13 de Maio de 1917 ***** APARIÇÃO DE NOSSA SENHORA

                     APARIÇÃO DE NOSSA SENHORA

 

 

                                                                   J. R. Guedes de Oliveira

 

 

 

          Na cidade de Fátima, na Cova da Iria, em Portugal, precisamente no dia 13 de maio de 1917, três pastorinhos (Jacinta, Francisco e Lúcia), receberam a visita de Nossa Senhora.

 

          Dos três jovens, a última a falecer foi a Lúcia, que revelou ao Santo Papa João Paulo II a mensagem, que ficou conhecida como “O segredo de Fátima”.

 

          Reverenciamos, pois, esta “aparição”, transcrevendo um poema do poeta e historiador Homero Dantas (pseudônimo de Eduardo Maluf), que faz parte do livro “Verão de Amor”, que organizamos e que sairá brevemente  pela Editora EME, de Capivari, SP.

 

 

POEMA À NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

 

 

Eram três pastorinhos inocentes

na terrinha de Fátima encantada;

acompanhava-os, pela longa estrada,

um bando de ovelhinhas obedientes.

 

Corria alegre e claro o mês de maio.

Nas alturas, o sol reverberava:

era um cálice de ouro que ofertava

a hóstia da luz sagrada em cada raio.

 

Nossa Senhora, na Cova da Iria,

apareceu aos meigos pastorinhos,

vestes sutis, tão níveas como os linhos,

entre clarões de luz e de poesia.

 

Na terra humilde dos trabalhadores

houve júbilo e fé pela divina

Virgem que esparge bênção peregrina,

aureolada de graças e esplendores.

 

Depois os pastorinhos e mais gente

viram a “Aparição do Segredo”. Era

essa uma dádiva confiada, à espera

de revelada ser no céu somente.

 

E agora a Humanidade reverente

oferta à Virgem-Mãe prece e ladainhas.

Salve ó Virgem, Rainha das Rainhas!

Salve ó Maria, Rainha-Mãe clemente!

 

 

 

Exibições: 366

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço