corte Internacional de Direitos Humanos. Em comentário inserido posteriormente, falo sobre o ocorrido no país portenho em 2005.



Hoje, deparei com essa notícia no jornal.



Nada mais… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 25 novembro 2008 às 23:25 — Sem comentários

O Direito exige



.No período ditatorial - 1964/1985 -, houve tortura no Brasil. Muitos casos. Certamente o mais notório: Wladimir Herzog, jornalista (tv Cultura, São Paulo), em 1975, nas dependências do DOI-CODI; denunciados pelo Ministério Público Federal como responsáveis pela tortura/morte de Herzog: Carlos Alberto Brilhante Ustra e Audir Santos Maciel. Desfecho: processo arquivado em setembro de 2008.



.Agosto de 1979: aprovada a Lei da Anistia.… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 24 novembro 2008 às 18:39 — 2 Comentários

Balas de estalo







TERREMOTO DESATUALIZADO SÓ QUER SABER DE BALANÇAR O CORETO.







ACREDITE: HOUVE UM TEMPO EM QUE A LIBERTINAGEM ERA APENAS UMA CALÇA VELHA, AZUL E DESBOCADA.







FUI, VI, PENSEI: UM DIA CHEGO LÁ!







A PROPINA DO CORRUPTO-PEIXE-PEQUENO É CONTABILIZADA NA RUBRICA "RESTOS A PAGAR".







NEM OS GATOS PINGADOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI DO MAIS… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 21 novembro 2008 às 17:59 — Sem comentários

Na manhã da consciência negra

Às nove e pouco, na praça João Luis Ferreira, deparo com alunas da FUNADEPI, fundação ligada à Universidade Federal do Piauí. Elas são coordenadas pela professora Valéria Lima e estão na praça para distribuir abraços grátis (cada aluna ostenta um cartaz com esses dizeres). Uma beleza.



Em seguida, na praça Pedro II, o povão curte a V FERAPI, Feira Piauiense de Produtos da Reforma Agrária e Comunidades Quilombolas: gente das paragens mais remotas deste velho Piauí, em estandes bem… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 20 novembro 2008 às 19:10 — Sem comentários

O Juiz De Sanctis merece

São 19:00 h. Acabo de ler nota do Juiz Fausto Martin De Sanctis dando conta da desistência de promoção ao cargo de Desembargador Federal. No registro abaixo o assunto foi abordado.

Magistrado, pra mim, é por aí.

Nada mais instigante que o Direito. Como diria um velho amigo: "Legal, legal mesmo!"

Adicionado por Gregório Macedo em 18 novembro 2008 às 21:03 — 3 Comentários

Façamos o



O ministro-relator Gilson Dipp, corregedor do Conselho Nacional de Justiça, propôs e teve aprovado o adiamento, para a próxima semana, da reclamação-disciplinar formulada pelo deputado federal Raul Jungmann (pps-pe) contra o Juiz da 6a. Vara Federal de São Paulo, FAUSTO MARTIN DE SANCTIS. O que se aguardava para a tarde de hoje, assim, não ocorreu, e vamos para mais uma semana de expectativa.



Hoje, 18, esgota-se o prazo para que o… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 18 novembro 2008 às 18:30 — Sem comentários

Vale o



Nesta tarde de segunda-feira, 17, a 5a. Turma do Tribunal Regional Federal da 3a. Região, por dois votos a um, manteve à frente da Operação Satiagraha (a ação judicial) o Juiz FAUSTO MARTIN DE SANCTIS, "indeferindo" arguição de suspeição interposta por prepostos do banqueiro(?) Daniel Dantas.



O Juiz Fausto é, do Oiapoque ao Chuí, sinônimo de rigor no combate à corrupção e ao crime organizado.



Fiquei feliz. Como diz um velho… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 18 novembro 2008 às 1:19 — 2 Comentários

Eles...




"SÓ EXISTEM DUAS MANEIRAS DE FAZER CARREIRA EM JORNALISMO: CONSTRUINDO UMA BOA REPUTAÇÃO OU DESTRUINDO UMA".




(TOM WOLFE, jornalista americano, autor de "A Fogueira das Vaidades").

Adicionado por Gregório Macedo em 16 novembro 2008 às 0:24 — Sem comentários

Ditos virtuosos (III)





"TUDO O QUE É NECESSÁRIO PARA O TRIUNFO DO MAL É QUE AS PESSOAS BOAS NÃO FAÇAM NADA".



(EDMUND BURKE - 1729/1797 -, estadista e filósofo irlandês).

Adicionado por Gregório Macedo em 16 novembro 2008 às 0:11 — Sem comentários

Destino manifesto (III)



No começo dos anos 90, o ritual se repetia: uma ou duas vezes por semana, após o trabalho íamos bebericar, "salvando o mundo" várias vezes. Eu fazia parte do bloco dos anacrônicos, pois defendia um Estado forte e um mercado livre-até-certo-ponto. Meus oponentes defendiam o contrário, entusiasticamente. É que o neoliberalismo grassava, o Consenso de Washington… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 15 novembro 2008 às 23:24 — 3 Comentários

Piparotes



ECOS DA VIOLÊNCIA URBANA: VÂNDALOS VAZARAM O OLHO DA RUA.







NENHUM HOMEM HUMILDE É UMA ILHA, TAMPOUCO OS MEGALÔMANOS SÃO ARQUIPÉLAGOS.







TODO ELOGIO GRATUITO TRAZ UM ÔNUS SOB O VERBO.







NOS REGIMES TOTALITÁRIOS, O CARA TEM O SAGRADO DIREITO DE IR, VIR E ENTRAR EM DESESPERO.







TÃO CANALHA QUE CONSEGUIA LUDIBRIAR ATÉ O… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 14 novembro 2008 às 23:49 — Sem comentários

Papo hodierno



- Mas, tudo bem: eu pago o teu preço.



- Pera lá. E se estiverem filmando?



- Não entendo. Afinal, você topa ou não topa?



- Não sei... E se meterem um processo na gente?



- Fica frio. Tenho facilidades junto aos deuses do Olimpo.



- Mas, e junto aos mortais comuns?



- Pra mim, mortais comuns são irrelevantes. Em caso de emergência, apelarei ao Olimpo.



- Claro que eu topo. Eu… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 14 novembro 2008 às 23:21 — 1 Comentário

Destino manifesto (II)





Em 1997, reunidos em Kyoto, Japão, representantes de 84 países assinaram protocolo que estabelecia metas de redução na emissão de gases-estufa na atmosfera, principalmente pelos países industrializados, e de substituição de produtos oriundos do petróleo por outros que causem menos danos ao meio ambiente.



Para o período 2008 a 2012 (uma das fases do protocolo), esperava-se uma redução de 5,2% na emissão de gases… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 7 novembro 2008 às 18:33 — Sem comentários

Destino Manifesto

Na matéria que leio, consta que tio Sam não mais se governa, quero dizer, tio Sam não tem autonomia. Quem manda nele é o complexo industrial-militar. Consta que o próprio presidente Eisenhower, general herói da guerra da Coréia, nos anos 50 do século passado já alertava para o tal leviatã. Consta que Vietnã, Iraque, Afeganistão e miudezas, tudo foi insuflado pelos interesses do complexo. Consta que Kennedy não era tão belicista, que até estaria… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 3 novembro 2008 às 21:00 — Sem comentários

Eles disseram (IV)

"A INJUSTIÇA EM QUALQUER LUGAR É UMA AMEAÇA À JUSTIÇA POR TODA PARTE"




(MARTIN LUTHER KING - 1929/1968 -, pastor norte-americano, Nobel da Paz, na Carta da Prisão de Birminghan, de 1963. Ele também disse: "Eu tenho um sonho...")

Adicionado por Gregório Macedo em 1 novembro 2008 às 4:03 — Sem comentários

Ditos virtuosos (I)

"É GRAÇA DIVINA COMEÇAR BEM.
GRAÇA MAIOR É INSISTIR NA CAMINHADA CERTA.
MAS A GRAÇA DAS GRAÇAS É NÃO DESISTIR".



(Dom Hélder Câmara - 1909/1999 -, arcebispo emérito de Olinda e Recife, quatro vezes indicado para o Nobel da Paz).

Adicionado por Gregório Macedo em 1 novembro 2008 às 4:00 — Sem comentários

Bons de bola futebol clube

O sobrado onde moravam, em Piracuruca, tinha um corredor lateral, que dava acesso ao quintal. Era o espaço onde os dois batiam bola. De repente, o de dez anos reteve a pelota sob o pé e ficou a assuntar. O outro, de nove anos, protestou: "Vamos lá, cara!". Ao que o de dez berrou: "Não está ouvindo?! O rádio está dando que assassinaram o presidente Kennedy!" (Conhecia Kennedy em razão de ler "O Cruzeiro", de que o pai era leitor, e de um filme que uma equipe, ao que parece da Aliança Para o… Continuar

Adicionado por Gregório Macedo em 1 novembro 2008 às 4:00 — Sem comentários

Publicidade

© 2020   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço