Paulo Horta: Um Crítico Musical na ABL


O jornalista e crítico musical Luiz Paulo Horta foi eleito para a famosa cadeira nº 23 da ABL (Academia Brasileira de Letras) que pertenceu ao grande escritor Machado de Assis e, recentemente, declarada sua vacância com a "partida" da escritora Zélia Gatai. Ele também é membro da Academia Brasileira de Música.

Seu adversário no jogo foi o escritor e cartunista Ziraldo, derrotado pelo placar de 23 X 11. Comentando que já esperava pelo resultado, Ziraldo disse com bom humor: "Sou a Marta, fiquei com a medalha de prata; nem coloquei o campanhe para gelar".

Esse carioca de 65 anos estudou piano e teoria musical. Atuou como crítico musical, primeiramente, no Jornal de Brasil e hoje desenvolve a mesma função no jornal O Globo. Tem vários títulos publicados: "Caderno de Música", "Dicionário de Música Zahar", "Guia de Música Classica em CD", "Villa-Lobos uma introdução"...

O presidente da ABL, Cícero Sandroni, divulgou o resultado exaltando as qualidades do vencedor. O acadêmico Arnaldo Niskier, que ligou para comunicar a boa notícia, frisou que " a ABL precisava de um crítico de música; agora ficamos com todos as áreas culturais cobertas".

Sendo a área de Música uma das vertentes da nossa cultura, acho super importante que tenhamos representatividade oficial em todos os espaços, institucionais ou não, destinados a ela.

Sorte e bom desempenho ao nosso representante na Academia Brasileira de Letras.

Laura Macedo

Exibições: 85

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço