Descaso público no atendimento de benefício

Natal (RN) - A demora em conceder o benefício de uma cadeira de rodas para pessoas com deficiência gerou uma ação civil do Ministério Público Estadual contra o Estado do Rio Grande do Norte. Atualmente existem 710 pessoas inscritas na Secretaria Estadual de Saúde aguardando pelo benefício numa fila de espera.

A promotora de Justiça de Defesa da Pessoa com Deficiência e do Idoso, Naide Maria Pinheiro, que ajuizou ação civil pública, diz que, embora o Estado não esteja se esquivando do seu dever de garantir a assistência aos pacientes, a concretização do benefício tem ocorrido de forma lenta, gerando transtornos a essas pessoas.

Como exemplo, a representante do MP cita na ação civil o caso de uma idosa que completaria 90 anos em novembro, mas morreu sem conseguir receber a cadeira de rodas. Ela estava cadastrada na fila para receber o benefício desde 24 de abril de 2007 e por mais de um ano aguardou a concessão da cadeira de rodas, o que terminou por agravar ainda mais o seu quadro clínico.

Exibições: 33

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço