“Último desejo” (Samba), Noel Rosa, 1938.

 

 

 

Desmentindo os que subestimam o seu talento musical, Noel Rosa deixou mais de cem composições em que fez letra e música, das quais cerca de trinta delas tem melodias de ótima qualidade. Pertencem a esse repertório clássicos como “Palpite infeliz”, “Pela décima vez”, “Três apitos”, “X do problema” e a obra prima “Último desejo”, que por se só lhe garantiria diploma de melodista. Nessas composições, mostra como era capaz de criar a música exata para a sua própria poesia, da mesma forma que sabia fazer versos adequados para as melodias alheias.

 

 

“Último desejo” foi escrita no período final de sua vida. Aliás, só seria passada para a pauta quando ele já se encontrava no leito de morte, mal podendo ditar a melodia ao amigo Vadico. É um samba autobiográfico, uma mensagem de despedida à amada Ceci (Juraci Correia de Moraes), com quem viveu um atribulado caso sentimental e que lhe inspirou várias composições.

 

 

Um belo exemplo de canção popular, ao mesmo tempo simples e requintada, “Último desejo” dá a impressão de que a carreira de Noel começava a evoluir para uma nova fase, mais elaborada. Sua composição mais conhecida, teve a primeira gravação, realizada por Aracy de Almeida, em 1/7/1937, sendo o disco lançado em março de 38. Morto em maio de 37, Noel não pode ouvi-lo. Perdeu-se assim a oportunidade de se conhecer sua opinião, que por certo evitaria a longa polêmica sustentada por Aracy e Marília Barbosa, possuidoras de versões diferentes de “Último desejo”.

 

 

 

 

Último desejo” (Noel Rosa) # Aracy de Almeida e Boêmios da Cidade.  Disco Victor (34.296A) - julho/1937.

 

 

 

Último desejo” (Noel Rosa) # Marília Batista e Orquestra Nilser, 1963.

FONTES
1) Livro




A Canção no Tempo: 85 anos de músicas brasileiras, Vol 1: 1901-1957 / Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello. - São Paulo: Ed. 34, 1977.



2) Discos: CD11 Vol. 6 e CD 14 Vol. 7 - Coleção Noel pela primeira vez. Funarte. (Org. Omar Jubran), 2000.

 

Exibições: 102

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço