Os pesquisadores/escritores Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello publicaram o livro "A Canção no Tempo: 85 anos de músicas brasileiras", Vol 1: 1901-1957 e Vol 2: 1958-1985, em 1997 e 1998, respectivamente.

A obra relaciona, classifica e analisa as canções que o povo brasileiro consagrou através dos anos, proporcionando uma vasta visão musical de toda uma época.

Como diz Tárik de Souza, "uma boa bússola para o leitor compulsar o caráter especular (além de espetacular) da MPB."







Os autores: JAIRO SEVERIANO E ZUZA HOMEM DE MELLO







O objetivo desta série é divulgar gradativamente e aleatoriamente o belo trabalho da dupla. Aleatório no sentido que não seguirei, necessariamente, a ordem cronológica dos anos, já que quero disponibilizar o áudio e esse nem sempre conseguimos quando queremos.

**********

“CASINHA PEQUENINA" (modinha), autor desconhecido, 1906.

A modinha, o gênero mais lírico e sentimental de nosso cancioneiro, é também o mais antigo, existindo desde o século XVIII. E entre todas as modinhas surgidas nesse longo espaço de tempo, nenhuma seria tão cantada e gravada como a “Casinha Pequenina”.

Lançada em disco por Mário Pinheiro em 1906, teria dezenas de gravações figurando no repertório dos mais variados intérpretes, de Bidu Sayão e Beniamino Gigli a Cascatinha e Inhana, de Sílvio Caldas e Nara Leão aos maestros Radamés Gnattali, Lírio Panicali e Rogério Duprat.

Atribuída a autor desconhecido, a “Casinha Pequenina” teve a origen pesquisada pelo musicólogo Vicente Sales, que acredita ser seu criador o paraense Bernardino Belém de Souza. Carteiro e pianista, Bernardino tocou durante algum tempo em navios que faziam a rota Rio-Manaus, aproveitando para divulgar suas composições no sul do país.

Outra autoria possível, mas não comprovada, seria a dos atores Leopoldo Fróes e Pedro Augusto. Segundo Íris Fróes, biógrafa do primeiro, Leopoldo teria recebido de Pedro a letra de “Casinha Pequenina” pronta, e composto a melodia em 1902. A verdade é que nenhum deles jamais reivindicou a paternidade da canção, apesar do sucesso.



Ouçam na interpretação da cantora e compositora Dianna Pequeno.





**********

FONTES

1) Livro




A Canção no Tempo: 85 anos de músicas brasileiras, Vol 1: 1901-1957 / Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello. - São Paulo: Ed. 34, 1997.


 

2) CD Cantigas - Dianna Pequeno.


**********

Exibições: 143

Comentário de Helô em 2 maio 2009 às 3:06
Êba! Mais uma série imperdível.
E como é poética a Casinha Pequenina.
Beijos, Laurinha.
Comentário de Gregório Macedo em 3 maio 2009 às 2:38
A Dianna sempre foi maravilhosa. Essa série vai ter de durar pelo menos o triplo da primeira!
Beijos.

Comentar

Você precisa ser um membro de Portal Luis Nassif para adicionar comentários!

Entrar em Portal Luis Nassif

Publicidade

© 2019   Criado por Luis Nassif.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço