“A música brasileira começou a ganhar ares de nacionalismo no finzinho do século XIX. Com a ajuda de Chiquinha Gonzaga, Catulo da Paixão Cearense e Pixinguinha, ela começou a se afastar das tradições europeias para absorver o que ela tinha de tropical e que ainda não havia sido explorado. A consequência foi o surgimento de gêneros verde e amarelos como o choro, o samba e a bossa nova.

A caixa 100 anos de Música Popular Brasileira faz um resumo valioso, em quatro CDs duplos, do que foi o período entre as raízes do chorinho e a popularização do samba pelas mãos de Beth Carvalho, Elza Soares e Clara Nunes.

Lançado pelo selo Discobertas, do 'arqueólogo musical' Marcelo Fróes, a coleção é composta por oito LPs lançados em 1975 com gravações inéditas, realizadas na Rádio MEC do Rio de Janeiro.

 

Elas fazem parte dos registros do programa 'MPB 100 Ao Vivo', produzido e transmitido pelo Projeto Minerva aos sábados, a partir das 13h45, para 960 emissoras de rádio.

 

Foram 23 programas, com cerca de meia hora, que tinham a pretensão, segundo o pesquisador Ricardo Cravo Albin (em texto publicado junto com os discos), de ‘mostrar um pouco da história da evolução cronológica da Música Popular Brasileira nesses últimos 100 anos’”. (Blog Discografia).

 

 

 

 

 

Exibições: 218

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço