Portal Luis Nassif

 

Moacyr Silva (1918/2002) aos dez anos tocava na Banda do Centro Operário de sua cidade e, aos dezessete, mudou-se com toda a família para o Rio de Janeiro.

 

As dificuldades de sobrevivência na nova cidade diminuem quando serve o Exercito – ou, como ele mesmo dizia, ‘a boia do Exercito’ – e entra para a Banda do Quartel.

Ao dar baixa, arruma seu primeiro emprego na orquestra da Gafieira Elite, de onde sai o convite do maestro Fon-Fon, com quem trabalha até 1947.

Toca, também, nas orquestras de Zacarias e de Simon Bountman e, durante muitos anos, trabalha como diretor musical do Hotel Copacabana Palace.

Na década de 1950, apresenta-se nas boates do Beco das Garrafas com o primeiro conjunto que cria e tem, entre seus integrantes, o baterista Dom Um Romão e a cantora e compositora Dolores Duran.

No final dos anos de 1950, o produtor de discos Nilo Sérgio [foto abaixo], da Musidisc, precisando aumentar o faturamento da gravadora, contrata Moacyr para gravar uma série de discos dançantes e registra um nome fictício para o saxofonista que, então, era contratado da Copacabana.

Surgem, assim, as séries ‘Sax Espetacular’ e ‘Sax em Hi-Fi’ e o saxofonista ‘Bob Fleming’, com vendagens de mais de 400 mil cópias. Tempos depois, procurando músicos mais baratos do que Moacyr, Nilo Sérgio cria vários ‘Bob Fleming’ para continuar essas séries.

Na década de 1960, já como diretor artístico da gravadora Copacabana – cargo que exerceu por mais de quinze anos - Moacyr grava três discos com Elizeth Cardoso, intitulados ‘Sax e Voz’ e ‘Sax e Voz Nº 2’, ambos relançados em CD, em 2002. AQUI

Os discos alternam músicas cantadas e instrumentais. Especializado em sax tenor, Moacyr é considerado um mestre de seu instrumento, ao lado de Zé Bodega.

Vamos relembrar algumas faixas de Discos gravados por Moacyr Silva e Elizeth Cardoso!


Sax e Voz (1960) – com Elizeth Cardoso e Moacyr Silva!

O amor e a rosa” (Pernambuco/Antonio Maria) # Elizeth Cardoso e Moacyr Silva no álbum 'Sax Voz' (1960).

Meditação” (Tom Jobim/Newton Mendonça) # Moacyr Silva. Álbum ‘Sax Voz’, 1960.

Moacyr Silva e Elizeth Cardoso / Disco SAX e VOZ N 2

Samba triste” (Baden Powell/Billy Blanco) # Elizeth Cardoso [voz] / Moacyr Silva [sax]. LP Copacabana Sax & Voz / Volume 2 / 1961.

Guacyra” (Hekel Tavares/Joracy Camargo) # Elizeth Cardoso [voz] / Moacyr Silva [sax], 1961.

Disco Elizeth Cardoso e Moacyr Silva

Vem hoje” (Moacyr Silva/Antonio Maria) # Elizeth Cardoso [voz] / Moacyr Silva [sax], 1961.

Palhaçada” (Luiz Reis/Haroldo Barbosa) # Elizeth Cardoso [voz] / Moacyr Silva [sax tenor] / LP Sax e Voz Vol- 2. LP Copacabana, 1961.

************

Fontes:

- Fotomontagens: Laura Macedo.

- Um Sopro de Brasil: Myriam Taubkin, 2005 - Projeto Memória Brasileira. Vários Colaboradores.

- Site #radinha.

- Site YouTube/Canais: “GotyouFish”, “Antonio Bocaiúva”, “luciano hortencio”, “Marcelo Maldonado”.

************

Exibições: 17

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2018   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço